ERIKA TAMURA: IV FÓRUM DE EDUCAÇÃO NO JAPÃO

Nos dias 4 e 5 de maio foi realizado o IV Fórum de Educação Brasil Japão, na província de Shiga.

Um evento de dois dias discutindo várias ramificações de um mesmo tema, com o intuito de conquistar melhores condições aos jovens brasileiros que vivem no Japão, e foi realizado por uma força voluntária dos que acreditam na educação das crianças brasileiras.

O Fórum tem como organizadora, mentora e idealizadora, Lilian Hatano, professora da Kinki University de Osaka, é uma das pessoas por quem tiro o chapéu, afinal não é fácil organizar um evento, ainda mais um evento sobre educação em pleno feriado prolongado japonês (golden week).

E o evento reuniu cerca de 300 pessoas, um número que considero louvável nos dias atuais e ainda mais nessa época do ano, o público era formado por profissionais da área, representantes de NPOs e principalmente pais.

Foram dois dias proveitosos, divididos em várias mesas de discussões com temas interessantes como: a inclusão social do jovem brasileiro na sociedade japonesa, o papel do tradutor e seus desafios nas escolas japonesas, inclusão das escolas brasileiras no contexto sócio-político-econômico japonês, educação inclusiva, planejamento escolar, custos escolares com a educação no Japão e atividades lúdicas para as crianças. E ainda a apresentação de palestras sobre inclusão social e cidadania com a professora Shigeyo Mizoguchi e free schools com os professores Daisuke Onuki e Keiko Okuchi.

Isso tudo no primeiro dia. O segundo dia, os temas de discussões foram: português como língua de herança, free schools e escolas alternativas, educação inclusiva, planejamento escolar, atividades lúdicas e oficina de colagem, encontro de famílias com crianças autistas.

Fora as mesas de debates e palestras, o público ainda pôde presenciar a apresentação de capoeira, taikô e uma apresentação especial de violoncelo com Roberto Kazuo Watanabe Yamashita, 9 anos e autista.

A iniciativa e a proposta de realização desse evento é excelente e digna de muito agradecimento da comunidade pela preocupação dos idealizadores do Fórum, pois ali ninguém estava para ganhar dinheiro, todos trabalhando voluntariamente, e cada um ajudou como podia e no que podia ajudar.

Mas será que toda a comunidade brasileira reconhece a importância de um evento como esse? Será que essa preocupação dos pais em relação ao futuro acadêmico dos seus filhos é uma manifestação geral dentro da nossa comunidade no Japão?

Na minha opinião, mesmo que a comunidade não reconheça o valor de tal evento, e ainda assim não aproveite o evento para fazer contatos e mesmo que a preocupação familiar não seja geral, por tudo o que vi ali, já valeu a pena, afinal se ajudar um jovem a voltar a sonhar com o seu futuro, já está valendo! E eu sei que de todos que estavam presentes, a maioria saiu de lá com outra cabeça, outra determinação e um brilho a mais no olhar!

Vale ressaltar o que o Secretário de assuntos da comunidade, da Embaixada do Brasil em Tóquio, Ivan Seixas comentou comigo, para que todo o contexto do Fórum tenha uma real validade e atinja o seu propósito, se faz necessário um documento pleiteando os inúmeros pedidos, mas esses pedidos tem que ter cabimento e estar dentro da alçada do governo brasileiro dentro de uma jurisprudência legal respaldado em propostas justas e pedidos viáveis, o secretário comentou que a Embaixada, recebe inúmeros pedidos de ajuda, e o Embaixador tem boa vontade em atender a todos, mas tem alguns pedidos que não tem nem pé nem cabeça e assim fica difícil o governo brasileiro ajudar, e observem, não é por má vontade! A Embaixada enviou o secretário Ivan até Shiga para ficar próximo aos pedidos da comunidade num assunto sério, que é a educação, e a presença de um representante do governo brasileiro no evento pode ser interpretado como: “queremos ajudar”.

Quero parabenizar a todos os idealizadores do Fórum que colocaram as mãos na massa ao contrário de muitos que só sabem criticar e nada fazem para mudar algo!

 

ERIKA TAMURA

ERIKA TAMURA

nasceu em Araçatuba e há 18 anos mora no Japão, onde trabalha no Serviço de assistência aos brasileiros no Japão da Ong chamada Sabja

E-mail: erikasumida@hotmail.com
ERIKA TAMURA

Últimos posts por ERIKA TAMURA (exibir todos)

     

     

    Leave a Reply


    Logged in as Redação. Logout »

     

     

    Related Post

    ERIKA TAMURA: O futuro do trabalhador brasileiro n...   Sábado passado participei da reunião do conselho de cidadãos jurisdição Tóquio, onde o tema debatido foi o futuro do trabalhador brasileiro ...
    AKIRA SAITO: KI KEN TAI “O Ser humano deve sempre buscar a excelência em tudo que faz”   No Kendô temos um conceito que se diz: KI KEN TAI – “KI” energia, espírito, ...
    BEM ESTAR: Desperdícios A providencia divina é infinita, não por isso devem desperdiçar, como que existisse fonte inesgotável de suprimentos. Mas falemos de uma coisa mais...
    ERIKA TAMURA: O que estou achando do Brasil   Decidi retornar ao Brasil em maio, cheguei em junho, em julho voltei ao Japão, fiquei 2 meses e agora novamente estou no Brasil. E a per...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *