CRIME: Senado aprova projeto de lei que acelera julgamento de crimes hediondos

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal aprovou, no dia 24, o projeto de lei nº 2839/2011 de autoria da deputada federal Keiko Ota (PSB-SP). O projeto altera o Código de Processo Penal ao determinar que processos envolvendo prática de crimes hediondos tenham prioridade de tramitação no Judiciário. “Meu projeto dá um alento às centenas de mães e famílias vítimas de violência. A primeira coisa elas precisam para voltar à vida normal é o cumprimento da Justiça”, esclarece a deputada. Muitas vezes o julgamento leva anos até ser concluído.

 

A deputada federal Keiko Ota: “alento às centenas de mães” (Foto: divulgação)

A deputada federal Keiko Ota: “alento às centenas de mães” (Foto: divulgação)

 

O projeto da deputada será levado para o plenário do Senado antes de seguir para sanção presidencial. Na lista de crimes hediondos estão: o estupro, latrocínio, extorsão mediante sequestro e envenenamento de água, entre outros. O condenado por crime hediondo não tem direito a fiança.

 

 

Related Post

BEISEBOL: Náutico celebra um ano de atividades com... Náutico Beisebol. Este é o nome dado à primeira equipe brasileira da modalidade, surgida a partir de um tradicional clube do futebol brasileiro. E, pa...
NIPPAK JOVEM: “TÁ PINTANDO UM NOVO METRÔ” – ...   Promovido pela Companhia do Metrô de São Paulo, o concurso “Tá Pintando Um Novo Metrô” está em fase final de votação. Até o próximo dia 27, ...
TÊNIS DE MESA: Liga Nipo-Brasileira ‘desafia’ fér... Realizada no último dia 5, na cidade de São Bernardo do Campo, a 7ª etapa da Liga Nipo-Brasileira de Tênis de Mesa mais uma vez superou todas as expec...
DIREITO: OAB SP planeja lançar livro sobre a contr... O presidente da OAB SP (Ordem dos Advogados do Brasil Seção de São Paulo), Marcos da Costa, disse que a instituição pretende publicar um livro sobre a...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *