EMPREENDEDORISMO: Ihoshi destaca luta da ACSP em prol dos pequenos empresários

O deputado federal Walter Ihoshi (PSD-SP) participou no último dia 23 da sessão solene de posse das presidências, diretorias e conselhos da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp) e da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), ambos para o biênio 2015-2017.

 

Deputado federal Walter Ihoshi com o novo presidente da ACSP e Facesp, Alencar Burti (Foto: divulgação)

Deputado federal Walter Ihoshi com o novo presidente da ACSP e Facesp, Alencar Burti (Foto: divulgação)

 

A cerimônia ocorreu no Plenário Juscelino Kubitschek, na Assembleia Legislativa de São Paulo, que recebeu cerca de 500 convidados, dentre eles o ministro-chefe da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos. O empresário Alencar Burti assumiu pela quinta vez as presidências das entidades para uma nova gestão, e recebeu os cargos do também empresário Rogério Amato, que presidiu a Facesp e a ACSP durante o período de março/2011 à março/2015.

Durante o evento também foi realizada a posse dos eleitos para os órgãos diretivos das duas entidades. Ihoshi, que é empreendedor no setor de cosméticos, foi reeleito um dos vice-presidentes da ACSP. Essa é terceira vez que o parlamentar ocupa o cargo, sendo as duas vezes anteriores nos biênios 2003/2005 e 2005/2007.

 

Bandeiras – “Faço parte da diretoria da ACSP desde 2003, a convite do nosso parceiro Guilherme Afif Domingos”, explicou o parlamentar nikkei, lembrando que a entidade reúne 15 sedes distritais que mantêm os associados informados sobre assuntos do seu interesse, promovem palestras e buscam manter o foco nos problemas de cada região e nas soluções para cada caso.

“Já a Facesp, da qual fui diretor executivo e hoje sou conselheiro, conta com 420 associações comerciais espalhadas pelo Estado de São Paulo”, conta Ihoshi. Segundo ele, a ACSP reúne, essencialmente, empreendedores. “Trata-se de uma entidade que atua diretamente na defesa da livre iniciativa. Hoje, o país conta com cerca de 9 milhões de micro e pequenas empresas que representam 27% do PIB. Vários projetos que nasceram dentro da ACSP hoje são realidade e contribuem significativamente para o desenvolvimento do país. São exemplos de bandeiras lançadas pela ACSP a criação do Microempreendedor Individual (MEI), o imposto na nota, para que o contribuinte tenha noção do que está pagando e possa cobrar depois; o cadastro dos bons pagadores – do qual fui o relator – e o Supersimples, programa de pagamento simplificado de tributos para micro e pequenas empresas”, destaca Ihoshi, lembrando que na semana passada assumiu como um dos vice-presidentes da  Frente Parlamentar das Micro e Pequena reinstalada na Câmara dos Deputados. “Cabe a nós colocarmos em prática os projetos que estão sendo criados para beneficiar os pequenos empresários”, destaca Ihoshi.

(Aldo Shiguti)

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

JOAN MIRÓ – A FORÇA DA MATÉRIA Onde: Instituto Tomie Ohtake (Rua Coropés 88, Pinheiros) De 24/05 a 16/08/2015 Horário: de 3ª a domingo das 11h às 20h Ingresso: Entrada Grat...
COMUNIDADE: Encontro de aliancenses completa 50 an... Histórias. Muitas histórias. É o que se espera quando três aliancenses se reúnem. O que dizer então quando cerca 500 deles, incluindo muitos herdeiros...
TÊNIS DE MESA: Viver do esporte??? Apesar do curso de Educação Física não ser encarado por muitos como uma Faculdade/Curso Superior, nos dias de hoje a carteira do CREF - Conselho Regio...
INTERCÂMBIO: Coral do Tottori Kenjinkai do Brasil ... Vinte e cinco coralistas do Tottori Kenjinkai do Brasil participaram, no dia 21 de novembro, de um Concerto de Intercâmbio no Japão com o Coral Omokag...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *