ENSINAMENTOS: Miguel Hiroshi Shiratori assume a Presidência da BSGI

Primeiro sansei a assumir a Presidência da BSGI (Associação Brasil Soka Gakkai Internacional), Miguel Hiroshi Shiratori inicia uma nova era no comando da organização. Sucessor de Júlio Kosaka, que ficou nove anos como presidente da BSGI e que assume a Presidência do Conselho de Orientação, Miguel Shiratori terá como 1º vice-presidente Julio Tadachi China e Naoto Yoshikawa como vice-presidente do Conselho de Orientação da BSGI.

 

Miguel Hiroshi Shiratori assume a Presidência da BSGI. Foto: divulgação

 

Segundo Miguel Shiratori, o objetivo é dar continuidade aos mesmos ideais de paz, cultura e educação de Daisaku Ikeda, filósofo, escritor, fotógrafo, poeta e líder budista japonês que converteu-se ao Budismo de Nitiren Daishonin com apenas 19 anos e tornou-se membro da Soka Gakkai, uma organização que estava então sob a liderança de Jossei Toda, seu segundo presidente.

Com cerca de 200 mil adeptos no território brasileiro, a BSGI tem como objetivo primordial, desde a sua fundação, em 1960, “valorizar cada vida de forma a promover o desenvolvimento humano em prol da construção de uma cultura de paz”. Para tanto, busca contribuir com ações conscientes que promovam o potencial humano, proporcionando a plenitude de cada indivíduo e abolindo qualquer tipo de discriminação. Com base em sua missão vêm promovendo exposições, intercâmbios com universidades e museus entre outras atividades nas áreas da educação e cultura.

 

Evento da BSGI alusivo aos 70 anos de conversão do presidente Daisaku Ikeda ao Budismo. Foto: divulgação

 

Meta – Para o novo presidente da BSGI, a meta é alcançar 300 mil participantes até 2030. Segundo ele, o objetivo será conquistado através do diálogo nas comunidades locais, tendo como base a  difusão da filosofia humanística de Nichiren Daishonin, cuja diretriz básica é felicidade plena de toda humanidade, despertando em cada cidadão o elevado estado de vida que uma pessoa pode atingir.

“Atingindo essa condição iluminada, atingiremos também a sociedade em que vivemos”, explica Miguel Shiratori, acrescentando que hoje em dia tem sido cada vez maior o número de pessoas que se identificam com os ensinamentos da organização, que conta com aproximadamente 80% de seus participantes formados por não descendentes de japoneses.

Com mais de 100 sedes regionais espalhadas por todo território nacional, além de centros culturais nas grandes cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Londrina, São José dos Campos e Mogi das Cruzes, a BSGI desenvolve programas de ações nas áreas de educação e cultura como o programa da Coordenadoria Educacional cujo principal objetivo é estimular a compreensão profunda de conceitos humanistas e o saber, orientando educadores escritores, oferecendo apoio através de artigos, referências e indicações bibliográficas; documentários e materiais de apoio pedagógico.

 

Miguel Shiratori, Júlio China, Júlio Kosaka e Naoto Ishikawa. Foto: divulgação

 

Atualmente, a Coordenadoria Educacional conta com quatro Departamentos: o Makiguchi em Ação; o de Estudos e Práticas em Ciências da Educação; de Educação Humanista Soka e o Departamento de Orientação Humanista para Pais e Estudantes. Desde 2000, a BSGI mantém também o Colégio Soka e desde janeiro deste ano oferece o Ensino Médio, além do Infantil e o Fundamental.

Na área cultural, as ações  da BSGI incluem desde a realização de exposições até o estímulo às artes através de ações como a Orquestra Filarmônica Brasileira do Humanismo Ikeda e o ensino de taiko.

Para os interessados em conhecer um pouco mais sobre a BSGI pode acessar o site: www.bsgi.org.br. O presidente Miguel Hiroshi Shiratori explica que todos estão convidados a participar da BSGI.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

    Related Post

    ENTREVISTA: KIHATIRO KITA: ‘Da forma como está, a ... Em meio aos preparativos para a cerimônia de apresentação das obras de modernização das instalações do edifício-sede e à especulação sobre seu sucesso...
    Com ingressos quase esgotados, cantora Mizumori Ka... Mizumori Kaori. Foto: divulgação Considerada uma das cinco maiores cantoras do Japão atualmente, a artista Mizumori Kaori prepara um show especial...
    BAIRRO ORIENTAL: Diretor do Ilume pede mobilização... Considerado uma das principais causas das constantes quebras de luminárias nas ruas do Bairro da Liberdade, o tráfego de caminhões baús e de ônibus de...
    EVENTO: Helio Nakanishi é uma das atrações da Hair...   Entre as novidades da 12ª edição está o Projeto Ícones & Líderes, que reunirá os mais conceituados profissionais de beleza do país, entr...

    One Comment

    1. Maria das Dores Lima says:

      É uma pena , que a BSGI tendo como princípio: A Paz, Cultura e Educação, ainda não participe e não se manifeste pelas políticas públicas da educação no Brasil, ao invés disso, cria escolas Particulares, como a Escola Soka, com mensalidades não compatíveis com a realidade dos brasileiros. Lutar pela educação no Brasil, é lutar pelo cumprimento dos artigos 5 e 6 da Constituição Brasileira de, Políticas públicas em Educação de qualidade para todos e todas. Espero que este novo presidente tenha a cara e a cultura dos brasileiros, Estamos cansados de Instituições Religiosas Estrangeiras que, se apropriam da imunidade de impostos no Brasil para alienar seus adeptos e aumentarem seus bens particulares. Espero que a BSGI não esteja neste caminho. Porque a verdade sempre vencerá, mesmo que demore;

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *