ERIKA TAMURA: Os bastidores do Tokyo Motor Show

 

Estive presente no Tokyo Motor Show 2013, como já noticiei aqui. Portanto hoje venho para escrever sobre a organização impecável deste evento.

Participei esse ano como imprensa e por isso posso contar com detalhes tudo o que eu vi e presenciei.

 

Sem comentários, particularmente, sou apaixonada pelos carros da lexus

 

Japão deveria ser sinônimo da palavra organização, porque até mesmo nos mínimos detalhes percebe-se a preocupação em realizar-se o melhor evento, sem falhas e sem brechas. É claro que uma falha aqui, outra ali, aconteceu, mas eu sinceramente não vi.

O impacto surpresa já aconteceu logo no início, onde chegamos até a sala de imprensa, uma sala enorme com cabos de internet à disposição dos profissionais, e se quiser a internet sem fio também sem problemas, a senha estava na mesa. Em um canto, uma geladeira com águas, chás e até cerveja sem álcool à vontade. Em outro canto, impressoras disponibilizadas especialmente para a imprensa, e para os fotógrafos presentes que por um acaso se depararem com algum imprevisto, tínhamos ali assistência técnica para as câmeras. Esse foi o tratamento dado para os profissionais de comunicação.

Mas o público presente também pôde contar com a excelência organizacional do evento. Filas, muitas filas, para tudo tinha fila, mas a paciência do povo japonês se faz presente nessas horas. Apesar da quantidade enorme de visitantes no local, não havia tumultos, muito menos empurra-empurra e nem falta de informações. Tudo muito bem explicado, mapas em todos os lugares, placas de identificações dos locais bem visíveis. O local também ajudou, pois o Big Sight é estruturalmente apropriado para este tipo de eventos. Sem contar com a facilidade de acesso, pois conta com estações de trens, saídas de rodovias expressas, locais para pedestres, tudo meticulosamente pensado para que tudo ocorra dentro do previsto.

E quando é assim, fica fácil trabalhar, afinal o profissional de imprensa encontra condições para desenvolver um trabalho de excelência, por isso toda estrutura de organização é mais do que fundamental para o sucesso do evento.

É nessas horas que me pergunto, como será a Copa do Mundo de futebol no Brasil? Vejo que no Japão tudo caminha de forma perfeita, e são os detalhes que realmente me chamaram a atenção. Cada cuidado, cada gesto, o tratamento educado…

No primeiro dia do Tokyo Motor Show perdi minha carteira com os meus cartões de visita, e por incrível que pareça no outro dia a organização do evento me ligou dizendo que encontrou a minha carteira e que eu comparecesse ao local com um documento de identificação, e quando fui buscar estava tudo ali, intacto.

Na minha opinião excelência não é uma virtude é um hábito que se pratica todos os dias. E os japoneses sabem disso, por isso trabalham beirando a perfeição em tudo que fazem.

E ao final do evento, recebi um e-mail da equipe organizadora do Tokyo Motor Show, pedindo a minha opinião sobre o evento, e se for o caso, deixar uma crítica ou sugestão para ser sanado até o próximo evento. Só para finalizar, esse tipo de tratamento faz com que todo profissional da mídia tenha condições para o melhor desempenho de sua tarefa, além de fazer com que cada pessoa ali presente se sinta especial, se sinta com um papel importante no sucesso do evento.

 

A maior exposição de carros da Ásia

 

 

 

 

Erika Tamura

nasceu em Araçatuba e há 15 anos mora no Japão, onde trabalha com desenvolvimento de criação. E-mail: erikasumida@hotmail.com

 

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

CANTO DO BACURI > Francisco Handa: Tão breve foi ...   Tão breve foi Meia vida se foi No soprar de uma tormenta Tão passageira Como um papel se inflamando A consumir-se por inteiro Sem na...
MEIRY KAMIA: Como ter mais disciplina e alcançar ...   Muitas pessoas se frustram porque fazem planos que não conseguem cumprir. Planos esses que envolvem diversas áreas da vida como: comprar uma...
ERIKA TAMURA: Fortalecimento da relação Brasil e J... Eu posso estar enganada, mas tenho observado que o mundo está girando rápido demais, e nessas voltas, percebi que o momento econômico do Japão...
MUNDO VIRTUAL: Receita Federal também observa o q...   Como tudo na vida, o mundo virtual também tem seus prós e contras: se por um lado o usuário das redes sociais tem a possibilidade de utilizá...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *