COMUNIDADE: 14ª edição do Okinawa Festival acontece neste fim de semana

04A cultura okinawana continua em alta neste fim de semana (6 e 7) em São Paulo. Depois do 29º Kyodo Matsuri – Miss Ryuso, realizado nos dias 30 e 31 de julho, no Centro Cultural Okinawa do Brasil, em Diadema, agora é a vez de outro tradicional evento celebrar a cultura uchinanchu. Trata-se do Okinawa Festival, que este ano chega a sua 14ª edição. Realizado pela Associação Okinawa de Vila Carrão, na Praça Haroldo Daltro (zona Leste de São Paulo), o festival costuma atrair um público estimado em cerca de 20 mil visitantes nos dois dias.

 

Apresentação de artes marciais costuma reunir cerca de 400 atletas no Okinawa Festival. Foto: Aldo Shiguti

Apresentação de artes marciais costuma reunir cerca de 400 atletas no Okinawa Festival. Foto: Aldo Shiguti

 

Este ano, a principal novidade fica por conta do novo layout da festa: com a instalação da grama sintética no campo principal, os estandes, palco e espaço gastronômico ganham nova disposição. Além disso, o gramado novo servirá como uma extensão do palco cultural, pois as apresentações de taikô e artes marciais, por exemplo, contarão com mais participantes.

Segundo o presidente da AOVC, Terio Uehara, “tudo foi planejado com carinho para que o evento não perca sua identidade”. “Nossa principal preocupação é fazer com que todos se sintam em casa”, conta Uehara, lembrando que o festival foi criado não só para divulgar a cultura japonesa na região como também para promover o entrosamento entre os moradores e a comunidade nikkei.

 

Vereador Ushitaro Kamia: “Evento feito com o coração”. Foto: Aldo Shiguti

Vereador Ushitaro Kamia: “Evento feito com o coração”. Foto: Aldo Shiguti

 

Bom humor – Para o coordenador Sergio Higa, a “repaginada” foi enfrentada com bom humor pelos organizadores. “Só contamos com a colaboração do público”, disse Higa, acrescentando que este ano o festival terá 40 bazaristas e cerca de 90 barracas de alimentação. A praça de alimentação, aliás, é um evento à parte dentro do Okinawa Festival.

O público tem à disposição uma vasta opção gastronômica: desde os tradicionais salgados e doces – como o tempurá de sorvete – até a culinária típica okinawana, presente através do okinawa soba, e do Hijá no Shiru, ensopado à base de cabrito, passando por iguarias brasileiras.

Outra preocupação dos organizadores refere-se às atividades com o intuito de proporcionar lazer e entretenimento para a família inteira. Sempre atentos com seu público, de uns anos para cá os organizadores agregaram atividades para crianças e implementaram a realização de palestras, além de um estande para venda de flores.

 

Joe Hirata é uma das atrações do evento. Foto: Aldo Shiguti

Joe Hirata é uma das atrações do evento. Foto: Aldo Shiguti

 

Atrações – A programação artística também merece uma atenção especial. O foco é a cultura okinawana, mas também há espaço para outras etnias. Assim, apresentações tradicionais como minyo (músicas folclóricas de Okinawa), Godo Ensô (músicas clássicas de Okinawa), Ryukyu Buyou (dança folclórica okinawana) e demonstrações de artes marciais como o karatê e aikidô, além, é claro, dos grupos de taiko Ryukyu Koku Matsuri Daiko e Requios Gueinou Doukoukai, dividem o palco com atrações como capoeira e dança do ventre.

De acordo com Sergio Higa, somente os grupos de taiko mobilizam cerca de 600 tocadores. Outra apresentação que também desperta interesse do público é a demonstração de karatê, com aproximadamente 400 atletas.

 

Dança dos leões mitológicos de Okinawa faz parte da programação e costuma fazer sucesso entre a garotada. Foto: Aldo Shiguti

Dança dos leões mitológicos de Okinawa faz parte da programação e costuma fazer sucesso entre a garotada. Foto: Aldo Shiguti

 

Parceiros – O coordenador destaca também o cunho social do Okinawa Festival. Com entrada gratuita, os organizadores pedem ao público a doação de um quilo de alimento não-perecível, que será revertido para 12 entidades beneficentes. No ano passado, segundo Sergio Higa, foram arrecadados 15 toneladas de alimentos.

Para Higa, porém, a realização de um evento do porte do Okinawa Festival não seria possível sem a colaboração de importantes parceiros. Um deles é o vereador Ushitaro Kamia, responsável pela emenda parlamentar que viabiliza parte da infraestrutura do evento, o chamado “coração” de qualquer evento.

 

Requios (foto) e Ryukyu escolhem o Okinawa Festival para apresentarem suas novas coreografias. Foto: Aldo Shiguti

Requios (foto) e Ryukyu escolhem o Okinawa Festival para apresentarem suas novas coreografias. Foto: Aldo Shiguti

 

Coração – Para Kamia, é uma satisfação contribuir para a realização do evento porque “o Okinawa Festival nos representa de forma intensa, trazendo toda a plasticidade e beleza do povo okinawano”.

Segundo ele, trata-se de uma “junção de forças do bem”. “São crianças, jovens, adulto e melhor idade focados em prol de um único objetivo: fazer um evento cada vez melhor”. “Se em 2015 tivemos a presença da Banda Begin, neste ano teremos atrações tão ou mais importantes, que são os artistas dedicados à cultura tradicional, seja na música, dança e outras manifestações artísticas”, conta Kamia, lembrando que sua relação com o festival “vem desde a primeira edição”.

“O espírito uchinanchu é justamente este, ou seja, de festejar junto aos outros descendentes e manter a harmonia para toda a comunidade”, destaca Kamia, acrescentando que o “festival cresceu em proporção, mas nunca deixou de ser feito com o coração”.

O Okinawa Festival também conta com apoio da Subprefeitura Aricanduva/Formosa/Carrão; da SP Turis; da SEME (Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação); e de diversas empresas da região.

 

Responsabilidade social é outra preocupação do Okinawa Festival: em 2015 foram arrecadados 15 toneladas de produtos. Foto: Aldo Shiguti

Responsabilidade social é outra preocupação do Okinawa Festival:
em 2015 foram arrecadados 15 toneladas de produtos. Foto: Aldo Shiguti

 

Transporte público – Para chegar até o local, os organizadores recomendam a utilização de transporte público, pois o local não conta com estacionamento. Uma alternativa é pegar os ônibus tarifados que saem da estação de metrô Vila Carrão.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

     

    14º OKINAWA FESTIVAL

    Quando: Dias 6 e 7 de agosto. Sábado, das 11 às 21 horas, e domingo, das 11 às 20 horas

    Onde: CEE Vicente Ítalo Feola (Praça Haroldo Daltro, s/n – em frente à Associação Okinawa Vila Carrão)

    Entrada gratuita, mas solicita-se a contribuição com a doação de um quilo de alimento não perecível que serão doados a entidades beneficentes

    Mais informações pelo telefone: 11/2097-0404 ou www.aovc.com.br/okinawafestival

    *Solicita-se a colaboração com um quilo de alimento não-perecível

     

     

     


     

    PROGRAMAÇÃO – OKINAWA FESTIVAL  – 2016

    SÁBADO

     

    Início – Atração – Grupo

     

    11h30 – Radio Taissô – Ginástica rítmica japonesa – Rádio Taissô V. Carrão

    11h50 – Godo Ensô – Músicas Clássicas de Okinawa – Nomura Ryu Ongaku Kyokai do Brasil / Nomura Ryu Koten Ongaku Hozonkai do Brasil / Ryukyu Sokyoku Koyokai do Brasil / Ryukyu Sokyoku Hozonkai do Brasil

    12h10 – Kenko Taissô – Ginástica rítmica da saúde japonesa – Burajiru Kenko Hyouguen Taissô

    12h30 – Dança-Ballet – Alunas do Centro Esportivo Vila Manchester

    12h14 – Ryukyu Buyou – Dança Folclórica Okinawana – Academia de Dança Tamagusuku Ryu Kotaro Kai

    12h50 – Tai Chi Chuan – Grupo de Tai Chi Chuan do Centro Esportivo Vila Machester

    13h10 – Sorteios

    13h15 – Show Musical – Ricardo Nakase

    13h35 – Capoeira – Grupo Temático de Artes Marciais da Prefeitura de São Paulo

    14h05 – Dança – Dança do Ventre – Alunas do Centro Esportivo Vila Manchester

    14h15 – Ryukyu Buyou – Dança Folclórica Okinawana – Academia de Dança Tamagusuku Ryu Tedano Kai

    14h25 – Sorteios

    14h30 – Dança/Música – Miyagui Gakuen

    14h45 – Bon Odori – Dança folclórica com participação popular – Fujinkai

    15h00 – Sorteios

    15h05 – Okinawa Taiko – Tambores de Okinawa – Ryukyu Koku Matsuri Taiko

    15h25 – Dança de Salão – Soltinho – Dança de Salão Assoc. Okinawa Vila Carrão

    15h35 – Show Musical – Joe Hirata

    16h05 – Sorteios

    16h10 – Okinawa Taiko – Tambores de Okinawa – Requios Gueinou Dokou Kai

    16h30 – Ryukyu Buyou – Dança Folclórica Okinawana / Yotsudake – Dança com o traje típico bingata – Academia de Dança Tamagusuku Ryu Gyokusen Kai

    16h40Karatê e Kobudo – Okinawa Shorin-Ryu Karate-Do

    17h00 – Cerimonia de Abertura – Kagami Biraki – Abertura do Barril de Saquê

    17h55 – Entrega de Cestas Básicas p/ Entidades Assistenciais

    18h00 – Okinawa Taiko – Tambores de Okinawa – Ryukyu Koku Matsuri Taiko

    18h20 – Dança de Salão – Bolero – Dança de Salão Assoc. Okinawa Vila Carrão

    18h30 – Dança Polinésia – Hula a Go Go

    18h40 – Sorteios

    18h45 – Taiko – Tambores – Grupo Seishun / Yosakoi Soram de Campo Grande

    18h55 – Dança de Salão – Dança dos anos 80/90 – Dança de Salão Assoc. Okinawa Vila Carrão

    19h10 – Sorteios

    19h15 – Wadaiko – Tambores Japoneses – Grupo Soragoi Wadaiko (ACREC)

    19h45 – Show Musical com Astro Mirim – Ryu Jackson

    20h15 – Okinawa Taiko – Tambores de Okinawa – Requios Gueinou Dokou Kai

    20h35 – Encerramento / Katchashi – Requios Gueinou Dokou Kai

    20h45Final

     

     

     

    DOMINGO

     

    11h00 – Radio Taissô – Ginástica rítmica japonesa – Rádio Taissô V. Carrão

    11h20 – Godo Ensô – Músicas Clássicas de Okinawa – Nomura Ryu Ongaku Kyokai do Brasil / Nomura Ryu Koten Ongaku Hozonkai do Brasil / Ryukyu Sokyoku Koyokai do Brasil /Ryukyu Sokyoku Hozonkai do Brasil

    11h40 – Kenko Taissô – Ginástica rítmica da saúde japonesa – Burajiru Kenko Hyouguen Taissô

    12h00 – Sorteios

    12h05 – Dança – Jazz – Alunas do Centro Esportivo Vila Manchester

    12h15 – Dança/Música – Beneficencia Nipo Brasileira – Enkyo – Unidade Amami

    12h25 – Apresentação Aikidô – Prof Vagner Seiyu Tome, 5º Dan

    12h55 – Sorteios

    13h00 – Minyô – Músicas Folclóricas de Okinawa Música – Associação Ryukyu Minyou Hozonkai do Brasil

    13h20 – Ryukyu Buyou – Dança Folclórica Okinawana Dança – Academia de Dança Tamagusuku Ryu Kotaro Kai

    13h30 – Show Musical – Karen Ito

    13h50 – Ryukyu Buyou – Dança Folclórica Okinawana Dança – Academia de Dança Tamagusuku Ryu Teda Hakuyo no Kai

    14h00 – Sorteios

    14h05 – Wadaiko – Tambores Japoneses – Grupo Soragoi Wadaiko (Acrec)

    14h35 – Karatê – Assoc.Okinawa Karate-dô Goju-ryu Bujitsukyokai

    15h05 – Ryukyu Buyou – Dança Folclórica Okinawana Dança – Academia de Dança Tamagusuku Ryu Gyokusen Kai

    15h15 – Sorteios

    15h20 – Okinawa Taiko – Tambores de Okinawa – Ryukyu Koku Matsuri Taiko

    15h40 – Dança de Salão – Soltinho – Dança de Salão Assoc. Okinawa Vila Carrão

    15h50 – Bon Odori – Dança folclórica com participação popular  – Fujinkai

    16h05 – Okinawa Taiko – Tambores de Okinawa – Requios Gueinou Dokou Kai

    16h25 – Sorteios

    16h30 – Bunomai – Okinawa Kobudo Jinbukai – Filial do Brasil

    16h40 – Dança de Salão – Bolero – Dança de Salão Assoc. Okinawa Vila Carrão

    16h50 – Show Musical com Astro Mirim – Ryu Jackson

    17h20 – Entrega de Cestas Básicas p/ Entidades Assistenciais

    17h25 – Okinawa Taiko – Tambores de Okinawa – Ryukyu Koku Matsuri Taiko

    17h45 – Matsuri Dance – Isshou Matsuri Dance

    18h05 – Dança de Salão – Dança dos anos 80/90 – Dança de Salão Assoc. Okinawa Vila Carrão

    18h20 – Ryukyu Buyou – Dança Folclórica Okinawana Dança – Academia de dança Saito Satoru Ryubu Dojo / Participação Especial Ryukyu Koku Matsuri Daiko e Wakamono Karatedo

    18h50 – Okinawa Taiko – Tambores de Okinawa – Requios Gueinou Dokou Kai

    19h10 – Show Musical – Banda Tontonmi

    19h40 – Encerramento / Katchashi – Participação Geral

    20h00 – Final

     

    Programação e horários sujeitos à alterações

     

    Related Post

    ARUJÁ: Com ‘Circo das Flores’, 26ª edição da Expo ... A Aflord – Associação dos Floricultores da Região da Via Dutra – realiza neste fim de semana (19 e 20) e nos dias 26 e 27 de agosto e 2 e 3 de setembr...
    ESPETÁCULO: São Paulo recebe Grupo Waon com espetá...   Os músicos que estarão na cidade receberam, pelo segundo ano consecutivo, o prêmio de música erudita pelo Edital 2013 do SESI São Paulo &nbs...
    HAICAI BRASILEIRO O Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô...
    Wakaba, de Curitiba, representará o Brasil no Camp... O grupo Wakaba Taikô, da Associação Cultural e Beneficente Nipo-Brasileira de Curitiba, vai representar o Brasil no “14º Campeonato de Taikô Junior” q...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *