COMUNIDADE/POLÍTICA: Bunkyo “fecha” para balanço de mandato de Hélio Nishimoto

Na noite desta quinta-feira (10), em uma iniciativa inédita e pioneira, o Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social) abriu a portas do Pequeno Auditório para um acontecimento inusitado: a prestação de contas de um político nikkei, no caso, o deputado estadual Hélio Nishimoto (PSDB) com a comunidade nipo-brasileira – em março ele já havia realizado encontro semelhante no plenário da Câmara Municipal de São José dos Campos, onde participaram cerca de 400 pessoas.

A cerimônia realizada no Bunkyo reuniu cerca de 200 convidados e teve atrações como a apresentação da pequena Melissa Kuniyoshi, de apenas 9 anos, uma homenagem a Osame Yoshioka, que completará 100 anos em 1º de outubro, e a exibição de um vídeo com as principais ações voltadas para a comunidade nipo-brasileira, entre elas, os recursos destinados a projetos sociais, culturais e de saúde, neste um ano de mandato.

Edneia, Osame Yoshioka e Nishimoto (foto: Aldo Shiguti)

 

Estiveram presentes lideranças das principais entidades nikkeis, entre elas o presidente do Bunkyo, Kihatiro Kita; o presidente do Kenren (Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil), Akinori Sonoda; o presidente do Enkyo (Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo), Yoshiharu Kikuchi; o presidente e vice da Sociedade Beneficente Casa da Esperança “Kibô-no-Iê”, respectivamente, Jairo Uemura e Tério Uehara; o presidente da União Cultural Esportiva São Paulo Norte, Toyohiro Shimura; o presidente da Acal (Associação Cultural e Assistencial da Liberdade), Hirofumi Ikesaki; o presidente do Bunkyo de São José dos Campos, Mario Niwa.; o presidente da Associação Nipo-Brasileira de São Caetano do Sul, Flavio Nakaoka e o presidente da Associação Okinawa de Vila Carrão, Kiyoshi Onaga; autoridades como o cônsul para Assuntos Políticos e Gerais do Consulado Geral do Japão em São Paulo, Akira Suzuki e a Delegada de Polícia, Elizabeth; Massuno; além de políticos como o deputado federal suplente Walter Ihoshi (PSD-SP), o vereador Ushitaro Kamia (PSD) e o vereador de Ribeirão Pires, Antonio Muraki.

Em agradecimento, deputado orou com o público (foto: Aldo Shiguti)

 

Para quem gosta de números, o balanço do primeiro ano de mandato do deputado estadual Hélio Nishimoto é um prato cheio.Entre março de 2011 e fevereiro de 2012, Hélio Nishimoto apresentou 21 projetos de lei, 14 indicações e 46 requerimentos. Além disso, foi um dos parlamentares que mais destinaram emendas a projetos nipo-brasileiros.

O parlamentar também teve atuação destaca junto ao governo de Gerald Alckmin (PSDB). Em 2012, Nishimoto foi indicado para integrar o Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e é um dos apoiadores do projeto de instalação da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte. Em 2011 foi eleito para a presidência do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Assembleia Legislativa de São Paulo e, nesse mesmo ano, em conjunto com os deputados Antônio Mentor e Baleia Rossi, foi o proponente do projeto que instituiu a Frencoop (Frente Paulista de Cooperativismo.

Ushitaro Kamia, Helio Nishimoto e Walter Ihoshi (foto: Aldo Shiguti)

 

Depoimentos – Números e atuações que não passaram despercebido. Para o presidente do Bunkyo de São José dos Campos, Mário Niwa, “fomos afortunados e tivemos ‘exclusividade’ com sua presença na Câmara Municipal. Hoje, partilhamos de sua liderança no Estado de São Paulo, mas é questão de tempo para que o país reconheça seu trabalho. Potencial para isso o Hélio tem”, disse Mario Niwa, que o “lançou” a deputado federal.

Já o presidente da Associação Okinawa de Vila Carrão, Kiyoshi Onaga, lembra que conheceu o deputado estadual por intermédio do vereador Ushitaro Kamia. “Nesses últimos anos, o trabalho do Kamia, do Hélio e do Walter [Ihoshi] tem ajudado bastante a realização do Okinawa Festival. Um complementa o outro”, disse Onaga.

Kihatiro Kita integração e a proposta do Bunkyo (foto: Aldo Shiguti)

 

Para o presidente do Bunkyo, o encontro proporcionou uma “oportunidade rara” para a comunidade. “A política é importante e não podemos ficar alheios. O simples fato de você não fazer nada já é uma política. Por isso, as lideranças nikkeis precisam se envolver mais, não com o intuito de fazer campanha mas como uma forma de conscientizar as pessoas”, disse Kihatiro Kita, que fez questão de lembrar que o espaço não foi oferecido pelo Bunkyo e sim solicitado pela equipe do deputado.

De qualquer forma, Kita aprovou o resultado. “Seria bom se todos os políticos da comunidade fossem unidos como esses três”, comentou, referindo-se à famosa trinca formada pelo vereador Ushitaro Kamia, pelo deputado estadual Hélio Nishimoto e pelo deputado federal Walter Ihoshi.

 

 

Clima de festa reforça compromisso da “trinca”

 

O “anfitrião” deu o tom da festa. No palco do Pequeno Auditório do Bunkyo, o deputado estadual Hélio Nishimoto (PSDB), mostrou toda sua “versatilidade”. Fez brincadeiras e orou para a plateia. Entre um agradecimento e outro, Nishimoto lembrou sua trajetória em 49 anos de vida. Desde que saiu de Presidente Prudente, no interior de São Paulo – onde nasceu – até sua ida para São José dos Campos, em 1978, quando tinha 15 anos, para estudar na ETEP. Foi também no Vale do Paraíba que Nishimoto fez faculdade de Administração de Empresas na Univap – Universidade do Vale do Paraíba – e se estabeleceu como comerciante e homem público.

Lembrou que iniciou sua trajetória política em 1994, quando se filiou ao PSDB e em 1996 se candidatou a vereador, obtendo 1.120 votos. Foi eleito e reeleito para mais três mandatos (2000, 2004 e 2008). Em 2006, candidato a deputado estadual, recebeu 64.012 votos, ficando entre os primeiros suplentes do PSDB – ocupou uma cadeira na Assembleia paulista de janeiro de 2009 a março de 2010. Em outubro de 2010, concorrendo nas eleições para deputado estadual, Nishimoto foi eleito com 78.906 votos.

Casado com Ednéia e pai de três filhos, Nishimoto lembra, com carinho, que teve “sorte” de encontrar duas pessoas, o vereador Ushitaro Kamia e o deputado federal Walter Ihoshi, que o ajudaram na política, “um caminho difícil, permeado de interesses”.

“Além de afinidade política e companheirismo, pude perceber neles fidelidade, uma virtude rara hoje em dia”, destacou Nishimoto, afirmando que procura enxergar o mundo “movido pelo coração, pois isso é sinal de pureza”. “Decidi ingressar na vida pública para ajudar as pessoas e felizmente encontrei amigos que foram crescendo comigo nessa caminhada”, disse.

Kamia lembrou que a parceria com Hélio Nishimoto é antiga, “vem desde os tempos em que o Hélio ainda era vereador em São José dos Campos”. “Tive a felicidade de encontrá-lo e juntos realizamos muitos trabalhos”, observou o vereador, que destacou como frutos desta parceria a “facilidade de falar com ele e o acesso direto toda vez que precisamos contar com sua ajuda”.

“O Hélio Nishimoto desenvolve um trabalho que vem de encontro com o que a sociedade mais precisa, ou seja, equacionar os problemas e abrir as portas para o diálogo”, disse Kamia, acrescentando que “em toda a minha vida pública, é a primeira vez que vejo um político fazer prestação de contas”. O que demonstra sua capacidade naquilo que está fazendo e naquilo que pretende fazer”, afirmou.

Walter Ihoshi destacou a importância de cultivar parceiros “em cada uma das esferas”. “Na estadual, o Hélio Nishimoto mantém um canal aberto com o governo do Gerald Alckmin. Em 2012, ele foi o primeiro deputado estadual a conseguir aprovar recursos que teve como destino um evento promovido pela comunidade nipo-brasileira. Isso reforça cada vez mais sua liderança dentro da comunidade”, destacou Ihoshi.

 

Principais conquistas – Para Nishimoto, as emendas parlamentares aconteceram “naturalmente”. “Casou com a necessidade da comunidade e a minha disposição de ser um representante efetivo na Assembleia. Foi um encontro de bons interesses e que fez toda a diferença no meu mandato”, explicou o deputado, para quem seu principal trabalho é o de “representar a comunidade, tanto do Vale do Paraíba como a nipo-brasileira”.

“Essa relação envolve a necessidade de entender as dificuldades do dia a dia destas comunidades e a tentativa de tentar solucionar os problemas”, conta Nishimoto, que aponta como principais conquistas neste primeiro ano de mandato, “investimentos em 39 cidades do Vale do Paraíba, além de outras onde temos lideranças amigas, e o auxílio às atividades sociais e culturais da comunidade nikkei”.

(Aldo Shiguti)

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

RIO DE JANEIRO: Instituto Paulo Kobayashi e Little... Numa iniciativa do Instituto Paulo Kobayashi e da Little League Brasil – representante da Little League International – os moradores da Comunidade da ...
SOCIAL: MASAHARU TANIGUCHI MASAHARU TANIGUCHI – A Igreja Seicho-no-Ie Masaharu Taniguchi realizou no dia 13 de novembro, no Grande Auditório do Bunkyo (Sociedade Brasileira de C...
INTERCÂMBIO: XI Congresso Internacional de Estudos... Desembarcaram em São Paulo um grupo de estudantes vindo da província de Kagoshima – Japão para conhecer a comunidade japonesa e participarem do “XI Co...
POLÍTICA: Ihoshi assume terceiro mandato com todas... A comunidade nipo-brasileira não poderia desejar um início de ano melhor. Reeeleito para seu terceiro mandato na Câmara dos Deputados, com 88.070 voto...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *