CULTURA: 4ª edição do JapanSul confirma expectativas dos organizadores

 

4ª edição do JapanSul confirma expectativas dos organizadores (foto: Aldo Shiguti)

 

Culinaria sempre é um ponto forte (foto: Aldo Shiguti)

Realizado nos dias 5 e 6, no Clube da Eletropaulo, na região de Santo Amaro (extremo Sul da capital) pela União das Associações Culturais de Santo Amaro – entidade que reúne a Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Santo Amaro, Associação Cultural Showa, Associação Cultural e Esportiva João Branco, Associação Rural de Casa Grande, Associação Cultural Beneficente Nipo-Brasileira de Colônia Paulista, Associação Cultura de Parelheiros e Associação Cultural e Esportiva de Cipó – a quarta edição do JapanSul confirmou as expectativas dos organizadores.

 

Culinaria japonesa (foto: Aldo Shiguti)

 

 

Luiz Tsuneo Kitabayashi, presidente da União das Associações Culturais de Santo Amaro (foto: Aldo Shiguti)

Segundo o presidente da União das Associações Culturais de Santo Amaro, Luiz Tsuneo Kitabayashi, a estimativa é que cerca de 23 mil visitantes passaram pelo local nos dois dias de programação. No sábado – quando a reportagem do Jornal Nippak esteve presente para acompanhar a cerimônia de abertura – o tempo não colaborou. Assim mesmo, apesar da incessante garoa e da queda repentina de temperatura, o público foi maior que no ano passado, numa clara demonstração que o evento está conquistado seu espaço entre os moradores da região.

 

Apresentações culturais (foto: Aldo Shguti)

 

Não faltaram atrações como apresentações de danças e shows com artistas variados, como o cantor Ricardo Nakase. No domingo, foi a vez de Joe Hirata subir ao palco. Nos dois dias, os visitantes puderam conferir um leque de atrações como uma bem montada praça de alimentação, bazaristas, cerimônia de chá, demonstração de shodô e uma ferinha com verduras direto do produtor.

 

Ricardo Nakase (foto: Aldo Shiguti)

 

Motitsuki (foto: Aldo Shiguti)

Para Kitabayashi, os problemas pontuais de sábado, como o problema com o gerador – que acabou atrasando algumas atrações – servem de lições para a próxima edição. Segundo ele, o apoio de políticos, como o deputado estadual Hélio Nishmoto (PSDB), que contribuiu através de uma emenda parlamentar, “nos dá força para continuarmos caminhando nesta direção”. Ainda mais se for levado em consideração que, em 2014, o JapanSul, que faz parte do Calendário Turístico do Estado de São Paulo, deve ser o único grande evento da comunidade nipo-brasileira na zona Sul de São Paulo.

 

Odori (foto: Aldo Shiguti)

 

Abertura – A cerimônia de abertura do 4º JapanSul contou com as presenças do cônsul Motohiro Hoshino; dos deputados federais Walter Ihoshi (PSD-SP) e Junji Abe (PSD-SP); dos deputados estaduais Hélio Nishimoto (PSDB) e Jooji Hato(PMDB); dos vereadores Antonio Goulart (PSD) e George Hato (PMDB); do vice-presidente do Bunkyo, Anacleto Hanashiro; do presidente da Associação Cultural e Assistencial Mie Kenjin do Brasil, Nelson Maeda e do presidente da União Paulista de Karaokê (UPK), Toshio Yamao.

 

Cerimônia de Abertura (foto: Aldo Shiguti)

 

(Texto e fotos: Aldo Shiguti)

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Tags:

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *