COMUNIDADE: Novo embaixador do Japão quer aprofundar intercâmbio esportivo

Novo embaixador do Japão no Brasil, Satoru Satoh quer aprofundar ainda mais o intercâmbio esportivo, “a começar pelo futebol e judô, “com vistas aos Jogos de Tóquio 2020”. A declaração foi feita no último dia 7, durante Cerimônia de Boas-Vindas organizada por várias entidades nipo-brasileiras no Salão Nobre do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social).

 

Para embaixador do Japão, ‘Brasil busca trilhar um novo caminho’. Foto: Jiro Mochizuki

 

Satoh, que assumiu o cargo oficialmente no dia 15 de novembro, disse que acompanhou os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 – um dos acontecimentos mais importantes do ano, segundo ele – de Tóquio, pela televisão, e se emocionou, especialmente, com a cena da entrada dos imigrantes japoneses na cerimônia de abertura. “Estou ciente que, durante os Jogos, a comunidade nikkei se dedicou inteiramente ao apoio dos atletas japoneses, inclusive torcendo bastante por eles”, lembrou o embaixador, destacando que está “muito feliz em poder trabalhar como embaixador do Japão no Brasil, justamente no momento em que o Brasil busca trilhar um novo caminho”.

 

Satoru Satoh com o presidente do Kenren, Yasuo Yamada, durante visita ao Monumento aos Pioneiros. Foto: Jiro Mochizuki

 

Segundo ele, o Brasil é um país muito importante para o Japão, “dotado de enorme potencial”. Sucessor de Kunio Umeda, Satoru Satoh lembrou que, desde a visita do primeiro-ministro japonês Shinzo Abe, em 2014, o governo do Japão, “ratificando a consciência da valiosa presença da comunidade nipo-brasileira como ‘ponte de ligação’ entre os dois países, tem se empenhando em ampliar as medidas para o fortalecimento da parceria com a comunidade nikkei”.

 

No Bunkyo, recepção foi organizada por várias entidades. Foto: Jiro Mochizuki

 

Em sua passagem pela capital paulista, Satoh disse que, logo após ser nomeado embaixador do Japão no Brasil, teve a honra de ser recebido em audiência por Suas Majestades, o imperador e a imperatriz do Japão. “Suas Majestades, que ainda mantêm em seu âmago fortes lembranças dos imigrantes e dos nikkeis, com os quais tiveram contato durante suas três visitas ao Brasil, pediram-me para transmitir as sinceras saudações a toda comunidade nipo-brasileira”, discursou o embaixador, afirmando que esta é a primeira vez que assume uma missão no Brasil.

 

Satoru Satoh já esteve no país acompanhando a família imperial. Foto: Jiro Mochizuki

 

Rostos familiares – “Mas ao longo de trinta anos no Ministério dos Negócios Estrangeiros, tive o privilégio de trabalhar em vários momentos importantes relacionados ao Brasil. Nas comemorações do Centenário do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação Brasil-Japão, em 1995, fui chefe da Divisão da América do Sul, e no Centenário da Imigração Japonesa no Brasil, em 2008, fui diretor-geral do Departamento da América Latina. Tive também a honra de fazer parte das comitivas ao Brasil de Sua Alteza Imperial Princesa Sayako, em 1995, e de Suas Majestades o imperador e a imperatriz, em 1997. São lembranças inesquecíveis para mim”, revelou Satoh, explicando que ficou contente em rever “rostos familiares daquela época dos quais guardava saudosas lembranças”.

 

Representantes de entidades recepcionam o embaixador no Bunkyo. Foto: Jiro Mochizuki

 

Ao finalizar, o embaixador frisou que os 120 anos das Relações Diplomáticas Brasil-Japão, comemorados em 2015, foram “coroadas de sucesso graças a ajuda da comunidade nipo-brasileira” e que em 2018 espera contar com apoio de todos para “encontrarmos a melhor forma de celebrarmos os 110 anos da imigração”.

 

Satoru Satoh esteve no Parque do Ibirapuera. Foto: Jiro Mochizuki

 

Marco – Falando em nome das entidades co-promotoras da recepção, a presidente do Bunkyo destacou que, desde as celebrações do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil, em 2008, o intercâmbio entre o Japão e o Brasil ganhou mais intensidade, “o que é motivo de grande satisfação para todos nós”. Para Harumi Goya, “eventos de grande envergadura também contribuíram para fortalecer o relacionamento entre os dois países”. “Em 2014, nesta entidade, tivemos a honrosa visita do primeiro-ministro Shinzo Abe, e o Brasil sediou a Copa Mundial de Futebol. Em 2015 aconteceram a comemoração dos 120 anos do Tratado de Amizade Brasil-Japão e a visita dos príncipes Akishino. Neste ano, tivemos as Olimpíadas e Paralimpíadas que, pela primeira vez, foram realizadas no continente sul-americano e cuja solenidade de encerramento foi abrilhantada por autoridades japonesas, incluindo o primeiro-ministro Abe”, ressaltou Goya, afirmando que “estamos nos preparando para comemorar em 2018 um marco de especial significado para nossa comunidade representado pelos 110 anos da imigração japonesa”.

 

visitou o Pavilhão Japonês e o Monumento aos Pioneiros. Foto: Jiro Mochizuki

 

Desafio – “Nossa expectativa é a de realizar um evento de grande abrangência reiterando a importância da atuação dos nipo-brasileiros e dando enfoque à cultura japonesa. Atualmente, a comunidade nipo-brasileira está estimada em 1.900.000 pessoas, e nosso principal desafio se refere à geração dos jovens, no sentido de desenvolver suas potencialidades e estimulá-los a promover a continuidade da preservação da cultura japonesa em nosso país”, observou a presidente, que convidou o embaixador visitar as comunidades nikkeis em diferentes localidades e “acompanhar in loco a dedicação delas voltada ao progresso deste país”.

No final, o embaixador participou da tradicional troca de cartões com os convidados.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

    Related Post

    MIE-KEN: Governador de Mie, Eikei Suzuki faz uma m...   Em cinco dias de estada em São Paulo, o governador da Província de Mie, Eikei Suzuki e presidente da Assembléia, Masaru Yamamoto e sua comit...
    SILVIA IN TOKYO: Nagoya Brasil Festa dias 30 e 31 A segunda edição do Nagoya Brasil Festa está programada para os dias 30 e 31 de maio no parque Hisawa Odori Koen.   Nagoya Brasil Festa 2015...
    SANTOS: Cidade de Santos recebe bonde doado por Na... Uma cerimônia realizada no último dia 2, na Estação do Valongo, no centro de Santos, na Baixada Santis, marcou oficialmente a entrega bonde elétrico d...
    DESPEDIDA: Agradecimento marca cerimônia de desped...   O agradecimento foi a tônica durante cerimônia de despedida do embaixador do Japão no Brasil, Akira Miwa, realizada no último dia 5, em sua ...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *