COMUNIDADE: Bunkyo define cronograma para o processo eleitoral 2017

Considerada a principal entidade representativa da comunidade nipo-brasileira, o Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), entrou em contagem regressiva para o processo eleitoral que definirá os dirigentes dos principais órgãos decisórios da entidade: o Conselho Deliberativo (dirigentes e metade dos membros), Conselho Fiscal e Diretoria.

Presidida por Tuyoci Ohara, a Comissão Eleitoral reuniu-se pela primeira vez no último dia 22 de dezembro, ocasião em que foram definidos o cronograma de trabalho e os documentos que estão  encaminhados aos associados desde terça-feira (10).

A primeira leva de documentos convida e dá instruções aos interessados em disputar a eleição para integrar o Conselho Deliberativo, quando serão renovados 50 membros efetivos e 25 suplentes (gestão 2017/2021). Os interessados podem se increver ao CD até o dia 10 de fevereiro. A Comissão Eleitoral organizará a Cédula Única reunindo os nomes de todos os candidatos que tiverem seu pedido de inscrição aprovado. Esses nomes estarão em ordem alfabética, tendo ao lado um campo para os associados assinalarem o voto.

 

Ohara, que preside a Comissão Eleitoral: para se candidatar o associado deve quitar suas anuidades. Foto: Aldo Shiguti

 

No dia 24 do mesmo mês os associados começam a receber as cédulas únicas com os nomes dos candidatos, que devem devidamente preenchidas e devolvidas (pessoalmente ou via correio) até o dia 24 de março.

Para se candidatar a membro do Conselho Deliberativo, o associado deverá estar quite com suas anuidades – para poder exercer o direito a voto, até 15 dias antes de sua realização, ou seja, até 10 de março, o associado deverá estar quite com a contribuição social relativa aos anos anteriores – e ter pelo menos três anos de filiação ao quadro associativo do Bunkyo. Além disso, é necessário que seja indicado por cinco associados ou por uma entidade reconhecidamente idônea que tenha prestado relevantes serviços à comunidade nipo-brasileira.

Também podem se candidatar, sem necessidade de indicação, aqueles que tenham ocupado cargos na Diretoria do Bunkyo por dois anos; ou tenham sido membros efetivos do Conselho Fiscal por dois anos; ou já sejam ou tenham sido membros do Conselho Deliberativo.

A associada pessoa jurídica que queira se candidatar deverá apresentar o Estatuto ou Contrato Social e a ata de eleição da Diretoria atual, e indicar, no Formulário de Inscrição de Candidato, o nome da pessoa natural que a representará.

A 56ª Assembleia Geral Ordinária será realizada no dia 25 de março, com início às 8h30, em primeira convocação; e meia hora depois em segunda convocação. A Ordem do Dia é eleger os 50 membros efetivos e os 25 suplentes ao Conselho Deliberativo do Bunkyo.

 

A 56ª AGO acontece em março e deve eleger 50 membros do CD. Foto: Aldo Shiguti

 

Em seguida, os votos recebidos por correio serão abertos na frente dos presentes e somados às cédulas dos votos presenciais.

O associado impossibilitado de comparecer poderá ser representado por outro (também esteja quite com as obrigações sociais), mediante procuração com poderes específicos, encaminhado juntamente com o edital.

A etapa seguinte começa no dia 31 de março com a abertura das inscrições das chapas para os dirigentes do Conselho Deliberativo, Diretoria e Conselho Fiscal.

A última etapa acontece no dia 29 de abril, com a 152ª Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo, quando os 50 novos conselheiros eleitos, juntamente com os 50 conselheiros do mandato 2015/2019, vão eleger as chapas dos dirigentes do Conselho Deliberativo, Diretoria e Conselho Fiscal.

 

Nublado – Conforme revelou com exclusividade o Jornal Nippak em sua última edição, a atual presidente do Bunkyo, Harumi Goya, preferiu não antecipar uma eventual candidatura à reeleição. Indagada se pretende continuar mais um mandato à frente da entidade, a presidente deixou a possibilidade em aberto. “Nem sim nem não. Na realidade, estamos iniciando conversas com nossos conselheiros e membros da diretoria para tratar sobre esse tema e encontrar a melhor solução para todos”, afirmou Goya, acrescentando que “o horizonte para este ano ainda está nublado”, mas que pretende trilhar “pelo caminho da luz”.A reportagem do Jornal Nippak apurou que, o 5º vice-presidente da entidade, Roberto Nishio, é um dos cotados para assumir a presidência do Conselho Deliberativo no lugar do atual, Kiyoshi Harada, que completou o seu terceiro e último mandato.

 

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

    Related Post

    JAPÃO: Casais brasileiros podem dar entrada de ped... Casais brasileiros que pretendem se separar no Japão podem dar entrada em processos de divórcio nos Consulados Brasileiros de Nagoya, Hamamatsu ou Tok...
    REVEILLON 2016 – THERMAS DE FERNANDÓPOLIS – NIKKEY... SAÍDA Dia 29/12/2015 às 22h e RETORNO Dia 03/01/2016 Após Almoço Dia 30/12 – Café da manhã, almoço, Iazer nas pisdnas, jantar e baile a noite; D...
    COMUNIDADE: Associação Fukushima Kenjin do Brasil ... Fundada em 1917 a Associação Fukushima Kenjin do Brasil realizou, no último dia 22, na Associação Hokkaido de Cultura e Assistência (zona Sul de São P...
    COMUNIDADE/BUNKYO: ‘Não tenho receios. É uma honra... Depois de muita expectativa, enfim, o grupo da situação chegou a um acordo e indicou a atual primeira vice-presidente, Harumi Goya, como candidata à s...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *