EMPRESAS: Morre Eiji Toyoda, executivo da Toyota que criou o Toyotismo

Primo do fundador da Toyota teve papel fundamental na história da marca

 

Eiji Toyoda foi presidente da Toyota entre 1967 e 1982 e continuou no conselho até sua morte. (foto: divulgação)

 

Eiji Toyoda, primo mais novo do fundador da Toyota, morreu hoje (17) de ataque cardíaco, no Toyota Memorial Hospital, que fica na Toyota City (Japão), informa o site norte-americano Automotive News Durante seus 69 anos de carreira, encerrada em 1994,  o executivo ajudou a tornar a marca japonesa um grande rival para concorrentes de peso como Ford e GM. Foi também um dos que lançou a marcaLexus e contribuiu com a chegada do híbrido Prius ao mercado.

“Ele foi muito importante para a expansão da Toyota nos Estados Unidos e no mundo, como uma companhia global”, disse o chefe de gabinete do Japão, Yoshihide Suga, durante coletiva de imprensa em Tóquio (Japão). “Também foi indispensável para o desenvolvimento da indústria como um todo”, completou Suga.

Em 1967, Eiji Toyoda foi presidente da Toyota Motor, cargo que ocupou até 1982, quando a Toyota Motor Sales e a Toyota Motor formaram a Toyota Motor Corp, nova empresa da qual foi presidente até 1992. Sob comando de Toyoda, mais de 10 fábricas foram erguidas pelo mundo, algumas delas com parte da produção exportada para vários países.

 

 

Toyotismo

Linha de produção Toyota (foto: divulgação)

O Toyotismo é um modo de organização da produção capitalista originário do Japão, caracterizado pelo just in time, criado por Taiichi Ohno e surgiu nas fábricas da montadora de automóvel Toyota, após a Segunda Guerra Mundial, tinha como elemento principal a flexibilização da produção. Ao contrário do modelo fordista, que produzia muito e estocava essa produção, no toyotismo só se produzia o necessário, reduzindo ao máximo os estoques. Essa flexibilização tinha como objetivo a produção de um bem exatamente no momento em que ele fosse demandado, no chamado Just in Time. Dessa forma, ao trabalhar com pequenos lotes, pretende-se que a qualidade dos produtos seja a máxima possível. Essa é outra característica do modelo japonês: a Qualidade Total.

 

Fonte: Uol
Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

INCLUSÃO: IPK inaugura sala de informática na Acal... O Instituto Paulo Kobayashi (IPK), com apoio da Federação das Unimeds do Estado de São Paulo (Unimed Fesp), inaugurou nesta sexta-feira (27) à noite, ...
YUI – TRIO DE INSTRUMENTOS TRADICIONAIS DO JAPÃO... Classificação: Livre Duração: 90 minutos Capacidade: 622 lugares Onde: Centro Cultural São Paulo – CCSP – Sala Adoniram Barbosa (Rua Vergueiro 10...
SILVIA IN TOKYO: Brasileira morre durante exame m... Rosalina Keiko Masuko escorregou da maca enquanto era submetida a um exame de raio X do estômago.     Veículo móvel para exame de ra...
LITERATURA: Estação Liberdade lança ‘Guerra de Gue... Publicada originalmente entre 1916 e 1917 no jornal literário Bunmei, Guerra de gueixas foi uma obra bastante ousada para a época – desde sua primeira...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *