CULINÁRIA: 3ª Asian & Seafood Show começa neste domingo com proposta de integrar conhecimento e negócios

A Asian & Seafood Show – Feira de Pescados e Gastronomia Asiática – abre suas portas ao público neste domingo (1º de outubro) e prossegue na segunda e terça-feira, no pavilhão amarelo do Expo Center Norte, na zona Norte de São Paulo. A feira oferece uma série de atrações gratuitas, como as Oficinas de Gastronomia Asiática com renomados chefs – entre eles, Shin Koike (embaixador da Culinária Japonesa no Brasil), Eiji Tomimatsu, Telma Shimizu Shiraishi (Aizomê), Edson Yamashita e Marisa Tiemi.

 

Público esperado para este ano é de cerca de 5 mil visitantes nos três dias de funcionamento. Foto: divulgação

 

Na área de exposição, fornecedores de alimentos, temperos e condimentos, embalagens, equipamentos, acessórios, uniformes e decoração apresentam suas novidades ao mercado. Algumas dessas empresas farão venda de produtos em pequenas quantidades para o púbico, que poderá assistir também à final da competição que vai escolher o melhor sushiman do País. O vencedor irá representar o Brasil na World Sushi Cup Japan, no Japão.

Na abertura oficial da feira, dia 1º de outubro (domingo), o Grupo Shinkyo Daiko faz uma apresentação de taikô, os milenares tambores japoneses.

A expectativa da Francal Feiras é receber um público estimado em cerca de 5 mil visitantes.

Segundo a gerente de Negócios da Asian & Seafood Show, Lúcia Cristina de Buone, o público alvo são restaurantes, chefs, lojas especializadas, escolas de gastronomia, buffets, supermercados e distribuidores entre outros. “Como toda feira nova, ainda temos um grande trabalho pela frente de convencimento junto aos fornecedores do potencial de crescimento deste mercado e da demanda por novos produtos”, disse ela, explicando que “nosso objetivo é que a Asian & Seafood Show seja um evento que integre conhecimento e negócios”.

 

Facas e Wagyu – Além das aulas com grandes chefs, a feira apresenta este ano novidades como o Wagyu, considerada “a carne mais saborosa e cara do mundo” – vinda diretamente do Japão – além de facas, temperos e pescados entre outros. “Para os profissionais da gastronomia asiática, a feira é uma visita obrigatória”, conta de Buone, acrescenrando que 2017 está sendo um ano “muito difícil para o setor de eventos, o que evitou que conseguíssemos atingir um número maior de visitantes”. “Mas temos certeza que a tendência desta feira é crescer ano a ano”, destacou, lembrando que, de acordo com levantamento realizado pela própria Francal aponta a existência de pelo menos 3 mil estabelecimentos de comida oriental na Grande São Paulo, considerando restaurantes exclusivamente asiáticos, temakerias, buffets e restaurantes que incluem a culinária japonesa e asiática no seu cardápio.

 

Feira apresentará novidades como facas importadas. Foto: divulgação

 

Números – “Começamos a pesquisa deste mercado em início de 2013, quando as associações do setor informavam 750 restaurantes asiáticos no Brasil. Em apenas 6 meses de pesquisa, feita com fornecedores e mapeamento local por Estado, atingimos na época 1.500 restaurantes, o que deu base para fortalecer nosso projeto da feira”, conta Lúcia Cristina, afirmando que, “com a primeira edição do evento, por meio da divulgação, cadastramento de visitantes e trabalho de campo, finalizamos a edição de 2015 com mais de 2.500 restaurantes somente na Grande São Paulo e mais de 7 mil no Brasil.

“Dentro destes números, estão todos os restaurantes de perfil asiático, incluindo temakerias, food trucks e buffets temáticos”, observa, revelando que os bairros de Pinheiros, Itaim, Moema e Liberdade são os que concetram o maior número de restaurantes especializados na Grande São Paulo.

“Para chegarmos ao tamanho deste mercado no Brasil, utilizamos com base uma média de 150 pessoas atendidas por dia e um ticket médio de R$ 80,00.  Fazendo uma conta bem comedida perante o mercado, atingimos um movimento mínimo estimado, somente no mercado de São Paulo de R$ 13 bilhões por ano. Aplicando isso para o território brasileiro, podemos dimensionar um mercado de aproximadamente R$ 19 bilhões”, garante Lúcia, explicando que “é a primeira vez que uma instituição consegui dimensionar o potencial do mercado da gastronomia asiática no Brasil”.

 

Crise – Para ela, “como todos os demais setores, a burocracia emperra o crescimento deste mercado”. “O consumidor brasileiro busca inovação, novidades e criatividade na gastronomia e por isso a importação de produtos vindo diretamente dos países asiáticos é uma necessidade evidente para o crescimento deste mercado. Estamos trabalhando para que que na próxima edição tenhamos expositores destes países”, antecipou Lúcia, calculando que existem hoje  cerca de 800 fabricantes, produtores e importadores de alimentos para culinária asiática no Brasil.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

     

    ASIAN & SEAFOOD SHOW 2017 – 3ª FEIRA DE PESCADOS E GASTRONOMIA ASIÁTICA

    Quando: De 1 a 3 de outubro de 2017 (domingo a terça-feira), das 13 às 19h30

    Onde: Expo Center Norte – Pavilhão Amarelo

    Entrada franca

    Informações: www.asianseafoodshow.com.br

     

    Related Post

    SILVIA IN TOKYO: COMEÇA A TEMPORADA DE VAGA-LUMES LOCAL EM HYOGO INSPIROU O LIVRO “HOTARU NO HAKA”   Vaga-lumes em Ichinomiya (Hyogo). Foto: Mainichi     É entre o final de ...
    CIDADES: Câmara Municipal homenageia Issamu Kimura...   Para abrir as comemorações de aniversário dos 106 Anos da Imigração Japonesa no Brasil a Câmara Municipal de São Bernardo do Campo através d...
    15º FESTA E EXPOSIÇÃO KAKI FUYU DE PIEDADE/SP EXPOSIÇÃO SOMENTE NOS DIAS 16 E 17 DE MAIO DAS 9H ATÉ ÀS 15H   A cidade de Piedade completa 175 anos com uma festa especial: a 15º Festa e ...
    CRIME: Aluno Mata Professora por “Amor não Corresp...   O estudante Thomas Hiroshi Haraguti (33 anos), confessou ter matado a professora Simone de Lima (27 anos) a facadas dentro da escola na noit...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *