COMUNIDADE: Kokushikan passa por melhorias para receber o 21º Festival das Cerejeiras Bunkyos

O Centro Esportivo Kokushikan Daigaku, em São Roque (SP), está recebendo os últimos retoques para um dos mais belos espetáculos da natureza. Trata-se da florada das cerejeiras, que acontece nesta época do ano e que não por acaso coincide com o Sakura Matsuri – Festival das Cerejeiras Bunkyos, que este ano atinge sua 21ª edição nos dias 1 e 2 de julho. Com cerca de 400 pés de cerejeiras, sendo a maioria da variedade Okinawa – tem também pés de Yukiwari e Himalaia – que devem estar floridos na semana da festa.

 

Kokushikan: tudo pronto para o 21º Festival das Cerejeiras Bunkyos. Foto: Aldo Shiguti

 

Para a realização do Sakura Matsuri, o Instituto Brasil-Japão de Integração Cultural e Social conta com apoio das entidades co-promotoras – Associação Cultural e Esportiva Vargem Grande Paulista, Associação Cultural de Mairinque, Associação Mallet Golf Kokushikan e Cotia Seinen Renraku Kyoguikai – para organizar o evento com várias atrações da cultura japonesa. Destaque para a Praça de Alimentação – que neste ano ficou mais ampla, passando de 30 para 37 barracas, além de 10 foods trucks (que ficarão próximo ao ginásio). Haverá ainda shows de música e dança com artistas nikkeis e grupos de taiko e artes marciais.

 

Local conta com cerca de 400 pés de cerejeiras, que na época devem estar todos floridos. Foto: Aldo Shiguti

 

Destaque também para a Praça de Bazaristas, venda de flores e verduras produzidas na região e de mudas de cerejeiras cultivadas no Kokushikan.

Os visitantes também poderão participar da Ciranda Cultural com workshops e demonstrações de diferentes artes da cultura japonesa em vários quiosques espalhados debaixo dos pés de cerejeiras. Destaque ainda para a demonstração da ginástica “Iki-Iki Taissô”, oficina de pipas com o mestre Ken Yamazato e horóscopo oriental com Teruo Hama.

Será realizado também o Concurso Bunkyo de Fotografias tendo como prêmio três máquinas fotográficas da Fujifilm.

 

Celso Mizumoto, Madoka Hayashi e Osamu Matsuo. Foto: Aldo Shiguti

 

Retomada – Segundo o coordenador do Evento, Celso Morimitsu Mizumoto, o festival deste ano terá ainda outras novidades. Ou melhor, “retomadas”. Como o trenzinho, que esteve ausente em 2015 e 2016, e retorna este ano. A 21ª edição marcará também a volta da exposição de produtos e maquinários agrícolas, que ficará na Área Empresarial – entre a Praça de Alimentação e o Ginásio. “É uma retribuição aos nossos patrocinadores”, diz Mizumoto, acrescentando que os visitantes também poderão conhecer o Jardim Japonês – sob os cuidados do Cotia Seinen – onde é realizada a Cerimônia do Chá.

 

Cerimônia do Chá é uma das atrações do Sakura Matsuri. Foto: Aldo Shiguti

 

Melhorias – Mizumoto antecipa ainda que, com o intuito de oferecer mais conforto e comodidade aos visitantes, o Kokushikan passou ainda por algumas melhorias. Para evitar as longas filas de veículos que se formaram no ano passado, as vias de acesso foram alargadas e o estacionamento ganhou mais mil vagas e terá, a partir deste ano, capacidade para 2.500 carros. “Consideramos um número suficiente”, conta o coordenador.

 

No local também há atividades para a garotada. Foto: Aldo Shiguti

 

Parceiros – Para Mizumoto,  apesar da crise que o país está atravessando, o Festival das Cerejeiras deve conseguir passar incólume graças aos patrocinadores e aos parceiros, como a Prefeitura de São Roque. “Também estaremos divulgando o Roteiro do Vinho de São Roque, com degustação e produtos”, diz o vice-presidente do Bunkyo, Osamu Matsuo, antecipando que em 2018, a Comissão para Comemoração dos 110 anos da Imigração Japonesa no Brasil deve iniciar a primeira das três etapas com o objetivo de preparar o Kokushikan para o futuro. A ideia é construir uma instalação permanente que possa receber, num prazo de cinco a dez anos, os grandes eventos da comunidade nipo-brasileira, como o próprio Festival do Japão organizado pelo Kenren (Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil) desde 2005 no São Paulo Expo, na Imigrantes (zona Sul de São Paulo). De acordo com Matsuo, o projeto já existe e ganhou impulso com o presidente do Comitê Executivo da comissão, Yoshiharu Kikuchi.

 

Praça de Alimentação terá mais barracas este ano. Foto: Aldo Shiguti

 

Transporte – Nos dois dias do Sakura Matsuri haverá ônibus com saída marcada em frente à sede do Bunkyo, no bairro Liberdade, em São Paulo. As passagens já estão disponíveis na secretaria da entidade e devem ser retiradas antecipadamente, pois as vagas são limitadas. O valor por dia é de R$ 35,00 (ida e volta).

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

    21º Sakura Matsuri – Festival das Cerejeiras Bunkyos

    Data/hora:

    dias 1 e 2 de julho de 2017, sábado e domingo, das 8h às 17h

    Local: Centro Esportivo Kokushikan Daigaku

    Estrada do Carmo, 801 – São Roque – SP (entrada pela Rodovia Bunjiro Nakao, km 48)

     

    Entrada franca

    Colaboração por veículo: R$ 20,00 (concorra ao sorteio de um TV LCD)

    Informações: (11) 3208-1755

     

    Horários das saídas e retornos dos ônibus:

    1 – Saída 8h e retorno 16h

    *2 – Saída 8h15 e retorno 16h15 (somente no sábado)

    3 – Saída 8h30 e retorno 16h30

    4 – Saída 9h e retorno 17h

     

    Local da saída e retorno:

    Bunkyo – Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social

    Rua São Joaquim, 381 – Liberdade – São Paulo – SP (próximo ao Metrô São Joaquim)

     

     

     

    Related Post

    COMUNIDADE COREANA: 7ª edição do Festival Coreano ...   A Associação Brasileira dos Coreanos realiza o 7º  Festival de “Dia da Cultura Coreana” nos dias 25 e 26 de agosto, com muitas atrações no b...
    SOCIAL: Bodas de Ouro do casal Hideko e Mikihisa M... BODAS DE OURO – O casal Hideko e Mikihisa Motohashi, presidente do Kenren (Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil), celebrou no úl...
    MARÍLIA: Japan Fest espera cerca de 65 mil pessoas... Com expectativa de receber cerca de 65 mil pessoas, acontece de sexta até domingo (de 8 a 10), na sede campestre do Nikkey de Marília, o Japan Fest 20...
    COMUNIDADE/106 ANOS DA IMIGRAÇÃO JAPONESA: Bunkyo ...   Singelas, mas extremamente importantes. Assim, Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social) e Kenren (Federação...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *