COMUNIDADE: 6º Japan Sul recebe mais de 20 mil visitantes

Realizada neste sábado e domingo (3 e 4), no Clube da Eletropaulo, na zona Sul de São Paulo, pela União das Associações Culturais de Santo Amaro, a sexta edição do Japan Sul mostrou por que está se consolidando como um dos grandes acontecimentos da comunidade nipo-brasileira da cidade de São Paulo. Apesar do frio e da chuva que acabaram prejudicando o fim de semana de muitos paulistanos, o evento atraiu um grande público.

 

Japan Sul é um dos poucos eventos onde o público pode conferir o Moti Tsuki ao vivo (Foto: Aldo Shiguti)

Japan Sul é um dos poucos eventos onde o público pode conferir o Moti Tsuki ao vivo (Foto: Aldo Shiguti)

 

Segundo estimativas dos organizadores mais de 20 mil pessoas contribuíram com um quilo de alimento não perecível, que serão doados para seis entidades assistenciais da região.

Durante dois dias, os visitantes puderam conferir um leque de atrações como apresentações de artistas conhecidos e alunos de escolas da região. Este ano, a programação de palco teve como grande destaque o cantor Joe Hirata, além de artistas conhecidos como o astro mirim Ryu Jackson e Naoto Takeda, Felipe Ikeda, Teddy Shigueyama, Rick Akio, Sergio Tanigawa e Sergio Michida, grupos de taikô de Cipó, Shinkyo Daiko e Kien Taiko e o grupo de dança da Associação Cultural e Esportiva Represa.

 

Júlio Uehara destacou o apoio de voluntários e parceiros (foto: Aldo Shiguti)

Júlio Uehara destacou o apoio de voluntários e parceiros (foto: Aldo Shiguti)

 

O evento, que este ano integrou o calendário de atividades dos 120 Anos do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação Brasil-Japão, também contou com praça de alimentação e uma enorme tenda que abrigou bazaristas e o ritual da cerimônia de chá. Entre suas peculiaridades, o Japan Sul também conta com a tradicional “feirinha”, com verduras e legumes direto do produtor ao consumidor, e o moti tsuki, ritual de socar o arroz.

Segundo Júlio Uehara, que preside a União das Associações Culturais de Santo Amaro – entidade que reúne a Associação Cultural e Resportiva João Branco, Associação Rural de Casa Grande, Associação Cultural e Beneficente Nipo-Brasileira de Colônia Paulista, Associação Cultural e Esportiva de Cipó, Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Santo Amaro e Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Cidade Ademar – a realização do evento não teria sido possível sem a ajuda de parceiros como Sergio Taguchi e Koji Maruyama, responsáveis pela infraestrutura do Japan Sul. “As dificuldades foram muitas, mas graças a colaboração de todos conseguimos realizar mais uma edição”, explica Uehara, explicando que “o balanço positivo dá ânimo para continuarmos em frente”.

 

Fotos: Aldo Shiguti

 

Abertura – A cerimônia de abertura, no sábado, contou com as presenças do deputado estadual Jooji Hato (PMDB), dos vereadores Aurélio Nomura (PSDB) e George Hato (PMDB), dos assessores parlamentares Keiji Kato – representando o deputado federal Walter Ihoshi (PSD-SP) – e Alfredo Xavier – representando o deputado estadual Hélio Nishimoto (PSDB), autor da Lei número 14.815 de 26 de fevereiro de 2012 que incluiu o Japan Sul no Calendário Turístico do Estado de São Paulo – e o presidente do Clube da Eletropaulo, Paulo Marinheiro, além de Márcia e Fábio Goulart, respectivamente, esposa e filho do deputado federal Goulart.

Em seu discurso, Paulo Marinheiro lembrou que 2015 está sendo um ano bastante difícil, mas “não vamos esmorecer”. A cada ano que passa aguardamos este evento com muitas expectivas. Temos fé que continuaremos realizando o Japan Sul ainda por muiro anos”, afirmou Marinheiro, revelando que seu sonho é transformar o Clube da Eletropaulo num grande pólo esportivo e cultural.

 

Legado – O vereador Aurélio Nomura lembrou a trajetória dos pioneiros e como os costumes japoneses influenciaram até mesmo os hábitos alimentares dos brasileiros. “Hoje vemos que essa luta dos nossos maiores não foi em vão. A comunidade nipo-brasileira está presente em todos os setores da sociedade e continua contribuindo para o desenvolvimento do país”, explicou Nomura, acrescentando que, eventos como o Japan Sul nos trazem valores herdados dos pioneiros para que juntos possamos continuar caminhando para sairmos da crise e assim prepararmos um país melhor para os nossos filhos e netos”.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

    Related Post

    INFORME PUBLICITÁRIO: Hatiro Shimomoto com o imper... A maior honra na vida do ex-deputado estadual, Hatiro Shimomoto, foi ter sido homenageado pelo Governo de Wakayama. Além de ter sido recepcionado como...
    SOCIAL: BAILE ALLEGRO BAILE ALLEGRO – A promoter Beth Yajima realizou no dia 26 de setembro, no Salão Social da Associação Miyagui Kenjin do Brasil, no bairro da Liberdade,...
    BASTOS: 53ª Festa do Ovo deve atrair mais de 200 m... A Associação Cultural e Esportiva Nikkey de Bastos e Sindicato Rural de Bastos realizam nos dias 13, 14 e 15 de julho a 53ª Edição da Festa do Ovo de ...
    COMUNIDADE: Museu Histórico da Imigração Japonesa ... A Comissão de Administração do Museu Histórico do Brasil apresentou no dia 1º de junho, a quarta e última ação do projeto aprovado pela Lei Rouanet de...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *