ERIKA TAMURA: Ideias Empreendedoras fazem a diferença

Há alguns anos atrás assisti a uma palestra com o diretor da Tam, na Ásia e, le mencionou que as profissões promissoras no futuro, são aquelas que ainda não existem. Elas serão criadas de acordo com as oportunidades e necessidades vigentes no momento.

E foi assim que descobri um novo nicho comercial, que na verdade já existe, só que agora há um profissionalismo da ação. O meu amigo, Ewerthon Tobace, apresentou-me virtualmente as ações de dois amigos, Diego e Rogério, e funciona assim: Sabe aquele produto do Japão que você tanto queria mas não tinha como comprar? Agora é possível, graças ao empreendedorismo de dois jovens brasileiros que moram na “terra do sol nascente”. Diego Utiyama, 27, e Rogério Taques, 35, criaram a startup Stuff in Bag (www.stuffinbag.com) – Coisas na Mala, numa tradução livre.

O site basicamente conecta os viajantes que querem ganhar um dinheiro extra e também os que precisam de um produto importado.

A ideia surgiu quando Diego fez uma viagem ao Brasil. E percebeu que é muito comum as pessoas pedirem para levar ou trazer algo. “Geralmente, os que pedem são parentes e amigos, mas eventualmente aparecem os amigos dos amigos”, diz.

Então, ele conversou com o amigo Rogério, e investiram na criação da startup. “A ideia amadureceu e resolvemos não deixar o foco restrito apenas aos brasileiros entre Japão e Brasil, mas oferecer o serviço globalmente à todos os que gostariam de fazer uma grana extra viajando pelo mundo e, também, para os que gostam de economizar tempo e dinheiro quando compram produtos importados ou inacessíveis nas suas regiões”, explica Rogério.

A ideia é muito simples: quem deseja um produto, cadastra-se gratuitamente no site e escreve lá o que gostaria de comprar. Quem está viajando para algum país, visualiza os pedidos e seleciona aquele que acha mais fácil e simples de trazer na sua mala.

A plataforma faz o intermédio entre as duas partes e fica com apenas 7% do total da compra. Só quando a entrega é confirmada é que o dinheiro é depositado na conta do viajante.

Para fazer o cadastro no site basta ter um endereço de e-mail válido, ou utilizar a conta de uma das duas redes sociais suportadas: Facebook ou Google+.

Quem pretende transportar os pedidos e fazer uma grana extra com o Stuff In Bag precisará ter, ainda, uma conta no Paypal –  que é gratuita e pode ser criada em poucos minutos, pois é através deste sistema que a pessoa receberá o valor combinado.

O público alvo do site são pessoas que estão com viagens marcadas e também aquelas que querem adquirir produtos importados ou de difícil acesso na região onde moram.

“Nosso objetivo, hoje, é criar o canal de conexão entre os desejos de compra de alguns com as pessoas que podem concretizá-los, entregando as encomendas de maneira personalizada, com baixo custo de entrega e em menor tempo, se comparados aos métodos tradicionais”, reforça Rogério.

Diego garante que a principal vantagem de usar o site ao invés de pedir a um amigo, conhecido ou parente é a transação bem sucedida. “A certeza da entrega e do pagamento está no depósito de garantia feito por quem solicita”, explica.

“Quem pediu recebe o produto e quem transportou recebe a grana”, afirma Rogério. “Havendo conflitos na transação, nós entramos para mediar e, se necessário, o dinheiro é devolvido ao solicitante. Na eventualidade do viajante adquirir o produto e o solicitante desistir, ajudamos a encontrar outro interessado naquele produto”, completa.

Também não há o perigo do viajante trazer um produto proibido na mala, já que ele sabe exatamente qual é o pedido e ele mesmo quem vai efetuar a compra.

“Nós conectamos desejos e pessoas ao redor do mundo, criando um mundo sem fronteiras”, resume Diego.

Como podemos observar, as oportunidades estão a nossa frente, quem tem maior preparo percebe e agarra-a. Por isso sempre digo que todas as dificuldades podem ser vencidas, basta um pouco mais de perspicácia

 

 

ERIKA TAMURA

ERIKA TAMURA

nasceu em Araçatuba e há 18 anos mora no Japão, onde trabalha no Serviço de assistência aos brasileiros no Japão da Ong chamada Sabja

E-mail: erikasumida@hotmail.com
ERIKA TAMURA

Últimos posts por ERIKA TAMURA (exibir todos)

     

     

     

    Related Post

    AKIRA SAITO: KI O TSUKE   “Um determinado estado de consciência pode mudar toda a perspectiva de um instante”.     No Budô (Caminho das Artes Marciais ...
    SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: 100 anos do clã Yasunaga em ...   Foi celebrado no dia 20. A data exata é 10 de maio, mas a antecipação foi para aproveitar o feriado prolongado e facilitar a vinda dos que res...
    JOJOSCOPE: Oka o Koete – Pic nic na colina   Fujiyama Ichiro imortalizou canções dos novos tempos.     “Oka wo koete” (丘を越えて), ou “Subindo a colina” foi um big hit l...
    ERIKA TAMURA: Jogada Bonita Morando no Japão há tanto tempo, ainda consigo me surpreender com as atitudes fantásticas de alguns brasileiros, atitudes essas que merecem destaque! ...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *