ELEIÇÕES 2012: Na reta final da campanha, candidatos nikkeis mantêm otimismo

 

A praticamente uma semana da eleição, quatro entre os principais candidatos nikkeis a vereador em São Paulo chegam na reta final da campanha com a mesma certeza que a iniciaram. Ou seja, que esta eleição municipal deve ser uma das mais concorridas dos últimos anos. Todos, no entanto, estão otimistas quanto um desfecho favorável.

 

 

 

Confira:

 

 

Como político, posso ajudar mais pessoas, diz George Hato

Debutando na política, George Hato (PMDB) que provar que não caiu de paraquedas ao lançar sua candidatura à Câmara Municipal de São Paulo. “Estou trabalhando desde 2008 neste projeto”, justifica o candidato, afirmando que “tinha certeza” que o pai, o agora deputado estadual Jooji Hato, seria eleito em 2010 para ocupar uma cadeira na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

“É um projeto pessoal que visa dar continuidade ao trabalho do meu pai na Câmara Municipal”, conta George, que se formou em Medicina em 2006 e no ano seguinte foi para Londres. “Quando retornei, decidi levar adiante meu projeto”, diz ele, que tem ainda outros dois irmãos, os também médicos Alex, o mais velho, e Andressa, a caçula. George foi o único a tentar carreira política. “Como político, posso ajudar muito mais gente do que como médico. O alcance é bem maior”, destaca.

No início, porém, teve que vencer a preocupação da mãe, dona Marlene. “Ela ficou apreensiva pois sabe o quanto é difícil essa vida”, lembra George, acrescentando que, hoje, a mãe é o seu melhor cabo eleitoral.

Para ele, que “praticamente nasceu no comitê e fazia campanha no berço”, enfrentar as ruas não foi um desafio.

“Já estava acostumados a seguir o meu pai em suas andanças”, conta George, explicando que “toda ajuda é bem vinda”. “Dizem que a transferência de votos de pai para filho gira em torno de 20%. Estamos trabalhando para que seja muito mais do que isso”, diz George, que entre suas bandeiras espera trabalhar em prol da saúde, educação e o esporte.

Para o pai, “não existe campanha fácil”. “O número de candidatos nikkeis é muito elevado. Acho que o ideal seria sair uns seis ou oito. Com 30 candidatos, como é o caso, acaba ocorrendo a pulverização de votos”, lamenta Jooji Hato, afirmando que “me sinto honrado e orgulhoso com a atitude do George”.

“Como médico, ele poderia ter ficado na região central, que é mais segura, ao invés disso, ele preferiu ir para a periferia, como eu fiz”, diz. Experiente, Jooji Hato, acredita na vitória do filho. “No PMDB, o Geroge será um grande puxador de votos porque no partido ele não tem concorrência”, assegura Jooji, que calcula que serão necessários cerca de 25 mil votos para que George possa ocupar uma cadeira na Câmara Municipal. “Vamos trabalhar para conseguirmos muito mais”, garante.

 

 

“Hoje sou o candidato com mais trabalhos realizados em prol da comunidade”, afirma Victor Kobayashi”

 

Em sua terceira disputa eleitoral – uma para deputado estadual e outra para vereador – o paulistano Victor Kobayashi (PSD) se considera mais maduro e experiente para enfrentar as urnas.

“Nas últimas duas bati na trave. Em 2008, para vereador, tive quase 15 mil votos e em 2010, para deputado estadual, obtive mais de 49 mil votos. Desta vez, espero acertar o gol”, explicou Kobayashi, acrescentando que “estou bem animado, pois a receptividade em nossas visitas e o apoio estão excelentes”.“Vejo que o nosso trabalho social e agora político, vem sendo cada vez mais reconhecido, isso faz com que a campanha cresça ainda mais”, constata Victor, que trocou de legenda – migrou do PSDB para o PSD – para “fazer história, assim como meu pai, que deixou o PMDB para ser um dos fundadores do PSDB”.

Fundador do Instituto Paulo Kobayashi (IPK), uma OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público – Victor tem como principais bandeiras multiplicar as ações sociais, culturais, esportivas e assistenciais; fomentar ações que beneficiem comunidades e entidades do Terceiro Setor; desenvolver programas de capacitação de jovens e desenvolver ações voltadas para o abastecimento.

Segundo ele, seu curto mandato como vereador – em 2011 ficou 31 dias na Câmara Municipal – foi importante não só para conhecer o funcionamento da Casa como também pôde apresentar várias emendas que contemplaram, por exemplo, o programa de Eficientização do Ilume (Departamento de Iluminação Pública) – que beneficiou a revitalização da iluminação no Bairro da Liberdade, na Av. do Cursino, Av. Brigadeiro Luiz Antonio, e na Vila Madalena – além de emendas que tornaram realidade a construção de um CAT (Centro de Apoio ao Trabalho) na Cidade Tiradentes, que permitiu a ampliação de uma UBS (Unidade Básica de Saúde) na Casa Verde Alta e outra que possibilitou a troca de telhado do Mercado Municipal Kinjo Yamato.

“São ações que me deixam ainda mais confiante porque, mesmo sem mandato e fazendo uma comparação com os atuais políticos, fui um dos candidatos que mais atuou em prol da comunidade nipo-brasileira”, afirma Victor, explicando que “antes as pessoas respeitavam e admiravam o trabalho do meu pai, agora respeitam e admiram o trabalho do Victor Kobayashi, realizador de diversas ações sociais e comunitárias. Isso acaba tornando nossa campanha mais encorpada”, diz Kobayashi, destacando que “não gosto de fazer promessas, mas mostrar resultados”.

 

 

Kamia: força dos amigos e mobilização da comunidade farão a diferença

 

A praticamente uma semana para os eleitores decidirem o futuro político na esfera municipal, o vereador e candidato à reeleição Ushitaro Kamia (PSD) acredita que a força dos amigos fará a diferença nesta reta final de campanha. Para ele, a decisão do eleitor se dará pelo trabalho desenvolvido e o histórico daqueles que atuaram em prol de uma cidade melhor.

“Fizemos uma campanha bastante corrida e curta, mas percebemos que muitos apoiadores e aqueles que acreditam em nosso trabalho estão se esforçando para mobilizar as pessoas. E este é o grande diferencial, pois trata-se de uma eleição dos amigos, baseada na confiança e credibilidade”, explica o vereador que está em seu quarto mandato e já exerceu o cargo de deputado federal.

Na comunidade nipo-brasileira, Kamia também tem obtido o apoio de diversas associações e entidades, além de contar com a força incondicional de dois nomes que atuam constantemente em prol da cultura japonesa: do deputado estadual Hélio Nishimoto (PSDB) e do federal, Walter Ihoshi (PSD). Juntos, formam a “trinca política” da comunidade. “São grandes parceiros e trabalhamos em conjunto”, explica o vereador, cujo apoio na infraestrutura pode ser visto nos grandes eventos da comunidade, casos do Festival do Japão, Okinawa Festival, Nikkey Matsuri e Festival das Cerejeiras.

Graduado em Administração, Direito e Ciências Contábeis, Ushitaro Kamia traz um vasto currículo como parlamentar: são 86 leis em vigor, e mais de 100 projetos de lei em tramitação. Só de ofícios, foram expedidos mais de 3.800, solicitando asfalto, iluminação, reformas, entre outros.

Na área da Saúde, uma de suas principais bandeiras junto com Social, Obras/Saneamento e Meio Ambiente, Kamia participou da viabilização das AMAs Jd. Joamar e Wamberto Dias da Costa; além de apoiar o Grupo de Estudos de Doenças Raras e instituir o “Mês da Saúde Preventiva da Obesidade Infantil” (Lei 14.095/2005). Nessa linha de melhorias à população, Kamia desativou o Lixão de Vila Albertina e também empenhou esforços para estender o metrô, de Santana até Tucuruvi, na década de 1990. Agora, quer continuar esta luta, ampliando a linha 1 até Guarulhos, a fim de melhorar o tráfego de veículos. “Conto com o apoio para continuarmos nossa luta para trazer melhorias e soluções ao município”, finaliza Kamia, cujo número na urna é 55699.

(com Assessoria de Imprensa)

 

 

Para Aurélio Nomura, será a eleição mais difícil que já disputou

 

Em disputa de sua quinta eleição, o vereador Aurélio Nomura (PSDB) já tem um prognóstico: vai ser a mais difícil da qual participou. A causa é o “Mensalão”, cuja condenação da maioria dos envolvidos pela ligação incestuosa com empresários e banqueiros acabou espalhando a imagem negativa de maneira generalizada.

Porém, o escândalo político, trouxe também o lado bom. De acordo com o vereador, a atuação transparente, a honestidade, o trabalho sério e competente passou a ser o princípio pelo qual os eleitores estão se pautando para escolher seu candidato no próximo dia 7 de outubro.

Essas qualidades demonstradas em seus quatro mandatos de vereador foram fundamentais para que Aurélio Nomura recebesse nessas eleições apoios espontâneos de pessoas de destaque não só da comunidade nikkei, como de empresários e lideranças políticas.

“O vereador Aurélio Nomura é um dos raros políticos que se alinham com esse anseio e honram a confiança de seus representados”, escreveram no “Manifesto em Favor do Vereador Aurélio Nomura” o empresário Anselmo Nakatani, presidente da Aliança Cultural Brasil Japão, e o desembargador Jô Tatsumi, que também integram o Grupo de Brasileiros Pro-Ética na Administração Pública.

O jurista, dr. Kiyoshi Harada, em seu artigo “Cidadania a Serviço do Estado Democrático de Direito”, termina o texto afirmando: “Aurélio Nomura, que herdou as virtudes de seu pai, o saudoso Deputado Federal Diogo Nomura, é um exemplo raro de político que ainda mantém acesa a chama dos valores fundamentais que dão embasamento à implantação e manutenção do verdadeiro Estado Democrático de Direito. Votemos, pois em Aurélio Nomura com segurança e confiança.”

Já o produtor cultural, Jo Takahashi, destacou a seriedade dos projetos do vereador, sua postura ética e sua visão humanista de administrar. “Esperamos que você possa espalhar uma onda de bons fluidos na imagem desgastada da política brasileira e recuperá-la para que possamos construir uma sociedade melhor”, apoiou Takahashi.

Da mesma forma, o secretário de Energia do Estado de São Paulo, deputado Zé Aníbal, manifestou sua admiração, apreço e respeito ao vereador. “Nomura é um dos melhores quadros do PSDB de São Paulo. É um homem público exemplar: sério, ético e totalmente dedicado à melhoria da qualidade de vida das pessoas”, afirmou em sua mensagem de apoio.

 

(Aldo Shiguti)

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

ANDRADINA: Tamiko Inoue toma posse como prefeita e... Tamiko Inoue (PCdoB) recebeu a faixa de prefeita de Jamil Ono (PT) durante cerimônia de posse, no último dia 1º, na Câmara Municipal de Andradina. Alé...
RECONHECIMENTO: Walter Ihoshi conquista prêmio do ... O deputado federal Walter Ihoshi (PSD-SP) teve sua atuação parlamentar reconhecida durante a entrega do V Prêmio Cebrasse do Setor de Serviços. Conced...
POLÍTICA: Walter Ihoshi mantém contato com empresá... Depois de participar da agenda do presidente Michel Temer (PMDB) ao Japão, o deputado federal Walter Ihoshi (PSD-SP) permaneceu no país nipônico como ...
SÃO PAULO: PEDRO KAKÁ ASSUME VAGA NA ASSEMBLEIA PA... Pedro Massami Kikudome (PTN), mais conhecido como Pedro Kaká, tomou posse como deputado estadual no último domingo (1º/1). Ele assume a vaga deixada p...

3 Comments

  1. Esperamos que sejam eleitos candidatos nikkeis nesta eleição. Parabéns ao BUNKYO e à Associação Brasileira de Ex-Bolsistas do “Gaimusho Kenshu-sei” que em 15/9/2012 promoveram encontro com 8 concorrentes no Pequeno Auditório do Bunkyo, e ao JORNAL NIPPAK, através de Aldo Shiguti, que hoje, também está publicando. Estão espelhados 4 expoentes com suas metas, qualidades e experiências: muito boa sorte a todos!!!

  2. Realmente à exemplo de seu pai PAULO KOBAYASHI, o candidato à vereador por São Paulo VICTOR KOBAYASHI 55100 sempre teve e tem seu olhar especial para toda a Comunidade. Ele é a Honestidade e o Respeito que toda Comunidade esperam de um representante no Legislativo.

  3. Quem compara vota no melhor para a Comunidade e para nossa Amada São Paulo, quem compara vota VICTOR KOBAYASHI 55100.

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *