COMUNIDADE: Livro ‘Ikesaki’ desvenda a saga do ‘rei dos cosméticos’

Para comemorar os 50 Anos de atividades de Hirofumi Ikesaki o jornalista Jhony Arai lança o livro “Ikesaki” no dia 11 de dezembro, no imponente Museu da Casa Brasileira, na zona Sul de São Paulo. A obra Ikesaki não é autoral, embora tenha esse caráter biográfico. Ele foi feito por várias mãos. De acordo com o autor foi um trabalho bastante complexo, que exigiu muita paciência de todos. Na primeira fase, contou com o auxílio do jornalista Kenji Miyo, que colheu os depoimentos em japonês. Em seguida, foi editado pelo jornalista Naosuke Fuse. E traduzido por Arnaldo Oka. E só por último Arai fez a edição e organização dos textos em japonês. Na segunda fase, que foi a transformação deste material em um livro institucional e comemorativo onde escreveu os textos e fez a adaptação necessária.

 

Hirofumi Ikesaki cerimônia deste ano da 10ª Beauty Fair (foto: Aldo Shiguti)

Hirofumi Ikesaki cerimônia deste ano da 10ª Beauty Fair (foto: Aldo Shiguti)

 

Em entrevista ao Jornal Nippak,  Jhony Arai relata qual foi seu maior desafio em escrever a vida do ‘rei dos cosméticos’. “O trabalho começou em 2010 e só foi concluído agora. A fase de pesquisa foi contínua porque sempre havia informações que precisavam ser constatadas”, diz. “Também fizemos uma contextualização histórica dos fatos mais importantes referente à história da imigração japonesa em Bastos, São Paulo e dos próprios negócios. Eu fiz a coordenação geral deste projeto”, se orgulha Jhony.

 

Em sues tempos de juventude (foto: reprodução)

Em sues tempos de juventude (foto: reprodução)

“Na fase final do livro, fizemos um novo mergulho para rever as principais passagens da vida do senhor Ikesaki” conta. “Foram duas semanas de encontros diários, de manhã até a noite, incluindo finais de semana. Um sábado, o sr. Ikesaki havia saído às 6h30 para um compromisso fora de São Paulo, chegou às 11h15 para nosso encontro no Hotel Nikkey Palace. E ficamos conversando até depois da meia-noite. Ele é uma pessoa incansável”, admira o autor.

Durante os quatro anos de pesquisas, Jhony confessa que nunca desanimou, mas foi preciso muita persistência. “Se você não tem uma identificação de alguma maneira com o personagem, o livro não ganha vida. E acho que, de alguma maneira, conhecer a vida do Sr. Ikesaki foi uma inspiração. É uma história impressionante. Aparentemente ele teve uma vida igual à de outros imigrantes, mas o que fez com que ele se tornasse um grande empresário? Como ele conseguiu? O que ele fez? Como ele fez? Que decisão tomou? Que escolha fez? Quais eram seus sonhos? Essas foram às motivações que me nortearam o livro. De alguma maneira, foram essas perguntas que procurei responder o tempo inteiro”, finaliza Arai.

 

Capa do livro Ikesaki

Capa do livro Ikesaki

Para Ricardo Jo Ikesaki, um dos filhos do empresário e que administra o Grupo Ikesaki com os irmãos, se diz orgulhoso com a trajetória do pai. “O livro é um registro da trajetória de um imigrante japonês que viveu no interior paulista e veio trabalhar na cidade grande, ter um espírito de enfrentar qualquer desafio buscando o resultado positivo”, comenta. “O livro eterniza de forma compacta as memórias vivas da educação técnica do Grupo e do empreendedor nato, Ikesaki. Servirá de exemplo aos nossos funcionários, colaboradores e parceiros, pois meu pai sempre foi e é um homem muito cheio de energia, sempre passou para nós que devemos respeitar os mais velhos, sermos honestos e mantermos a dignidade na vida e no trabalho”, destaca Ricardo.

(Luci Júdice Yizima)

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

SOROCABA-SP: Culturas japonesa e espanhola são tem...   Lavouras de Café foram os principais atrativos da imigração japonesa e espanhola ao Brasil (foto: divulgação) No mês de setembro, o prog...
CINEMA: ‘O Desejo da Minha Alma’ O drama “O Desejo da Minha Alma” (Hitono Nozomino Yorokobiyo, 2014), do diretor japonês Masakazu Sugita. A obra retrata o forte terremoto que atingiu ...
HAICAI BRASILEIRO O Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô...
COMUNIDADE: Em visita ao 12º Okinawa Festival, Pau... O candidato do PMDB à corrida ao Palácio dos Bandeirantes, Paulo Skaf disse que, caso seja eleito, “o Estado de São Paulo estreitará seus laços de ami...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *