COMUNIDADE: Com Gus Hokama, 15º Okinawa Festival espera cerca de 10 mil visitantes neste fim de semana

A Associação Okinawa de Vila Carrão, em conjunto com a Associação Okinawa Kenjin do Brasil e Centro Cultural Okinawa do Brasil, realiza neste fim de semana (19 e 20), no Centro Educacional e Esportivo Vicente Ítalo Feola, na Vila Manchester (zona Leste de São Paulo), a 15ª edição do Okinawa Festival. Considerado o principal evento da comunidade okinawana, o festival apresenta o que há de melhor da cultura uchinanchu.

 

Com Gus Hokama, 15º Okinawa Festival acontece neste fim de semana. Foto: Aldo Shiguti

 

De acordo com o presidente da AOVC, Takeyoshi Teruya, a expectativa é receber um público estimado em cerca de 10 mil visitantes nos dois dias. Segundo ele, praticamente a metade é formada pelos moradores da região.

“Nossa intenção, ao idealizarmos o Okinawa Festival, era justamente agradecer a acolhida da população local aos primeiros imigrantes que aqui vieram e, ao mesmo tempo, a ideia também é transmitir um pouco da nossa cultura, promovendo cada vez mais a integração entre os dois povos”, diz Teruya, que presidiu a Comissão Organizadora do Okinawa Festival de 2015 – ano que o evento recebeu a Banda Begin e também um dos maiores públicos de sua história

Assim, o Okinawa Festival é um prato cheio para quem quer conhecer não só aspectos da belíssima cultura okinawana e todas as suas peculiaridades mas também o verdadeiro espírito uchinanchu, que tem no provérbio “Ichariba Choodee”  uma de suas melhores traduções: “Ao nos encontrarmos, somos todos irmãos”.

 

Um dos pontos altos da festa deve ser a apresentação conjunta do Ryukyu com o Requios. Foto: Aldo Shiguti

 

“Acho que nossa proposta foi bem aceita pois as pessoas contam que se sentem à vontade na festa”, explica Teruya. “E o Okinawa Festival foi feito justamente para  que as famílias possam se divertir com segurança e comodidade”, diz Teruya, que até terça-feira (15) se mostrava preocupado com a mudança de tempo.

“Esperamos que, mais uma vez, São Pedro colabore e mande a chuva depois do evento. Estamos rezando pra isso”, disse Teuya, explicando que outra preocupação foi a mudança do layout da festa. “Este ano, visando sempre o conforto dos visitantes, colocamos o palco de frente para o campo para que todos possam ter uma melhor visualização”, destacou o presidente da AOVC, lembrando que o campo será usado para as apresentações grandiosascomo as dos grupos de taiko e de karatê.

Somente o Requios Gueinou Doukoukai Eisá Taiko e o Ryukyu Koku Matsuri Daiko, que se apresentarão juntos no domingo, devem reunir cerca de 600 tocadores enquanto as demonstrações de karatê devem mobilizar perto de 400 atletas. No total, serão mais de 2 mil pessoas envolvidas, entre atletas e artistas de várias modalidades como danças típicas (com a participação das maiores academias de dança folclórica okinawana do país).

 

O cantor argentino Gus Hokama é a atração de sábado. Foto: Aldo Shiguti

 

Gus Hokama –No sábado, um dos destaques fica por conta da apresentação do cantor argentino Gus Hokama, que deve subir ao palco por volta das 19h25. Nascido em Buenos Aires, o cantor, que esteve recentemente no Brasil para se apresentar no palco do 20º Festival do Japão, é neto de japoneses que emigraram de Okinawa em 1936. Formado em Medicina, Gustavo Hokama decidiu que se dedicaria à música e em 2013, gravou o primeiro disco, Te Imagino.

No ano seguinte, gravou três videoclipes no estúdio “El Santito” e  apresentou-se em diversos teatros na Argentina e em diversas cidades, como Lima, São Paulo e em Okinawa, no Japão.

Em 2015, recebeu uma bolsa para estudar em Okinawa e, assim, conheceu sua atual empresária, Yuko Nakasone. Graças à ajuda dela, teve a oportunidade de fazer uma aparição no canal de televisão NHK, de ser entrevistado pelos jornais e emissoras de rádio mais importantes de Okinawa e sair em revistas locais. Já em 2016 foi convidado para participar do festival que se realiza a cada cinco anos em Okinawa, o “Uchinanchu Taikai”.

 

Vitoru Kinjo também se apresentará no palco do Okinawa Festival. Foto: Aldo Shiguti

 

Oroku Tabaru – No mesmo ano, lançou no Japão seu primeiro single pela Okinawa Latina, produtora presidida por Yuko. O single tem a canção “Jikuu no hana” (“Entre claveles”, em espanhol), que Hokama compôs em homenagem seus avós e a toda a primeira geração de japoneses que emigraram do Japão para a América do Sul em busca de um lugar onde refazer suas vidas.

Outra presença internacional no Festival deste ano será a comitiva de Okinawa que está no país para participar da da comemoração do Centenário da Imigração Oroku Tabaru ao Brasil.

 

Alunos da academia do sensei Flávio Vicente de Souza. Foto: Aldo Shiguti

 

Social – Destaque ainda para a preocupação social da Comissão Organizadora, que este ano é coordenada por Mauro Kiyoshi Yonamine. O evento é gratuito, mas solicita-se a contribuição de um quilo de alimento não perecível que serão doados para 11 entidades assisitenciais, entre elas o Centro de Ação Social Enkyo – Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo (unidade Amami), Sociedade Beneficente Casa da Esperança “Kibô-no-Iê”, Associação Pró-Excepcionais Kodomo-no-Sono e Assistência Social Dom José Gaspar Ikoi-no-Sono. Também serão beneficiadas: Lar da Infância de Nice, Lar Mãos Estendidas, Casa da Infância Clara Nunes, São Sebastião Pro + Vida, La r da Criança Ninho de Paz, Benção de Paz, Associação Beneficente Lar dos Idosos de Miracatu e Futurong – Ação Social Cultural. No ano passado foram arrecados cerca de 15 toneladas de produtos.

Apresentações de karatê devem reunir cerca de 400 atletas. Foto: Aldo Shiguti

 

Gastronomia – Outro ponto alto do Festival é a gastronomia, que terá mais de 60 barracas de alimentação oferecendo uma grande variedade de pratos típicos da província como o Okinawa Sobá, o hijá nu shiru (sopa de cabrito), o ashitebiti (joelho de porco) e o famoso saatá andagui (bolinho de chuva), além da culinária de outras províncias e também comidas brasileiras. “Também teremos novidades  com sucos e sorvetes”, diz Teruya, que orienta os visitantes para que utilizem o transporte coletivo – há linhas regulares de ônibus saindo das estações Penha e Carrão do metrô que passam próximo ao local.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

     

    15º Okinawa Festival

    Quando: Dias 19 e 20 de agosto. Sábado, das 11 às 21h e domingo, das 11 às 20h

    Onde: CEE Vicente Ítalo Feola (Praça Haroldo Daltro, s/nº – Vila Manchester)

    Entrada franca (pede-se a contribuição com 1 kg de alimento nãom perecível)

    Informações:

    www.okinawafestival.com.br

     

     


    15º OKINAWA FESTIVAL

     

    SÁBADO (19)

    12h00 – “RADIO TAISSÔ (Ginástica rítmica japonesa)

    12h20 – Alunas do Centro Esportivo Vila Manchester/ Profª Sandra Maciel – Ballet

    12h30 – Burajiru Kenko Hyouguen Taissô (Ginástica rítmica da saúde japonesa)

    12h50 – Sorteios

    12h55 – Alunas do Centro Esportivo Vila Manchester / Profª Sandra Maciel – Dança do Ventre

    13h05 – Associação Ryukyu Minyou Kyoukai do Brasil – Música Folclórica de Okinawa

    13h25 – Grupo de Tai Chi Chuan do Centro Esportivo Vila Machester – Prof. Luiz

    13h45 – Academia de Dança Tamagusuku Ryu Teda Hakuyo no Kai – Profª  Yoko Gushiken

    13h55 – Artes Marciais da Prefeitura de São Paulo/Profº Wellington Aversa / Capoeira

    14h15 – Seinenkai Associação Okinawa de Vila Carrão – Dance

    14h25 – Sorteios

    14h30 – Vitoru Kinjo – Show Musical

    14h50 – Academia de Dança Tamagusuku Ryu Kotaro Kai – Profª Chibana Chieko

    15h00 – Fujinkai –  Bon Odori – Dança folclórica com participação popular

    15h20 – Joe Hirata  – Show Musical

    15h40 – Academia de Dança Tamagusuku Ryu Tedano Kai – Profª Shigueko Gushiken

    15h50 – Sorteios

    15h55 – Taiko Okinawa – Requios Gueinou Dokou Kai – Profª Hatsue Omine

    16h15 – Dança de Salão Assoc. Okinawa Vila Carrão

    16h25 – Okinawa Shorin-Ryu Karate-Do Kyokai Jyureikan / Flavio Vicente de Souza Dojo

    16h45 – Músicas Clássicas de Okinawa / Nomura Ryu Ongaku Kyokai/Hozonkai do Brasil / Ryukyu Sokyoku Koyokai/Hozonkai do Brasil / Ryukyu Buyou Kyoukai / Ryukyu Koku Matsuri Taiko

    17h05 – Sorteios

    17h10 – KAGAMI BIRAKI – Cerimônia de Abertura Oficial do 15º Okinawa Festival

    18h20 – Entrega de Cestas Básicas p/ Entidades Assistenciais

    18h30 – Taiko Okinawa – Ryukyu Koku Matsuri Taiko

    18h50 – Dança de Salão Assoc. Okinawa Vila Carrão

    19h00 – Sorteios

    19h05 – Taiko Okinawa – Requios Gueinou Dokou Kai – Profª Hatsue Omine

    19h25 – Gus Hokama – Cantor Argentino  – Show Musical

    19h45 – Okinawa Social Dance

    19h55 – Ryu Jackson – Show Musical

    20h15 – Taiko Okinawa – Ryukyu Koku Matsuri Taiko

    20h25 – Sorteios

    20h45 – Banda Tontonmi

     

    Domingo (20)

    11h30 – Rádio Taisso  (Ginástica rítmica japonesa)

    11h50 – Alunas do Centro Esportivo Vila Manchester / Profª Katia Veg – Jazz

    12h00 – Burajiru Kenko Hyouguen Taissô (Ginástica rítmica da saúde japonesa)

    12h20 – Sorteios

    12h25 – Associação Ryukyu Minyou Hozonkai do Brasil – Música Folclórica de Okinawa

    12h45 – Alunas do Centro Esportivo Vila Manchester / Dança Cigana – Profa Esmeralda

    12h55 – Jica – Japan International Cooperation Agency ((Nihon kokusai kyōryoku kikō) Okinawa Odori

    13h05 – Ricardo Nakase – Show Musical

    13h25 – Assoc.Okinawa Karate-dô Goju-ryu Bujitsukyokai / Mestre Yasunori Yonamine

    13h55 – Sorteios

    14h00 – Academia de Dança Tamagusuku Ryu Kotaro Kai – Profª Hatsue Omine

    14h20 – Aikidô – Prof Vagner Seiyu Tome

    14h40 – Fujinkai –  Bon Odori – Dança folclórica com participação popular

    15h00 – Okinawa Kobudo Jinbukai –Sensei  Flavio Vicente de Souza

    15h20 – Academia de Dança Tamagusuku Ryu Kotaro Kai – Profª Yuriko Kogachi

    15h40 – Taiko Okinawa – Requios Gueinou Dokou Kai – Profª Hatsue Omine

    16h00 – Dança de Salão Assoc. Okinawa Vila Carrão

    16h20 – Sorteios

    16h25 – Academia de Dança Tamagusuku Ryu Gyokusen Kai – Profª Kazue Shiroma

    16h35 – Shinsei Acal – Yosakoi Soran

    16h55 – Heroes Sanshin Band – Show Musical

    17h15 – Karen Ito – Show Musical

    17h35 – Ryukyu Koku Matsuri Taiko

    17h55 – Sorteios

    18h00 – Entrega de Cestas Básicas p/ Entidades Assistenciais

    18h05 – Grupo Min – Minyou Tradicional Japonês  – Show Musical

    18h25 – Taiko Okinawa – Requios Gueinou Dokou Kai – Profª Hatsue Omine

    18h45 – Grupo Soragoi Wadaiko  (Acrec)

    19h05 – Okinawa Social Dance

    19h15 – Orquestra Paulistana de Viola Caipira

    19h45 – Ryukyu Koku Matsuri Taiko

    20h05 – Sorteios

    20h10 – Finale / Requios Gueinou Dokou Kai – Profª Hatsue Omine / Ryukyu Koku Matsuri Taiko

     

    Observação: Programação e horários sujeitos à alterações

     

     


     

    Programação Espaço Cultural

     

    SÁBADO – PALESTRAS

    12h00 – Wakamono Taikai  – Perú 2018 – Karina Matsumoto

    13h00 – Espiritualidade do Uchinanchu – Shinji Yonamine

    14h00 – Japão e seus veículos Hibridos – Alex Simões

    15h00 – Karate e Kobudo – Sensei Flavio Vicente de Souza

    16h00 – Ryukyu Bingata – Tingimento de Tecidos – Sonia Ishikawa

    17h00 – Bolsa de estudos em Okinawa – Akira Shinzato

     

    SÁBADO – OFICINAS

    12 as 17 – Ikebana – Oficina de arranjos florais – Fundação Mokichi Okada – Sanguetsu

    12 as 17 – Horta Caseira – Fundação Mokichi Okada – Sanguetsu

    13 as 17 – Soroban – como os japoneses calculam – Escola Supera unidade Tatuapé

    13 as 17 – Jogos didáticos – enfrentando os desafios – Escola Supera unidade Tatuapé

     

    DOMINGO – PALESTRAS

    11h00 – Bolsa de estudos em Okinawa – Akira Shinzato

    12h00 – Bukubukucha – Cerimônia do chá de Okinawa – Keico Mekaru / Masami Yonata

    13h00 – Espiritualidade do Uchinanchu – Shinji Yonamine

    14h00 – Ryukyu Bingata – Tingimento de tecidos – Sonia Ishikawa

    15h00 – História de Okinawa – Akihide Shiroma

    16h00 – Koto – Música clássica de Okinawa – Naomi Arashiro / Emi Arashiro

    17h00 – Wakamono Taikai – Perú 2018 – Karina Matsumoto

    18h00 – Bate Papo com Gus Hokama – Gus Hokama – cantor Argentino

     

    DOMINGO – OFICINAS

    12 as 17 – Ikebana – Oficina de arranjos florais – Fundação Mokichi Okada – Sanguetsu

    12 as 17 – Horta Caseira – Fundação Mokichi Okada – Sanguetsu

    12 as 17 – Soroban – como os japoneses calculam – Escola Supera unidade Tatuapé

    13 as 15 – Kirigami – Oficina da arte japonesa com papéis – Sergio Nori

    12 as 17 – Jogos didáticos – enfrentando os desafios – Escola Supera unidade Tatuapé

     

    Related Post

    BEISEBOL: Atibaia é Bicampeã da Taça Brasil de Bei...   Disputado no domingo (16), no Estádio Municipal Mie Nishi, a equipe de Atibaia conquistou o Bi-Campeonato da Taça Brasil de Beisebol Adulto ...
    SOCIAL: WAN-WAN-KAI WAN-WAN-KAI – A Associação Wan-Wan-Kai, presidida por Yasuyuki Hirasaki, realizou no último dia 7, no Nikkey Palace Hotel, no bairro da Liberdade, em ...
    SOCIAL: BAILE ÉRIKA KAWAHASHI BAILE ÉRIKA KAWAHASHI – Foi realizado no dia 25 de março, no salão da Associação Miyagui Kenjinkai do Brasil, no bairro da Liberdade, em São Paulo, ma...
    BAIRRO ORIENTAL: 46ª edição do Toyo Matsuri espera... Uma das festas mais tradicionais realizadas pela Acal (Associação Cultural e Assistencial da Liberdade), o Toyo Matsuri – Festival Oriental – chega ne...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *