COMUNIDADE: São Paulo e Paraná definem Comissões para as comemorações dos 110 Anos da Imigração

As comunidades nikkeis de São Paulo e Paraná, Estados que concentram o maior número de descendentes de japoneses no país, já definiram suas respectivas comissões para as comemorações dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil. Em Assembleia Geral Ordinária da Aliança Cultural Brasil-Japão do Paraná realizada no último dia 29 e que elegeu Hiroshi Kamiguchi, de Mauá da Serra, como sucessor de Ricardo Origassa, foi aprovado o nome do deputado federal Luiz Nishimori (PR-PR) como presidente da Comissão da Solenidade e Festividades dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil do Paraná. O vice-presidente será Ricardo Origassa e a diretoria executiva ficará a cargo da Aliança Cultural Brasil-Japão do Paraná, tendo como coordenador o seu recém-empossado presidente.

Já em São Paulo, as cinco principais entidades nikkeis – Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), Enkyo (Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo), Kenren (Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil), Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil e Aliança Cultural Brasil-Japão – definiram ontem (quarta-feira) o nome do presidente do Enkyo, Yoshiharu Kikuchi, como diretor executivo da Comissão paulista. Acima dele, estarão as cinco  entidades. O Jornal Nippak apurou que a presidente do Bunkyo, Harumi Goya, deve estar à frente deste Comitê. De acordo com o organograma a ser elaborado hoje (quinta), ao lado deste comitê estará o Conselho Consultivo, formado por políticos e representantes da comunidade nipo-brasileira, além dos presidentes de honra, como o cônsul geral do Japão em São Paulo, Takahiro Nakamae.

 

Em São Paulo, Yoshiharu Kikuchi será o diretor executivo. Foto: Jiro Mochizuku

 

Consenso – Segundo Goya, a escolha do nome atrasou – a ideia era anunciar já no início de janeiro – por questões “estratégicas”. “Trata-se de um processo demorado já que a pessoa convidada precisa estudar se aceita ou não”, disse ela, revelando que foram consultados os nomes do deputado federal Walter Ihoshi (PSD-SP); do presidente do Nippon Country Club, Valter Sassaki; do assessor parlamentar Marcelo Hideshima; e do fundador da rede de salões Soho, Hideaki Iijima.

Segundo Harumi, que considera os 110 anos um “divisor” – na sua opiniãodo será o último grande evento em que os isseis poderão colaborar –  “a recusa aconteceu em função do trabalho de cada um pois o cargo vai exigir muita dedicação”. “Mas todos se prontificaram em ajudar da forma que puderem”, disse a presidente do Bunkyo, afirmando que uma das preocupações era escolher um nome de consenso. “E o Yoshiharu Kikuchi é um nome de consenso”, garantiu Harumi, antecipando que o próximo passo será “fechar o projeto, levantar o valor e partir para a captação de recursos”.

 

Temer – Enquanto isso, no Paraná, a Comissão deve se reunir já neste domingo (5) para elaborar um calendário de atividades para 2018. “Este ano será de preparativos. A própria Aliança, que reúne atualmente 55 municípios, realiza anualmente mais de 120 eventos e todos farão parte das comemorações dos 110 anos”, antecipou o parlamentar, que também presidiu a Comissão Organizadora do Imin 100 no Paraná e em 2015 era o presidente do Grupo Parlamentar Brasil-Japão à época das festividades dos 120 Anos do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação Brasil-Japão.

Segundo ele, a ideia é consultar sempre tanto a Embaixada do Japão quanto o Consulado Geral do Japão em Curitiba “para que possamos ter datas coerentes tanto com o governo japonês como brasileiro afim de não prejudicar a formalização de convites para as autoridades dos respectivos países”.

Nishimori revelou ao Nippak que a ideia é convidar o presidente Michel Temer (PMDB), o embaixador do Japão no Brasil, Satoru Satoh, o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB) e cônsul do Japão para a Região Sul do Brasil, Toshio Ikeda para serem presidentes de honra da Comissão paranaense.

De acordo com o deputado, “no Paraná as coisas são bem feitas e divididas em comum acordo”. “No Centenário, por exemplo, as comemorações ficaram concentradas na região Norte e nas celebrações dos 120 anos das relações diplomáticas, o Sul organizou as principais atividades”, explicou Nishimori, lembrando que, pelo rodízio, as atividades dos 110 anos devem ser realizadas, mais uma vez, no Norte (leia-se Londrina, Maringá e Rolândia, que abriga o Museu Agrícola da Colonização do Paraná/Museu Japonês).

 

No Paraná, o deputado Luiz Nishimori ficará à frente da Comissão. Foto: divulgação

 

Jovens – Para Nishimori, além das atividades “tradicionais”, que já fazem parte do calendário anual das associações, o objetivo da Comissão é envolver o maior número possível de jovens. “Será uma de nossas prioridades. Vamos elaborar duas ou três atividades para esse público para que possamos começar a prepará-los para receberem o bastão”, disse Nishimori, destacando que em abril estará liderando uma comitiva ao Japão formada, entre outros, pelo prefeito de Londrina, Marcelo Belinati (PP) e por empresários paranaenses.

O objetivo é comemorar só 40 anos de irmandade entre Londrina e Nishinomiya. A missão também deve passar por Okinawa, mais especificamente em Nago, cidade que também mantém convênio com Londrina desde 1998, e por Tóquio. “A ideia é tentar convencer pequenos empresários japoneses a trazerem tecnologia de ponta para o Paraná”, revelou Nishimori, admitindo que também deve aproveitar a viagem para iniciar tratativas para trazer membros da família imperial para o Paraná em 2018.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

    Related Post

    LAZER: IV Noite do Havaí Beneficente A Comissão de Incremento Social do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social) em parceria com a Comissão de Jovens da e...
    POLÍTICA: Rodrigues reassume vaga na Câmara Munici... O vereador e ex-ministro dos Transportes, Antonio Carlos Rodrigues (PR), retomou no último dia 13 suas atividades na Câmara Municipal de São Paulo. Co...
    COMUNIDADE: Entidades recebem doação após sucesso ... Após o sucesso de público nas apresentações do cantor Itsuki Hiroshi no Brasil, em novembro, em dezembro foi a vez das entidades Assistência Dom José ...
    TAIKÔ: ABT realiza 1º Simpósio para dar uma ‘diret... Acontece no dia 19 de novembro, das 8 às 18 horas, no Salão Nobre do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), o 1º S...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *