CRIME: Senado aprova projeto de lei que acelera julgamento de crimes hediondos

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal aprovou, no dia 24, o projeto de lei nº 2839/2011 de autoria da deputada federal Keiko Ota (PSB-SP). O projeto altera o Código de Processo Penal ao determinar que processos envolvendo prática de crimes hediondos tenham prioridade de tramitação no Judiciário. “Meu projeto dá um alento às centenas de mães e famílias vítimas de violência. A primeira coisa elas precisam para voltar à vida normal é o cumprimento da Justiça”, esclarece a deputada. Muitas vezes o julgamento leva anos até ser concluído.

 

A deputada federal Keiko Ota: “alento às centenas de mães” (Foto: divulgação)

A deputada federal Keiko Ota: “alento às centenas de mães” (Foto: divulgação)

 

O projeto da deputada será levado para o plenário do Senado antes de seguir para sanção presidencial. Na lista de crimes hediondos estão: o estupro, latrocínio, extorsão mediante sequestro e envenenamento de água, entre outros. O condenado por crime hediondo não tem direito a fiança.

 

 

Related Post

BENEFICENTE: Grupo Escoteiro Caramuru realiza Baza... Evento reune 'família Caramuru'  (foto: divulgação)   Como acontece todos os anos, o Grupo Escoteiro Caramuru estará realizando no próximo...
VISITA DO PRÍNCIPE: Empresário Hatiro Shimomoto ac... O diretor-presidente da Organização King de Contabilidade, Hatiro Shimomoto, foi um dos convidados para a visita de Suas Altezas Imperiais, príncipe A...
BEISEBOL: André Rienzo é o segundo brasileiro a ch... Por Ubiratan Leal / Extratime   André Rienzo em ação pelos White Sox durante a pré-temporada (AP Photo/Matt York)   Yan Gomes n...
SUMÔ: Governo japonês reconhece trabalho e dedicaç... Um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento do sumô nacional acaba de ser condecorado pelo governo japonês. Trata-se de Masatoshi Akagi, que c...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *