COMUNIDADE: Kanashiro quer adequar São Paulo Norte ‘aos novos tempos’

Em Assembleia Extraordinária realizada no dia 3 de fevereiro, o ex-presidente da Associação Okinawa da Casa Verde, José Kanashiro, assumiu a presidência de uma das mais antigas e tradicionais entidades da comunida nipo-brasileira. Trata-se de União Cultural Esportiva São Paulo Norte, que reúne 11 associações culturais e esportivas, além de uma escola. São elas: Anhanguera Nikkei Clube, Associação Cultural e Agrícola  de Cachoeira, Associação Cultural e Esportiva  de Campo Limpo, Associação Okinawa de Casa Verde,  Associação Esportiva e Cultural  Edu Chaves, Associação Cultural e Esportiva Nipo Brasileira de Imirim, Associação Cultural e Esportiva  Santana, Associação Cultural e Esportiva Okinawa Santa Maria, Associação Cultural e Esportiva  de Tucuruvi, Associação Cultural e Esportiva Nipo Brasileira de Vila Nova Cachoeirinha, Escola Heisei e União Cultural e Esportiva Guarulhense.

Toyohiro Shimura, o antecessor de Kanashiro e que ficou 26 anos no cargo, é agora o presidente honorário da entidade. Além de Kanashiro, também tomaram posse Gerson Shitoshi Fukunoki Kunii, da Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Vila Nova Cachoeirinha; Mario Suga, da Associação Cultural e Esportiva Santana e José Eurípedes Pratavieira, da Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Imirim, respectivamente, primeiro, segundo e terceiro vice-presidentes.

 

José Kanashiro (E) assumiu a presidência da São Paulo Norte em substituição a Toyohiro Shimura (D). Foto: arquivo/Aldo Shiguti.

José Kanashiro (E) assumiu a presidência da São Paulo Norte em substituição a Toyohiro Shimura (D). Foto: arquivo/Aldo Shiguti.

 

Desafios – Com sede do Alto do Mandaqui, a São Norte – como é mais conhecida – foi fundada oficialmente em julho de 1962 com o nome de “Seihoku Nitigakuren Kenkyu-Kai” – a mudança para a atual denomição ocorreu em 1990 –, com a participação de cinco associações: Kiyowa, Campo Limpo, Rodrigues Alves e Tucuruvi.

A entidade tem como principal objetivo preservar e divulgar a cultura japonesa através de atividades culturais  e esportivas visando a integração e amizade entre as associações de suas filiadadas. Para isso, promove anualmente diversos eventos como competições de  tênis de mesa, atletismo (infanto-juvenil), concurso de desenho e redação – para  associações com Escolas de Lingua Japonesa, torneio de futsal, e concursos de oratória e karaokê, além de participar do Campeonato Intercolonial de Atletismo Infanto-Juvenil realizado pela Associação Cultural e Esportiva Piratininga.

Para Kanashiro, suceder uma liderança como Toyohiro Shimura é um desafio e, ao mesmo, uma responsabilidade. “O Shimura, que também foi vice-presidente do Bunkyo –  Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social – e  atualmente presidente a Associação Furusato Soosei do Brasil, é a experiência em pessoa. Substituir alguém desse naipe, que tem um carisma natural, é uma grande honra e também uma responsabilidade”, disse Kanashiro, acrescentando que pretende colocar em prática tudo que aprendeu com o “mestre”. “Estou na São Paulo Norte há muito tempo e durante anos convivi diretamente com o Shimura sendo seu vice-presidente. Então, é natural que conheça seu método de trabalhar e seus objetivos. E é isso que pretendo fazer, ou seja, levar adiante seu legado e também, é claro, melhorar o que for possível”, destaca Kanashiro, que além de assessor parlamentar do deputado federal Walter Ihoshi (PSD-SP) ocupou diversos cargos públicos, entre eles o de Secretário de Obras da cidade de Osasco, em 2004.

 

Participantes da Assembleia Extraordinária da São Paulo Norte. Foto: arquivo pessoal.

Participantes da Assembleia Extraordinária da São Paulo Norte. Foto: arquivo pessoal.

 

Manter e inovar – Para Kanashiro, são vários os desafios que terá pela frente. Um deles é atrair a participação de jovens. Para isso, a ideia é “tentar inovar”. “Com o passar dos anos, a maioria das associações envelheceram. Vamos tentar modernizar adaptando a São Norte à nova realidade”, conta.

O novo presidente espera rejuvenescer a entidade criando cursos e atividades que sirvam de “chamariz”, como curso de informática e taikô. “Atrair a participação de jovens, aliás, não é uma preocupação apenas da São Paulo Norte, mas creio que deve ser de todas as entidades nikkeis”, conta Kanashiro, que espera também firmar parcerias com outras associações.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

    Related Post

    MERCADO DE TRABALHO: Fundação Japão em São Paulo a... A Fundação Japão está com inscrições abertas para vaga de funcionário(a) temporário(a), para serviço de escritório em geral (organização de documento)...
    Karaokê: Liga Centro-Oeste realiza seletiva para o... A Liga Centro-Oeste da Canção Japonesa, presidida por Pedro Mizutani, realizou a 13ª Seletiva para o Abrac (Associação Brasileira de Canção), com a pa...
    TRADIÇÃO: 49ª edição do Hanamatsuri deve atrair mu... Em comemoração aos 2639 anos do nascimento do Buda Xaquiamuni, a Associação Cultural e Assistencial da Liberdade (Acal), em conjunto com a Federação d...
    COMUNIDADE: Associação Okinawa do Carandiru celebr... No último domingo, 9, a AOC - Associação Okinawa do Carandiru, uma das recentes associações nikkeis da zona norte da Capital, realizou a sua 7ª Festa ...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *