CULTURA: 10º Okinawa Festival supera expectativas e mira 2013

 

Dança Folclórica de Okinawa (foto: Aldo Shiguti)

 

A décima edição do Okinawa, realizada neste sábado e domingo (15 e 16), no Clube Escola Vila Manchester), zona Leste de São Paulo, chegou ao fim com a sensação que dois dias é pouco. Evento co-realizado pela Associação Okinawa Vila Carrão (AOVC) em conjunto com a Prefeitura de São Paulo e a São Paulo Turismo, o evento, mais uma vez, superou todas as expectativas dos organizadores.

 

 

 

 

 

Dança Folclórica Okinawana (foto: Aldo Shiguti)

 

A nova geração do Requios espera a vez de tocar (foto: Aldo Shiguti)

 

 

Nos dois dias, passaram pelo local cerca de 30 mil pessoas. “A Comissão Organizadora se esforçou ao máximo para fazer um evento que agradasse a todos. O sucesso não é da associação, mas de todos os descendentes da região em agradecimento a acolhida dos paulistanos aos nossos ancestrais”, explicou o presidente do 10º Okinawa Festival, Antonio Kishimoto.

 

 

 

 

 

 

Domingo foi de muito sol e o público aproveitou (foto: Aldo Shiguti)

 

 

Jovem toca sanshin, instrumento típico de Okinawa (foto: Aldo Shiguti)

 

 

Para ele, o rádio de comunicação utilizado para alertar eventuais falhas com os outros membros da Comissão Organizadora serve como uma espécie de “termômetro” para avaliar o sucesso do evento. “Não fui chamado uma única vez”, brincou Kishimoto, afirmando que “sou suspeito para falar, mas creio que todos ficaram satisfeitos”.

 

 

 

 

 

 

 

 

Academia de Dança Tamagusuku Ryu Kotaro Kai (foto: Aldo Shiguti)

 

Apresentação do Seinenkai (foto: Aldo Shiguti)

 

Associação Ryukyu Minyou Hozonkai do Brasil (foto: Aldo Shiguti)

 

Já o presidente da AOVC, Kiyoshi Onaga, atribui nota “oito” para a organização. “Não dou dez porque sempre podemos melhorar uma coisa ou outra”, justificou Onaga, lembrando que este ano o layout passou por mudanças para oferecer mais comodidade ao público. Para Onaga, outra preocupação foi agregar novas atrações ao evento.

 

Música Clássica de Okinawa (foto: Aldo Shiguti)

 

Apresentação do Grupo Sakura Fubuki Taikô (foto: Aldo Shiguti)

 

Grupo Sakura Fubuki Taikô (foto: Aldo Shiguti)

As atrações – Para a edição comemorativa de dez anos, foram convidados o Grupo Sakura Fubuki Taikô e o Grupo Awa Odori Represa, por sinal, ambos muito aplaudidos. A eles, somaram-se as atrações já conhecidas do público e que contribuíram para “fechar a década com chave de ouro”. Passaram pelo palco do 10º Okinawa Festival a ginástica rítmica japonesa (com o Rádio Taissô de Vila Carrão), danças folclóricas (com o Fujinkai da AOVC, Academia de Dança Tamagusuku Ryu Kotaro Kai, Academia de Dança Tamagusuku Ryu Gyokusen Kai), músicas folclóricas (Nomura Ryu Ongaku Kyokai do Brasil, Nomura Ryu Koten Ongaku Hozonkai do Brasil, Ryukyu Sokyoku Koyokai do Brasil, Ryukyu Sokyoku Hozonkai do Brasil, Associação Ryukyu Minyou Kyokai do Brasil), break dance (Eternity Style Crew), matsuri dance (Grupo Smile), dança de salão (Dança de Salão da AOVC), apresentação de karatê (Associação Okinawa Karatê-do-Goju-ryu Bujitsukyokai, Okinawa Shorin-ryu Karatê-do Kyokai do Brasil, Okinawa Kobudo Jinbukai – Filial do Brasil), aikidô (Professor Vagner Seiyu Tome) Kung Fu (Equipe Hon Kit – Seleção Brasileira de Kung Fu Wushu), shows musicais (Joe Hirata, Melissa Kuniyoshi e a Banda Tontonmi), ilusionismo (Mario Kamia), bon odori (Fujinkai AOVC) e os grupos de taikô Requios Gueinou Dokou Kai e Ryukyu Koku Matsuri Taikô.

 

Associação Cultural e Esportiva Represa (foto: Aldo Shiguti)

 

Awa Odori – Dança Folclórica da Província de Tokushima (foto: Aldo Shiguti)

 

 

O público entrou na dança do Bon Odori com o Funjikai (foto: Aldo Shiguti)

2013 – “A ideia é fazer uma espécie de rodízio trazendo uma atração de uma província diferente a cada ano. Com isso, pretendemos promover uma integração com toda a comundade nipo-brasileira”, destaca Onaga, que comemora o fato de, finalmente, ter acertado a apresentação do Grupo Awa Odori Represa. “Desde as comemorações do Centenário da Imigração Japonesa que tentávamos trazer esse grupo para se apresentar no Okinawa Festival mas as agendas não coincidiam. Desta vez deu tudo certo”, conta Onaga, afirmando que nem bem terminou o Okinawa Festival deste ano e a Associação Okinawa Vila Carrão já começa a pensar no próximo ano. Exagero? Para a Comissão Organizadora chama-se “planejamento”. Passa pelo trabalho do deputado estadual Hélio Nishimoto (PSDB) e do deputado federal Walter Ihoshi (PSD-SP), além do “padrinho da festa”, o vereador Ushitaro Kamia (PSD), e da diretoria para conseguir aprovar todo o trâmite burocrático. E quem sai ganhando é o público, que sabe reconhecer quando o evento é bom.

 

Obentô na barraca Ueta (foto: Aldo Shiguti)

 

Performance do Ryukyu Koku Matsuri Daikô (foto: Aldo Shiguti)

 

Apresentação do Ryukyu Koku Matsuri Daikô (Foto: Aldo Shiguti)

 

 

 

 

 

 

Tanto que acaba voltando no ano seguinte. Como neste ano. Que venha logo 2013 porque 2012 já está dando saudades.

 

 

 

(Aldo Shiguti)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

MEMAI: GASTRONOMIA | UMA EXPERIÊNCIA DE COMFORT FO...     O cuidado com a estética visual na gastronomia é um consenso nas mesas japonesas. Da comida caseira à alta gastronomia, todos ...
POLÍTICA: Andrea Calabi promete estudar isenção de...   O deputado federal Junji Abe acompanhado de uma comitiva de representantes da cadeia produtiva de hortifrutigranjeiros intermedia uma audiên...
OLIMPIPA: Pipa celebra 10 anos e realiza apresenta... Uma oportunidade para mostrar habilidade física, trabalho em equipe e vários talentos musicais. A 12ª Apresentação das Crianças do Pipa trará as crian...
SILVIA IN TOKYO: Festival de Música Japão e Brasil... Músicos de Gunma realizam o “Primeiro Festival de Música Japão e Brasil 2015”.   Primeiro Festival de Música Japão e Brasil 2015   ...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *