COMUNIDADE: Candidatos destacam importância de ‘escolher bem’ seus representantes para os cargos proporcionais

 

No próximo dia 5 de outubro, quase 143 milhoes de brasileiros aptos a votar irão às urnas em 5.570 municípios para eleger seus representantes para os próximos quatro anos. Segundo dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), cerca de 17 mil candidatos a deputado estadual estarão disputando 1.059 vagas para as Assembleias Legislativas e  pouco mais de 7 mil candidatos buscam uma das 513 cadeiras para a Câmara dos Deputados. Entre os nikkeis, a disputa também é acirrada. Somente no Estado de SP, concorrem  33 candidatos a deputado estadual e outros 35 a deputado federal (veja quadros).

Preocupados com o desempenho dos candidatos nikkeis nas urnas e também com o futuro da comunidade nipo-brasileira, o Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social) e a Associação Brasileira de Ex-Bolsistas “Gaimusho Kenshusei” decidiram unir forças e realizam, neste sábado (20), a partir das 8h30, no Pequeno Auditório do Bunkyo, o 3º Encontro com Candidatos aos Cargos de Deputado Estadual e Deputado Federal.

O evento contará com a participação de 16 candidatos – sendo oito para a Assembleia Legislativa e oito para a Câmara dos Deputados –, definidos por sorteio pela Comissão Organizadora.

Para a Assembleia Legislativa estão confirmadas as presenças dos candidatos Hélio Nishimoto (PSDB), Jooji Hato (PMDB), Sadao Nakai (PSDB), Mauricio Miyazaki (PSB), Roberto Sekiya (PSB), Margarida Watanabe (PV), Kowa Iha (PSDB) e Patrícia Tani (PSDC).

Já para deputado federal foram chamados Walter Ihoshi (PSD-SP), Junji Abe (PSD-SP), Keiko Ota (PSB), William Woo (PV), Alex Hato (PMDB), Pedro Mori (PSB), Thabata Yamauchi (PRB) e Amélia Naomi (PT).

O evento será dividido em dois blocos. O primeiro, com início às 8h30 e término às 10h30, reunirá os oito candidatos a deputados estaduais. O segundo, das 11 às 13 horas, terá os oito candidatos a deputados federais.

Cada bloco terá três módulos. No primeiro, cada candidato terá três minutos para responder a uma pergunta feita pelos componentes da Mesa. As perguntas não deverão ser específicas, mas genéricas, proporcionando aos candidatos a oportunidade de expor suas idéias sobre o que pode fazer pela sociedade, caso eleito.

No segundo, as perguntas serão feitas pelo público e no terceiro, as perguntas serão elaboradas pelos jornalistas. Como no primeiro módulo, cada candidato terá três minutos para seus esclarecimentos.

As questões devem estar relacionadas com um dos oito temas estabelecidos pela Comissão: Educação, Saúde, Segurança Pública, Infraestrutura, Habitação, Ética na Política, Participação dos Nikkeis na Política e Meio Ambiente.

 

Impressões – Participantes entrevisados pelo Jornal Nippak destacaram a importância do evento. Para o deputado estadual Hélio Nishimoto, que participa de sua terceira campanha para a Assembleia Legislativa, trata-se de uma oportunidade para que os eleitores nikkeis tenham contato mais próximo com os seus candidatos e “o que cada um tem para oferecer em termos de propostas não só para a comunidade como também para a população em geral”.

Segundo ele, o Encontro pode influenciar uma escolha, “mas mais importante que isso é a possibilidade que o evento proporciona para que os eleitores possam se engajar na campanha de quem acha que merece seu voto”.

 

Helio Nishimoto (foto: divulgação)

Helio Nishimoto: “É bom para conhecer as propostas de cada um” (foto: divulgação)

 

 

Espaço vago – Também do Vale do Paraíba, mas disputando uma vaga pela primeira vez à Câmara dos Deputados, Amélia Naomi, pretende usar o Encontro para ser “apresentada” e também para conhecer a comunidade nipo-brasileira.

Em seu sétimo mandato como vereadora por São José dos Campos – é a atual presidente da Câmara Municipal – a nikkei busca ocupar um espaço que até então está vago. “São José dos Campos está sem representante em Brasília e o Vale do Paraíba precisa de  alguém para buscar recursos do governo federal”, disse Amélia, explicando porque decidiu “queimar” uma etapa, indo direto para a Câmara dos Deputados.

 

Amélia (foto: divulgação)

Amélia Naomi: “O Vale do Paraiba está sem representação “(foto: divulgação)

 

Casada com o atual prefeito de São José dos Campos, Carlos José de Almeida (PT), Amélia Naomi disse que conseguiu implantar várias mudanças na Presidência da Câmara Municipal, entre elas a implantação da TV Câmara e a instalação da Comissão da Verdade “com a participação de todos”.

Se eleita, Amélia disse que pretende trabalhar em prol do desenvolvimento econômico e social, além de defender questões como moradia e agricultura familiar. Natural da cidade paulista de Aparecida D’Oeste e filha de  Angela Kavasaki – a mãe é vice-presidente da Associação Satélite, uma das quatro entidades nikkeis de São José dos Campos – e do comerciante Kichiro Omura, Amélia Naomi disse que espera apoio de vários segmentos, entre eles a a comunidade nikkei.

 

Pará-quedistas – Já para o deputado federal Junji Abe (PSD-SP), que na terça-feira (16) teve deferido seu registro de candidatura pelo TSE, “o sistema polítco partidário está exaurido há 20 anos, no tempo e no espaço”. “Acabamos sendo as próprias vítimas desta distorção. O sistema proporcional acaba inundando os eleitores de candidatos pára-quedistas e nós, que trabalhamos, temos que compensar nos desdobrando, percorrendo os locais mais longínquos atrás de votos”, diz Junji, que destaca a importância do Encontro. “Um evento como esse é importante para o sistema político eleitoral baseado na democracia. Temos sempre que agradecer quando surge uma oportunidade para debatermos nossas idéias e projetos”, argumenta Junji.

 

Junji Abe (foto: divulgação)

Junji Abe, que teve seu pedido de registro deferido pelo TSE (foto: divulgação)

 

 

Renovação – Para o deputado Walter Ihoshi (PSD-SP), que busca seu terceiro mandato, o Encontro com Candidatos é importante para que os candidatos possam apresentar suas propostas, compromissos e projetos com a comunidade nikkei. “Por outro lado, os eleitores nikkeis também podem conhecer melhor seus candidatos”, diz Ihoshi, explicando que nesta campanha está sentindo os eleitores “um pouco mais distante do que de costume”. “Em parte por desconfiança e descrédito dos políticos. Em contrapartida, nossa candidatura está sendo bem aceita e quem nos conhece está ajudando a multiplicar nossos votos”, afirma Ihoshi, para quem a mídia terá papel fundamental no pós-encontro. “Caberá a imprensa levar informação aos (e)leitores sobre tudo que aconteceu no evento”, destaca o parlamentar.

 

Walter Ihoshi (foto: divulgação)

Walter Ihoshi: ” Os eleitores podem escolher melhor seus representantes” (foto: divulgação)

 

Para ele, o eleitor de modo geral ainda não se deu conta da importância de escolher seus representantes para a Câmara dos Deputados. “E isso é ruim porque o papel dos parlamentares será importantíssimo, principalmente se ocorrer uma mudança de governo. Por isso, é fundamental que os eleitores escolham bem seus representantes e façam a renovação com qualidade”, destaca Ihoshi, que tem como bandeira de campanha a desoneração dos medicamentos.

 

Copa – O deputado estadual Jooji Hato (PMDB), que busca seu segundo mandato na Assembleia paulista, concorda. “A campanha este ano foi ainda mais curta por causa da Copa do Mundo. Temos praticamente somente o horário gratuito e os cavaletes para fazer nossa divulgação. Por isso, considero o Encontro muito importante, principalmente com a cobertura da imprensa para que possa ampliar o evento”, disse Hato, acrescentando que o evento servirá para “esclarecer” os eleitores.

 

Jooji Hato (foto: divulgação)

Jooji Hato: ” Temos apenas o horário gratuito e os cavaletes”. (foto: divulgação)

 

“Um evento deste tipo é bom porque mostra quem trabalha, no caso dos atuais deputados, e os anseios e propostas de quem está pleiteando uma vaga”, explicou o deputado, que concorda com Ihoshi em outro ponto. “Os cargos proporcionais sempre foram preteridos em detrimento dos cargos majoritários. Mas é importante escolher bem os seus deputados porque são eles que fazem as leis”.

 

 

quadro

 

(Aldo Shiguti)

 

 

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

ASSOCIAÇÕES: 8º TOHOKU-HOKKAIDO UNDOKAI O deputado estadual Hélio Nishimoto (PSDB) participou no último domingo (6/5), do 8° Tohoku-Hokkaido Undokai, no Colégio Santa Amália, em São Paulo. O...
MARILIA: Consulado do Japão fará atendimento itin... A sede social do Nikkey Marília receberá nesta terça-feira (dia 27) o atendimento itinerante do Consulado Geral do Japão em São Paulo. Na quarta (28) ...
SILVIA IN TOKYO: ICHIRO SUZUKI VIRA LENDA NO BEISE... ICHIRO SUZUKI CHEGOU A UM LUGAR ONDE NINGUÉM JAMAIS CHEGOU NO BEISEBOL     Ichiro, no jogo em San Diego. Foto: Gregory Bull/Associat...
DIREITO: OAB SP planeja lançar livro sobre a contr... O presidente da OAB SP (Ordem dos Advogados do Brasil Seção de São Paulo), Marcos da Costa, disse que a instituição pretende publicar um livro sobre a...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *