EMPRESAS: Grupo A.Yoshii conquista espaço na construção de obras industriais

Com o mercado aquecido na construção civil em todo o país, o Grupo A.Yoshii, se destaca em várias partes do Brasil, com obras de empreita para diferentes segmentos de mercado concentradas especialmente nas regiões Sul, Sudeste e Centro Oeste. São obras executadas para os setores automobilísticos, autopeças, metal mecânico, etanol e bioenergia, papel e celulose, indústria alimentícia, logística e educacional que somam mais de dois milhões de metros quadrados construídos, tornando a A.Yoshii Engenharia referência na construção de obras industriais. Entre os clientes, destacam-se obras para a Ajinomoto, Bunge, Denso, Honda, MWV Rigesa (Papel e Celulose), Grupo ETH, Pontifícia Universidade Católica, Maristas, entre muitos outros.
Para o presidente do Grupo, Atsushi Yoshii, admite que sua presença na região norte do Paraná, nas cidades de Londrina, Maringá, Arapongas e Apucarana, o grupo atua fortemente na área de incorporação de edifícios residenciais e comerciais. “Somente em Londrina, a empresa já entregou 23 empreendimentos feitos pelas construtoras A.Yoshii e Yticon, esta última lançada pelo Grupo em 2008 para atender a demanda por empreendimentos mais compactos. Nas demais cidades da região, o Grupo iniciou lançamentos em 2010 com as primeiras entregas previstas para 2013”, diz.
O Grupo possui hoje 2,4 mil funcionários diretos, o que constitui um forte diferencial para o mercado. “Temos um trabalho eficiente de gestão de recursos humanos focado no comprometimento de trabalho em equipe com qualidade, preço competitivo e prazo de execução das obras. O segredo do sucesso está no compromisso com o cliente até a pós entrega, tem que ser eficaz”, afirma o presidente do Grupo, Atsushi Yoshii.
Atualmente, o Grupo A.Yoshii executa 20 empreendimentos na incorporação, totalização 3.340 unidades entre apartamentos e salas comerciais. “Em um cenário de escassez de mão de obra na construção civil, o Grupo A. Yoshii investe de forma significativa na formação de seus profissionais, da qualificação técnica aos padrões éticos e de relacionamento humano, que proporcionam um excelente clima organizacional entre os colaboradores e demais parceiros”, aponta.

Atsushi e Kimiko Yoshii com diploma de Cidadão Honorário do Estado do Paraná (divulgação)

Destaque – Na última década, o Grupo A.Yoshii apresentou notável crescimento que o levou a ser destaque em pesquisas realizadas por revistas nacionais. No último estudo publicado pela revista Exame PME que traz o ranking das 200 pequenas e médias empresas que mais cresceram no Brasil, a A.Yoshii Engenharia aparece em 18º lugar. Na revista “O Empreiteiro”, que circula no setor da construção civil e mede o posicionamento das construtoras no ranking nacional e estadual do segmento, a A.Yoshii aparece em 13º lugar na região Sul e em 91º no nacional.
Nestes 46 anos, o Grupo A.Yoshii constrói uma história de respeito aos clientes, refletida na qualidade e pontualidade da entrega das obras, na gestão excelente de meio ambiente, saúde e segurança, que respeita e valoriza a qualidade de vida do trabalhador, gerando comprometimento e elevado nível de desempenho nos empreendimentos executados.
O Grupo também tem realizado um amplo trabalho de Pesquisa e Desenvolvimento que o posiciona na vanguarda da construção civil no Brasil. O emprego constante da tecnologia no processo construtivo levou o Grupo a ser destaque em duas matérias jornalísticas nacionais exibidas pela Rede Globo no Jornal Nacional e pela Globo News no Espaço Aberto – Ciência e Tecnologia. “Este reconhecimento nos mostra que estamos no caminho certo, na busca da melhoria contínua e maior competitividade, angariando espaço em um mercado que exige extrema qualificação e comprometimento com qualidade e prazos”, destaca Hiroshi Itikawa, Diretor Geral do Grupo A.Yoshii.
Com foco na Responsabilidade Social, o Instituto Atsushi e Kimiko Yoshii, fundado em 2006, trabalha o desenvolvimento da sociedade por meio da promoção de ações focadas na qualidade de vida, inserção social e democratização cultural. Entre os projetos desenvolvidos pelo Instituto estão palestras, circuito A. Yoshii de artes visuais, projeto “Criando Arte”, projeto Taikô, projeto Click, projeto Voluntariado, Guarda Mirim de Londrina, projeto Clube da Leitura e projetos de filantropia e doações na área social e cultural.
(Luci Júdice Yizima)

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

SILVIO SANO: NIPONICA: Bonenkai, blitz, alegria e ...   Bom, caro leitor, aproxima-se o final do ano e por todos os lados o clima já é evidente. Os shoppings estão enfeitados e com papais-noéis em q...
AKIRA SAITO: O ANO DA SERPENTE   “Buscar o equilíbrio necessário, através de uma consciência de reflexão e Sabedoria”   Iniciar o ano tendo em mente que será prec...
SHIGUEYUKI YOSHIKUMI: O hábito não faz o monge   Esse velho ditado, hoje é pouco ouvido e citado. Mas quando os religiosos andavam com ele, eram mais respeitados. Atualmente, você não disti...
SILVIO SANO > NIPÔNICA: 2015, ano de carneiro̷... Três reportagens em edições seguidas, deste JN, chamaram-me a atenção para escrever esta Nipônica: a da entrevista de Kihatiro Kita, presidente do Bun...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *