CRIME: Senado aprova projeto de lei que acelera julgamento de crimes hediondos

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal aprovou, no dia 24, o projeto de lei nº 2839/2011 de autoria da deputada federal Keiko Ota (PSB-SP). O projeto altera o Código de Processo Penal ao determinar que processos envolvendo prática de crimes hediondos tenham prioridade de tramitação no Judiciário. “Meu projeto dá um alento às centenas de mães e famílias vítimas de violência. A primeira coisa elas precisam para voltar à vida normal é o cumprimento da Justiça”, esclarece a deputada. Muitas vezes o julgamento leva anos até ser concluído.

 

A deputada federal Keiko Ota: “alento às centenas de mães” (Foto: divulgação)

A deputada federal Keiko Ota: “alento às centenas de mães” (Foto: divulgação)

 

O projeto da deputada será levado para o plenário do Senado antes de seguir para sanção presidencial. Na lista de crimes hediondos estão: o estupro, latrocínio, extorsão mediante sequestro e envenenamento de água, entre outros. O condenado por crime hediondo não tem direito a fiança.

 

 

Related Post

HAICAI: Associação divulga resultados do 5º Concur...   A Associação Cultural Nikkei Bungaku do Brasil, em parceria com o Grêmio Haicai Ipê, promoveu o 5º Concurso de Haicai “Masuda Goga”, aberto ...
MÚSICA: Kana Aoki Nogueira faz apresentação no Caf... Kana e os músicos que a acompanharão no Café Piu-Piu (foto: Divulgação)   A cantora, compositora, violonista e pianista Kana Aoki Nogueira...
TRAVESSIAS EM CONFLITO: Leitura Dramatizada de TOC... Yukio Mishima Texto inédito, escrito em 1955, inspirado na estadia do autor no país, numa fazenda em Lins, no interior paulista. Sinopse: Um ca...
ARTIGO: “Lei determina que Parque Augusta ocupe 10... Aurélio Nomura*   Parque Augusta (foto: Edson Domingues)     Sou defensor do Parque Augusta há pelo menos dez anos, qua...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *