DESAPARECIMENTO: Corpo de empresário desaparecido no Sul de Minas é encontrado

Hélio Francisco da Siva estava desaparecido desde o dia 14 de abril (foto: divulgação)

O corpo do empresário paulista, Hélio Francisco da Silva, 48 anos, desaparecido desde fim de semana passado na Serra do Lopo, próximo a Extrema, no Sul de Minas, foi encontrado neste domingo (21) em um lugar de difícil acesso, os bombeiros levaram cerca de 10 horas para conseguir tirar o corpo do local e encaminhar para o IML de Pouso Alegre (MG). A suspeita é de que o empresário tenha caído de uma altura de 70 metros, o caso é apurado pela Polícia Civil.

Segundo a Cristiane Takeda,  noiva do empresário, Hélio tinha uma corretora de câmbio e foi a Extrema para fazer uma cobrança, em ultimo contato por mensagem de celular, Hélio dizia que estava tudo bem e que iria aproveitar para dar uma passada na pedra onde eles havia feito uma caminhada. Depois disso, não conseguiram mais contatá-lo.

Desaparecido desde o dia 14 de abril, os familiares de Hélio deslocaram-se para Extrema, sul de Minas em busca do paradeiro dele, a Polícia Militar encontrou o carro que utilizava próximo à Serra, com o vidro quebrado  por uma pedra e manchas de sangue. Na quinta-feira (18), os policiais encontraram uma mala de roupas perto de onde estava o carro, e dois suspeitos um de 15 e outro de 18 anos que confessaram ter apenas pegado uma carona com o empresário, e que encontraram o carro no dia seguinte abandonado e tentaram roubar o veículo mas não conseguiram.

O filho do empresário disse que o pai era acostumado a fazer trilhas e acreditava que ele pudesse estar mesmo perdido. Segundo o Corpo de Bombeiros, Silva pode ter caído, pulado ou se jogado da pedra, pois não havia nenhum tipo de perfuração ou sinais de violência no corpo.

O IML de Pouso Alegre divulgou que a causa da morte foi politraumatismo provocado pela queda. O delegado da Polícia Civil de Extrema, Valdemar Lídio, disse que a morte pode ter sido um acidente, porém a investigação continua. O delegado espera os laudos da perícia e da necrópsia e vai ouvir testemunhas que viram o carro do empresário próximo à mata. O inquérito deve ser concluído em 30 dias.

Os familiares do empresário agradecem a toda a população que esteve em oração, e ajudaram na busca do paradeiro de Hélio Francisco pelas redes sociais, e principalmente pelo empenho das autoridades locais, polícia civil, polícia militar e bombeiros que não mediram esforços nesta busca e solução do caso.

O corpo do empresário Hélio Francisco da Silva será velado e enterrado nesta segunda-feira (22), no Cemitério do Parque do Carmo, na zona leste de São Paulo.

 

Fonte: G1

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

LINS/SP: NIKKEYS DE LINS NO SAMBRÓDOMO , VISANDO O... O objetivo é a apoteose no Carnaval de 2016, quando se comemoram os cem anos da chegada dos primeiros imigrantes em Lins. Os foliões são da Associação...
INDAIATUBA: ‘Indaiatuba Matsuri’ unifica festas pa... A Acenbi (Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Indaiatuba) realiza nesta sexta, sábado e domingo (7, 8 e 9), no Pavilhão da Víber, o “In...
SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: 8º Inter-Seinen da Liga Sul-...     8º Inter-Seinen da Liga Sul-Americana de Jovens Budistas foi realizado no dia 18, no Templo Honpa Hongwang de Lins, com a part...
HANAMATSURI: Budistas celebram o “Aniversário de B... Em comemoração aos 2639 anos de nascimento do Buda “Xaquiamuni”, a Associação Cultural e Assistencial da Liberdade – Acal em conjunto com Federação da...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *