COMUNIDADE: 36ª Festa do Verde da Kibô-no-Iê exalta força dos voluntários

A Festa do Verde da Sociedade Beneficente Casa da Esperança “Kibô-no-Iê”, que este ano chegou a sua 36ª edição nos dias 27 e 28, no Lar e Oficina Abrigada, em Itaquaquecetuba (SP), foi cercada de expectativas. Repaginada, o evento ganhou um novo layout sob o comando da coordenadora Dirce Shimomoto, a primeira mulher a comandar a festa em 36 anos de história.

 

O presidente da Kibô-no-Iê, Jairo Uemura fez um discurso de agradecimento (foto: Aldo Shiguti)

O presidente da Kibô-no-Iê, Jairo Uemura fez um discurso de agradecimento (foto: Aldo Shiguti)

 

No final, só alegrias. “Felizmente ocorreu tudo dentro do esperado e a presença de público confirmou nossas expectativas”, disse Shimomoto, que na cerimônia de abertura fez um discurso bastante emocionado ao agradecer o apoio de pessoas como o diretor da entidade, Mario Nakamura, e ao lembrar que a Festa do Verde conta com a colaboração de 87 grupos e mobiliza cerca de mil voluntários. “Isso não tem preço”, afirmou.

Dirce destacou também o legado deixado pela fundadora da instituição, Koko Ichikawa (1927-2001). “Ela foi um exemplo para todos nós, diretores e até hoje serve de inspiração para que possamos continuar trabalhando”, explicou a coordenadora, lembrando que a presença da dupla Patati Patatá no sábado agregou mais público. “Era o que queríamos”, afirmou a coordenadora, destacando que  “e as mudanças implantadas foram aprovadas”. “Pelo que fiquei sabendo, expositores, voluntários e público elogiaram o toque feminino”, contou Dirce, meio sem jeito.

 

Nivaldo, Hélio Nishimoto, Dirce, Walter Ihoshi e Jairo Uemura (foto: Aldo Shiguti)

Nivaldo, Hélio Nishimoto, Dirce, Walter Ihoshi e Jairo Uemura (foto: Aldo Shiguti)

 

Já o presidente da Kibô-no-Iê, Jairo Uemura, que está passando o bastão, falou em nome dos 74 assistidos e explicou que “cem por cento do que é consumido na festa será revertido em prol da entidade. O cônsul Motohiro Hoshino revelou que esteve na festa pela primeira vez e lembrou a recente visita do primeiro-ministro Shinzo Abe ao Brasil quando o premiê japonês assumiu o compromisso de aumentar o número de voluntários para o ensino da língua japonesa.

Hoshino antecipou que, daqui a dois meses, os brasileiros poderão obter o visto para múltiplas entradas. Isto significa que, em um período de três anos, os brasileiros poderão ir quantas vezes quiserem ao Japão sem a necessidade de ir ao Consulado do Japão para tirar o visto. “Queremos facilitar para que vocês coloquem mais dinheiro no Japão”, brincou Hoshino, que foi muito aplaudido.

 

Dirce foi a primeira mulher a comandar a festa (foto: Aldo Shiguti)

Dirce foi a primeira mulher a comandar a festa (foto: Aldo Shiguti)

 

Admiração – Discursando em nome das entidades nipo-brasileiras, o presidente do Nippon Country Club, Valter Sassaki observou que no domingo os brasileiros irão às urnas em todo o país para eleger seus representantes. “Vamos escolher gente honesta, que vai trabalhar em prol do país”, disse Sassaki.

Também o vereador Aurélio Nomura (PSDB) endossou o recado e emendou: . “Por causa da crise, mais de 27 mil brasileiros deixaram o país em busca de novos horizontes”.  “É uma vergonha assistir a conduta de políticos que só sabem olhar para o próprio umbigo”, disparou o tucano. “Precisamos de pessoas extremamente sérias e que, caso alguma coisa saia errado, saberemos onde encontrá-los depois”.

Para o deputado estadual Hélio Nishimoto (PSDB), “a Kibô-no-Iê é uma das entidades que atendem pessoas com necessidades que mais admiro”. “Ela faz um trabalho interessante, com o coração solidário”, destacou.

 

O prefeito e a primeira dama de Itaquaquecetuba (foto: Aldo Shiguti)

O prefeito e a primeira dama de Itaquaquecetuba (foto: Aldo Shiguti)

 

Referência – Presente à cerimônia de abertura, o deputado federal e candidato à reeleição, Walter Ihoshi (PSD-SP) disse que a Kibô-no-Iê é uma entidade exemplar e uma referência dentro da comunidade nikkei”. “Esse evento mostra a força da Kibô-no-Iê, a relação de amizade que ela mantém com outras entidades e que reúne mais de mil voluntários. É um exemplo de muita dedicação e trabalho da Comissão Organizadora. Dedicação e trabalho de uma entidade com muitos voluntários e que vem mantendo a entidade com muitas dificuldades, mas de forma exemplar”, destacou Walter Ihoshi.

A cerimônia de abertura contou ainda com as presenças do presidente da Associação Pró-Excepcionais Kodomo-no-Sono, André Korosue, do prefeito de Itaquaquecetuba Mamoru Nakashima e da primeira dama, Joely Nakashima; do deputado estadual Jooji Hato (PMDB) e do vereador George Hato (PMDB), entre outros.

(Aldo Shiguti)

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

BENEFICENTE: Kibô-no-Iê recebe doações de roupas d...   Durante um mês a IDL Assessoria Aduaneira e Logística Internacional promoveu a Campanha do Agasalho entre os colaboradores e parceiros, arre...
CARNAVAL: Na Ala de Compositores da Mocidade Alegr... Se o carnaval para uns é pura brincadeira e diversão, para outros é paixão, muito trabalho e responsabilidade. É o caso do gerente financeiro, músico ...
TRADIÇÃO: Associações nikkeis da Zona Norte realiz... No último dia 10, duas associações nikkeis da zona Norte, a Associação Okinawa de Casa Verde e a ACEOSM – Associação Cultural e Esportiva Okinawa Sant...
BENEFICENTE: Abeuni realiza 2º Almoço Beneficente ... A Abeuni (Aliança Beneficente Universitária) realiza neste domingo (15), a partir as 12h20, na Associação Centro Social Tochigui do Brasil, no bairro ...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *