CRIME: Senado aprova projeto de lei que acelera julgamento de crimes hediondos

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal aprovou, no dia 24, o projeto de lei nº 2839/2011 de autoria da deputada federal Keiko Ota (PSB-SP). O projeto altera o Código de Processo Penal ao determinar que processos envolvendo prática de crimes hediondos tenham prioridade de tramitação no Judiciário. “Meu projeto dá um alento às centenas de mães e famílias vítimas de violência. A primeira coisa elas precisam para voltar à vida normal é o cumprimento da Justiça”, esclarece a deputada. Muitas vezes o julgamento leva anos até ser concluído.

 

A deputada federal Keiko Ota: “alento às centenas de mães” (Foto: divulgação)

A deputada federal Keiko Ota: “alento às centenas de mães” (Foto: divulgação)

 

O projeto da deputada será levado para o plenário do Senado antes de seguir para sanção presidencial. Na lista de crimes hediondos estão: o estupro, latrocínio, extorsão mediante sequestro e envenenamento de água, entre outros. O condenado por crime hediondo não tem direito a fiança.

 

 

Related Post

SILVIA IN TOKYO: NÚMERO DE VÍTIMAS DE HIPERTERMIA ... EM UMA SEMANA, 5.659 PESSOAS FORAM SOCORRIDAS DE AMBULÂNCIA COM SINTOMAS DE HIPERTERMIA OU INSOLAÇÃO   Pedestres em Ginza se protegem do cal...
CINEMA: Mostra no MIS presta homenagem aos 50 anos...   O dia 12 de dezembro é marcado pelo nascimento e também partida de um dos principais nomes do cinema japonês. Nascido em 1903, Yasujiro Ozu,...
ANDRADINA: PREFEITA TAMIKO RENOVA PROGRAMA VIVALEI... A prefeita de Andradina (SP), Tamiko Inoue (PCdoB) participou, no último dia 12, da assinatura de renovação do Programa VivaLeite. O encontro acontece...
ARTIGO/AURÉLIO NOMURA: ‘Avançamos muito para recup... Estamos chegando ao final do primeiro ano da Legislatura 2017-2020, que foi marcado por muito trabalho para que a cidade de São Paulo retome o seu rit...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *