COMUNIDADE: ‘Cidadão Paulistano’, Takahiro Nakamae destaca participação dos jovens nas relações bilaterais

Por iniciativa do vereador Masataka Ota (PSB), a Câmara Municipal de São Paulo concedeu o título de Cidadão Paulistano ao cônsul geral do Japão em São Paulo, Takahiro Nakamae. A homenagem aconteceu no último dia 9, no Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo, no Viaduto Jacareí, e contou com as presenças da presidente do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), Harumi Goya; do presidente do Kenren (Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil), Yasuo Yamada; do presidente do Enkyo (Bneeficência Nipo-Brasileira de São Paulo); do presidente da Aliança Cultural Brasil-Japão, Yokio Oshiro; do  presidente do Tribunal de Justiça Militar do Estado de São Paulo (TJM-SP), Silvio Hiroshi Oyama; do ministro aposentado do Superior Tribunal de Justiça (STJ),  Massami Uyeda e da deputada federal Keiko Ota (PSB), entre outros.

 

Cônsul Nakamae destaca participação dos jovens nas relações Brasil-Japão. Foto: Jiro Mochizuki

Cônsul Nakamae destaca participação dos jovens nas relações Brasil-Japão. Foto: Jiro Mochizuki

 

Após a execução dos hinos nacionais do Brasil e do Japão com a participação dos alunos da escola de educação infantil Mika Youtien, a música “Love Song” – composta por Fernanda Takai, Maki Nomiya e John Ulhoa especialmente para as comemorações dos 120 Anos do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação Brasil-Japão e 100 Anos de Instalação do Consulado Geral do Japão em São Paulo – embalou um vídeo com um resumo da trajetória do cônsul desde quando ele assumiu o cargo em São Paulo.

Todos que fizeram uso da palavra destacaram a “simpatia”, a “humildade” e o trabalho do homenageado não só em prol das relações bilaterais como também para o fortalecimento das entidades nikkeis.

“Apesar do curto período de tempo que ele está exercendo o cargo de cônsul em São Paulo, o homenageado desta noite vem trabalhando incansavelmente para fortalecer os kaikans e os Bunkyos, além de ensinar a cultura japonesa aos jovens japoneses e brasileiros”, destacou o vereador Ota.

 

Cônsul geral do Japão Takahiro Nakamae, que foi homenageado com o título de Cidadão Pualistano. Foto: Jiro Mochizuki

Cônsul geral do Japão Takahiro Nakamae, que foi homenageado com o título de Cidadão Paulistano. Foto: Jiro Mochizuki

 

Momento marcante – Ao Jornal Nippak, Takahiro Nakamae disse que “é uma enorme honra receber esta homenagem com apenas 15 meses trabalhando como cônsul em São Paulo”. “Ao mesmo tempo, me dá muito mais responsabilidade para que eu continue desempenhando o cargo ainda com mais afinco até o final do meu mandato”, disse ele, afirmando que o título “é uma motivação a mais para trabalhar em prol do bem estar e de um vínculo maior com a comunidade nipo-brasileira”. Nakamae, que assumiu o cargo cercado de expectativas – já que seus antecessores – Kazuaki Obe e Noriteru Fukushima – “deixaram saudades” na comunidade nikkei – destacou que a “amabilidade” e a “hospitalidade” dos nikkeis o impressionaram.

 

O presidente da Aliança, Yokio Oshiro. Foto: Jiro Mochizuki

O presidente da Aliança, Yokio Oshiro. Foto: Jiro Mochizuki

 

Indagado pela reportagem qual o momento mais marcante nesses 15 meses, o cônsul não hesitou em  apontar a visita de Suas Altezas Imperiais, o príncipe e a princesa Akishino, como uma lembrança que o deixou emocionado. “A visita do príncipe e da princesa, por ocasião das comemorações dos 120 Anos das Relações Diplomáticas entre o Brasil e o Japão, elevou a relação entre os dois países a outro patamar”, explicou o cônsul, que em seu discurso destacou o “período de transformação” pelo qual passa o Brasil, “com discussões em âmbito nacional sobre a política, economia e as relações internacionais com outros países”.

“Percebo que está experimentando a dor dos desafios também”, observou Nakamae, que chamou a atenção para a necessidade de uma “nova estratégia que responda a esta nova era do Brasil”.

 

Masami Uyeda. Foto: Jiro Mochizuki

Masami Uyeda. Foto: Jiro Mochizuki

 

Olimpíadas – Para o cônsul, o destaque dado à imigração japonesa durante a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016 e a calrosa recepção aos atletas japoneses no desfile das delegações, demonstram “os fortes laços que unem os dois países”. Segundo ele, sobre a relação nipo-brasileira e a sociedade nikkei, é muito comum dizer que “a comunidade nikkei é o tesouro das relações entre ambos os países, mas com a troca de gerações, a percepção dos laços com o Japão vai diminuindo. Integração maior à sociedade brasileira e consequentemente perda da identidade nipônica”.

 

Keiko Ota, Takahiro Nakamae e Ota. Foto: Aldo Shiguti

Keiko Ota, Takahiro Nakamae e Ota. Foto: Aldo Shiguti

 

Desafios – “Acredito que minha missão e de meus colegas é desafiar esta concepção, pois a mudança de gerações da comunidade nipo-brasileira é um fenômeno esperado, e não um fator surpsresa”, ressaltou Nakamae, lembrando que hoje a comunidade já está na sexta geração de descendentes. “Serão os jovens os protagonistas das relações entre os dois países de amanhã. Com resistência a mudanças não será possível visualizar perspectivas futuras. É importante envidarmos esforços para apoiar e incentivar de maneira apropriada a iniciativa e o vigor dos jovens, além de corresponder aos desejos desses jovens na busca pela sua identidade”, disse o cônsul, que estabeleceu algumas diretrizes como “dar continuidade à assistência aos imigrantes e à comunidade nipo-brasileira; apoio aos nipo-brasileiros que se esforçam para a construção de um Brasil melhor e enconrajar os descendentes a nutrirem orgulho por sua origem. “Ao mesmo tempo é importante proporcionar oportunidade aos jovens líderes para conhecer o Japão atual para que possam divulgar essa imagem do país de seus antepassados”, explicou o cônsul, que lançou a pergunta sobre qual seria a maneira ideal para os jovens aproveitarem a herança da comunidade.

“Proponho o esforço no sentido de compatilhar as boas práticas e o diálogo com as diretorias das associações, uma cooperação mútua trocando as ricas experiências”, respondeu o próprio Nakamae, que também chamou a atenção para necessidade de uma compreeensão mútua entre o Brasil e o Japão da atualidade, buscando-se um relacionamento envolvendo as camadas mais abrangentes da sociedade”.

 

Convidados prestigiaram a homenagem. Foto: Aldo Shiguti

Convidados prestigiaram a homenagem. Foto: Aldo Shiguti

 

Japan House – Segundo ele, o Japan House, iniciativa global do governo japonês que pretende trazer para  São Paulo um novo olhar sobre o Japão contemporâneo, cuja inauguração está prevista para março de 2017, na Avenida Paulista, terá um importante papel na divulgação dos “atrativos e os valores de um Japão multifacetado”. Nakamae conclui seu discurso afirmando que o Brasil sairá fortalecido da crise, “com uma sociedade ainda mais transparente e um mercado ainda mais amplo e aberto”.

Por fim, destacou o histórico de contribuições das empresas japonesas para o desenvolvimento sócio-econômico do Brasil e que “para dar continuidade a este forte vínculo, é imprescindível o papel do estado de São Paulo, um verdadeiro centro cultural e econômico do Brasil que acolhe a maior parte da comunidade nipo-brasileira”.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

    Related Post

    BENEFICENTE: Kibô-no-Iê recebe doações de roupas d...   Durante um mês a IDL Assessoria Aduaneira e Logística Internacional promoveu a Campanha do Agasalho entre os colaboradores e parceiros, arre...
    AMAPÁ: Governador do Amapá se reúne com empresário... O governador do Amapá (AP), Waldez Goés (PDT), faz, nesta sexta-feira (18), às 11 horas, no hotel Maksoud Plaza, em São Paulo, uma apresentação para c...
    POLÍITICA: Veja divulga ranking dos melhores deput... Junji Abe é o melhor nikkei avaliado pela publicação (foto: divulgação) A revista Veja divulgou em sua edição de Natal (25/12/2013) o "ranking do ...
    MOGI DAS CRUZES: 31ª Festa de Outono Akimatsuri at... A 31ª Festa de Outono Akimatsuri, do Bunkyo de Mogi das Cruzes, atingiu as expectativas de público projetadas. O festival japonês, considerado o segun...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *