COMUNIDADE: Aliança Cultural Brasil-Japão inaugura seu Centro Cultural neste sábado em Pinheiros

Um sonho acalentado há muito tempo por toda comunidade da Aliança Cultural Brasil-Japão e um grande acontecimento para os moradores da zona Oeste de São Paulo está prestes a ser realizado com a a inauguração, neste sábado (29), do Centro Cultural da ACBJ, a primeira sede própria da entidade, localizada na Rua Deputado Lacerda Franco, 328, em Pinheiros.

O novo espaço, com arquitetura moderna e inovadora, terá 751 m2 dedicados à realização de cursos de língua japonesa, artes e gastronomia, além de palestras e eventos culturais, com auditório, salas multiuso e um espaço voltado exclusivamente aos cursos de culinária japonesa.

 

Aliança Cultural Brasil-Japão inaugura seu Centro Cultural neste sábado em Pinheiros. Foto: divulgação

 

Além de atividades de ensino da língua japonesa e uma extensa programação de cursos, palestras e eventos culturais, o Centro Cultural Aliança terá um espaço voltado aos cursos de gastronomia japonesa, na Escola de Culinária Japonesa de São Paulo, capitaneada pelo chef Shin Koike. Outros diferenciais serão os cursos de de instrumentos tradicionais japoneses com Shen Ribeiro e músicas clássicas eruditas com o maestro Ricardo Fukuda. Na supervisão, o experiente curador, Jo Takahashi, que aceitou o desafio de ser parceiro da Aliança.

“Para essa obra tornar-se realidade, foi uma longa jornada. Hoje, chegamos à obra finalizada e mobiliada”, comemora Oshiro, que sintetiza a obra na frase: “Centro Cultural Aliança –  obra institucional – obra de todos” “Ou seja, tudo que se faz pela Aliança se faz institucionalmente”, justifica.

A sede foi construída com recursos próprios, graças aos esforços de inúmeros colaboradores e apoio do governo japonês e da Fundação Kunito Miyasaka, além de empresas como a Honda Automóveis, Toto Brasil, Bradesco, HiperCreative, Fujitsu do Brasil, Furukawa, Consfat e Apoio Fundações.

O governo japonês doou os equipamentos para a estrutura das salas de aula. “A participação do Consulado Geral do Japão no Centro Cultural Aliança não se resumiu apenas ao aspecto financeiro. O fato do governo japonês e do Consulado acreditarem em nosso projeto foi fundamental para que nós nos engajássemos ainda mais na conclusão da obra, arregaçando as mangas para que tudo fosse adiante”, completa Oshiro.

 

O presidente da Aliança Cultural Brasil-Japão com sua equipe de trabalho. Foto: divulgação

 

Metas – Segundo ele, “este é um sonho realizado e se deve principalmente aos diretores, todos voluntários, especialmente o engenheiro Sussumu Niyama e a arquiteta Rosana Nakano, que abraçaram a obra e são profissionais da área, e que apesar de seus afazeres, se dedicaram voluntariamente desde o começo do projeto até hoje, diariamente, para que o cronograma seja cumprido”, destacou Oshiro, explicando que o Centro Cultural Aliança terá uma estratégia diferenciada para conquistar o público.

“Somos uma instituição compacta, por isso vamos fazer as coisas de uma forma simples, implementando o Centro Cultural Aliança na região de Pinheiros, fora do circuito tradicional da comunidade japonesa, levando a difusão da cultura para uma região fora do comum, tentando atingir a população não nikkei. Para isso, vamos levar dentro do Centro Cultural duas unidades, uma voltada aos cursos de Língua Japonesa, e outro segmento exclusivo para Cultura e Artes”, disse Oshiro, acrescentando que “nunca vou ficar aliviado”.

“Busco metas e uma delas é fazer daquela região um importante pólo de difusão de arte e da cultura japonesa”, conta Oshiro, afirmando que “meu desafio não acaba com a inauguração do Centro Cultural”. “O prédio e as instalações estão concluídos, mas esta é uma atividade que não para nunca”, destaca Oshiro.

 

“Centro Cultural Aliança – Obra Institucional – Obra de Todos”. Foto: divulgação

 

Eventos – Para anunciar a chegada do Centro Cultural na região, estão previstos três eventos para cada área de atuação. De 1 a 3 de setembro, será realizada uma exposição com todos os professores de artes da Aliança. Além de apresentarem seus trabalhos, eles também estarão participando de workshops. Na primeira quinzena de setembro, acontece oficialmente a inauguração do Auditório Kunito Miyasaka, com homenagens e agradecimentos aos colaboradores contribuintes. Um concerto com músicas tradicionais japonesas e músicas eruditas a cargo do músico Ricardo Fukuda marcará o acontecimento.

Outra atividade programada é um evento de gastronomia para anunciar a Escola de Culinária Japonesa de São Paulo sob o comando do chef Shin Koike, que em 2016 recebeu do governo japonês, através do Ministério da Agricultura, Floresta e Pesca o título de Embaixador da Difusão de Culinária Japonesa.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

     

    Centro Cultural Aliança

    Inauguração em 29/07/2017

    Início dos cursos em 02/08/2017

    Rua Deputado Lacerda Franco, 328, Pinheiros

    Telefone: 11-3209-6630

    E-mail: pinheiros@aliancacultural.org.br

    Site: www.aliancacultural.org.br

     

     

    Related Post

    PARÁ: Governador do Pará recebe vice-ministro japo... O diferimento do ICMS para o setor mineral de alumínio e as comemorações pelos 120 anos do Tratado de Amizade, Navegação e Comércio entre Brasil e Jap...
    COMUNIDADE: Cerimônia comemorativa ao aniversário ...   Cerimônia comemorativa ao aniversário do Imperador do Japão (foto: divulgação)   O Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japon...
    FALECIMENTO: Comunidade lamenta morte de Kuniei Ka...   Morreu na manhã desta segunda-feira (12), na Unimed de Guarulhos (SP), o presidente da Associação Cultural Nipo-Brasileira de Registro, Kuni...
    COMUNIDADE: Festival do Japão trabalha para transm... Você certamente já deve ter ouvido falar em cosplay, mangá, taiko e cerimônia do chá. Mas termos como “omotenashi”, “kaizen” e “mottainai” podem parec...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *