EMPREENDEDORISMO: A jovem nikkei Francine Nonaka comanda a Dzyon S/A

 

Francine Nonaka é a CEO da organização Dzyon S/A (foto: divulgação)

Conhecida por sua criatividade e determinação, a jovem empreendedora brasileira é atenta à evolução dos negócios como chave para se destacar no mercado competitivo. Desde os 16 anos a jovem nikkei Francine Nonaka trabalha na Dzyon S/A, uma empresa fundada por seu pai, Milton Liuji Nonaka. Hoje a frente da empresa, Francine é a CEO da organização, dirige cinqüenta funcionários, comanda a empresa da família, aprendeu direitinho à lição de casa, que teve como professor, o pai. A Dzyon S/A é uma empresa que desenvolve software e utiliza essa tecnologia como ferramenta de apoio para implementação das estratégias de negócios do cliente e modelos de gestão empresarial.

Francine aprendeu na prática tudo sobre software e gestão empresarial, mal teve tempo para os estudos. “Não existe idade para iniciar um negócio. Ser empreendedor é fácil, o difícil é transformar empreendimento em empresa”, diz. “Meu pai é tradutor interprete juramentado, levava executivos para o Japão para fazer Cursos de Qualidade Total em grandes empresas japonesas, também tinha franquia da Sem Nome, sentia necessidade de um software para controle, foi ai que então surgiu à empresa de software (Dzyon)”, explica.

 

“Não existe idade para iniciar um negócio. Ser empreendedor é fácil, o difícil é transformar empreendimento em empresa”, diz Francine (foto: divulgação)

“Os softwares podem ser adquiridos em módulos, de acordo com a necessidade da empresa. Se ela precisa, por exemplo, de informatizar e gerenciar a sua contabilidade, ela adquire o módulo Contábil. Idem para controle de portaria ou de estoque, por exemplo. E assim por diante. São vários produtos e vários módulos”, conclui a CEO.

Há quase 25 anos no mercado, a Dzyon desenvolve soluções para uma boa gestão empresarial, entre elas os chamados ERPs (Enterprise Resource Planning). Na prática, são ferramentas de apoio à padronização e gerenciamento dos processos, tomadas de decisões, acompanhamento das ações e resultados que fazem parte do dia a dia de uma empresa. Em termos gerais, os ERPs são como uma plataforma de software desenvolvida para integrar dados e processos, possibilitando automação e armazenamento das informações de negócios. Graças a isso, o gerenciamento de uma empresa deixa de ser bicho de sete cabeças, tudo fica muito mais fácil prático e informatizado.  Ou seja, a Dzyon fornece a solução de gerenciamento informatizado que a empresa necessita, com implantação em tempo recorde do sistema e suporte.

 

(Luci Júdice Yizima)

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

DIA DO PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA: Professor ... Por indicação do deputado estadual Hélio Nishimoto (PSDB), no dia 1º de setembro, dia do profissional de educação física, o CREF4/SP–Conselho Regional...
ROTARY CLUB: Claudio Takata é eleito o mais jovem ... O empresário paulistano, Claudio Hiroshi Takata será o mais novo nikkei “Governador do Distrito 4.420”, para o ano rotário 2017-18. A eleição ocorreu ...
COMUNIDADE: Festival busca voluntários e novos par... Depois de roer o osso, chegou a hora de saborear o filé. É mais ou menos com essa sensação que o Kenren (Federação das Associações de Províncias do Ja...
MÚSICA: Mariana Suzuke quer conquistar seu espaço ...   Mariana quer seguir carreira como cantora (foto: Arquivo Pessoal) Quem vê Mariana Suzuke (assim, como “e”, mesmo), dificilmente poderia ...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *