ERIKA TAMURA: Estou de volta aos artigos, e agora diretamente do Japão.

Terça-feira, dia 14 de abril, estive presente em uma reunião no Consulado Geral do Brasil em Tóquio, onde líderes da comunidade brasileira no Japão, reuniram-se com o Deputado Federal Luiz Nishimori do PR.

 

Deputado Luis Nishimori (Foto: Erika Tamura)

Deputado Federal Luiz Nishimori (Foto: Erika Tamura)

 

O encontro intermediado pelo Cônsul Marco Farani, teve como objetivo aproximar o deputado com a comunidade brasileira no Japão, bem como as suas principais reivindicações.

Nishimori ouviu atentamente todos os pedidos e anotou tudo para que haja um afunilamento nessa relação entre brasileiros que vivem no Japão e políticos nikkeys no Brasil.

Todos ali presente tiveram a chance de falar e apresentar o próprio ponto de vista e opinião, a maioria dos pedidos girou em torno do tema educação. Um ponto interessante, foi o pedido de Michie Afuso, representante da ONG ABC Japan, atuante na região de Kanagawa, onde ela levanta a questão da probabilidade dos estudantes brasileiros que vivem no Japão ingressarem no programa “Ciência sem Fronteira”.

Outro ponto que vale ressaltar, foi o que Shinji Mogi destacou, a validação de certificados dos cursos japoneses no Brasil, pois há uma cartela vasta de cursos como soldas, empilhadeiras, manuseio de escavadeiras, entre outros, no qual alguns brasileiros possuem tal qualificação, mas essa qualificação vale no Brasil? Há alguma maneira de se validar esses certificados? Quais os trâmites necessários para que a validação ocorra?

Esse assunto sobre qualificação profissional, me interessa, pois trabalhei como pesquisadora de tecnologia no Japão, e a minha dúvida é, será que posso trabalhar como pesquisadora no Brasil, respaldada no meu currículo e conhecimento?

 

(Foto: Erika Tamura)

(Foto: Erika Tamura)

 

Mas voltando ao encontro com o deputado Nishimori, além do tema educação, outros pedidos também foram feitos, alguns deles: atenção maio aos retornados, fortalecer a representatividade dos brasileiros no Japão, suporte nos assuntos relacionados juridicamente a estrutura familiar, mais precisamente nos casos de divórcio e consequentemente pensão familiar, abertura na área de negócios e até mesmo um pedido inusitado de mudas de ipê para serem plantados no Japão, e usados simbolicamente nas comemorações dos 120 anos do Tratado de Amizade Brasil- Japão.

Nishimori contou, inclusive que visitará alguns brasileiros presos no Japão, e será um relator da realidade dessas pessoas.

Enfim, apesar do tempo curto, o deputado conseguiu uma hora em sua agenda no Japão para atender e escutar a todas as reivindicações, e isso já é um grande passo. Afinal, muitos políticos brasileiros passam em missão pelo Japão, mas poucos são os que se disponibilizam a ouvir a comunidade.

Enfatizando que essa reunião só se concretizou por intervenção do Cônsul Geral do Brasil de Tóquio, Ministro Marco Farani, e toda a sua equipe, bem como a boa vontade do Deputado Federal Luiz Nishimori.

Fico na torcida para que os pedidos sejam atendidos, sei que tudo no Brasil é difícil e burocrático demais, mas se ninguém se propuser a fazer, nada será realizado. Então como o Nishimori está disposto em ajudar a comunidade, essa é a chance. Espero que não seja a única.

Gostaria de aproveitar o artigo e agradecer o empenho do Deputado, que quando eu relatei sobre o fim dos consulados itinerantes no Japão, ele correu atrás, encaminhando uma carta ao Itamaraty, e o resultado é que esse ano os itinerantes voltaram e estão garantidos. Por isso tenho certeza que desse encontro, muitos frutos nascerão.

 

ERIKA TAMURA

ERIKA TAMURA

nasceu em Araçatuba e há 18 anos mora no Japão, onde trabalha no Serviço de assistência aos brasileiros no Japão da Ong chamada Sabja

E-mail: erikasumida@hotmail.com
ERIKA TAMURA

Últimos posts por ERIKA TAMURA (exibir todos)

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    Related Post

    CANTO DO BACURI > Mari Satake: Furusato   Sem mais nem menos, ele me perguntou: - De que fala a música popular japonesa? Surpresa, devo ter feito a velha cara de uéh e respondi q...
    ERIKA TAMURA: Caio Lucas e o racismo no Japão O jogador de futebol do Kashima Antlers no Japão, Caio Lucas, foi xingado por um torcedor do Urawa Reds após a vitória do Kashima sobre o Urawa. ...
    JORGE NAGAO: O japonês da Federal   Newton Ishii, chefe do Núcleo de Operações da Polícia Federal de Curitiba-PR, sede da Lava-Jato, foi o personagem nikkei da semana passa...
    CANTO DO BACURI > Francisco Handa: Um olhar sobre ... Em recente viagem a este país enigmático, a terceira realizada por interesses pessoais, ainda me causou um espanto. Não se trata apenas em perceber qu...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *