ERIKA TAMURA: Parabéns Portugal!

Quem me conhece, e quem acompanha os meus artigos, sabe o quanto eu gosto de futebol. Sou corinthiana, sofredora, sim…

Mas tenho uma admiração especial pelo jogador Cristiano Ronaldo, e nem é pelo fato dele ser lindo, o que me encanta de fato não é a aparência, podem acreditar. Comecei a gostar do Cristiano Ronaldo quando ele despontou no futebol e fui ler sobre a sua vida, garoto pobre, filho de pai alcoólatra, e que sempre sonhou em ser jogador de futebol. Até aí, nenhum ponto chamativo capaz de prender a atenção de ninguém, afinal, sabemos de histórias muito mais difíceis no mundo esportivo. Mas o grande diferencial é o próprio Cristiano Ronaldo! Ele é tão inteligente que, desde muito novo, entendeu que o sonho dele só se tornaria um objetivo alcançável se houvesse muita dedicação.

É aí o grande x da questão que quero chegar. Afinal Messi, Neymar, Ronaldinho, nasceram com talento, o que acontece com um em cada um milhão de pessoas. Cristiano Ronaldo, nasceu com talento? Sim, senão não se destacaria, mas percebeu que para figurar no topo precisaria de mais do que isso. E então tornou-se o que ele é hoje.

Essa semana, o nome de Portugal, e consequentemente do atleta português, ganhou destaque pela vitória consagrada na Copa da Europa. Parabéns para Portugal, mas muito mais parabéns para Cristiano Ronaldo, que merece muito esse título!

Saindo um pouco do âmbito do futebol, e partindo para um aspecto muito mais abrangente, por exemplo, a nossa vida. Podemos usar o exemplo de Cristiano Ronaldo como um parâmetro de determinação. Podemos nos dedicar muito e com isso desenvolvemos as habilidades para sermos melhores. Eu costumo falar isso para algumas pessoas, e já escutei como resposta cada frase esdrúxulas como: “ele é gay”, “ele é metrossexual”, “ele é vaidoso”… e tantas outras que não convém citar. A minha resposta para todas as frases sempre foi a mesma: “e daí?”.

E daí se ele é tudo isso que falam? Cada um é cada um, eu o admiro pelo atleta que é, pelo profissionalismo, e mais ainda pela dedicação que ele tem em tudo o que faz.

Mesmo quando o treino acaba, Cristiano Ronaldo é o último a ir embora, ele é totalmente entregue aos treinos, focado no que ele quer, e para ele não basta ser mediano, ele tem que ser o melhor, o número 1, sempre. É isso que ele busca, e não vejo nada de errado nisso, pois na vida temos que agir assim. Sermos focados, determinados para atingirmos o objetivo almejado, não é mesmo?

Admiro o atleta Cristiano Ronaldo, porque ele consegue mostrar para todos que é possível ser o melhor em tudo, basta ter dedicação. Com isso ele se aproxima das crianças, mostrando que não é preciso nascer Neymar para ser um craque, basta ter disciplina e força de vontade para se dedicar, que você pode chegar lá…

E isso tudo ele demonstrou nesse último jogo contra a França, tem presença e genialidade, mesmo sem jogar.

Esse momento de felicidade de Portugal, é merecido!!

 

ERIKA TAMURA

ERIKA TAMURA

nasceu em Araçatuba e há 20 anos mora no Japão, onde trabalha no Serviço de assistência aos brasileiros no Japão da Ong chamada Sabja

E-mail: erikasumida@hotmail.com
ERIKA TAMURA

Últimos posts por ERIKA TAMURA (exibir todos)

     

    Related Post

    SILVIO SANO > NIPÔNICA: Eleições? Novo martírio à ... “Volto a bater na tecla das não eleições de candidatos nikkeis e, dessa vez, extrapolando as fronteiras de Sampa. Acompanhei, no domingo, a contagem d...
    ERIKA TAMURA: Brasil, e seu momento político O Brasil passa por um momento transitório histórico. Pode não ser o melhor momento, mas que já entrou na história, entrou. Para mim, que estou ...
    JORGE NAGAO: Charles Chibana, Show!   O avô Kohan praticava karatê mas obrigou os netos a aprender judô pois apreciava a filosofia desse esporte. Criado pelo japonês Jigoro K...
    JOJOSCOPE: Miyazaki Hayao anuncia aposentadoria   Miyazaki Hayao, um dos nomes mais conhecidos no mundo da animação, despede-se do trabalho. O anúncio foi feito pelo presidente da Studio Ghi...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *