ERIKA TAMURA: Shinzo Abe e o abenomics

 

Ontem assisti pela tv japonesa, um discurso do primeiro ministro japonês, Shinzo Abe. Onde ele explicava a sua medida política denominada Abenomics. Eu não sou especialista em economia mundial, nem sou profissional no assunto relacionado a política internacional, mas tento acompanhar todas as informações e o que eu não entendo eu tento entender, mas posso confessar uma coisa: admiro esse ministro!

Shinzo Abe, me parece com pulso firme para comandar o Japão, e assim permanecer no poder até o fim do mandato, coisa que não acontece desde 2006 com Junichiro Koizumi.

Na verdade, eu sentia o Japão meio à deriva nesses últimos anos, tudo caminhava porque estruturalmente está muito bem alicerçado a economia japonesa, mas isso pode ser comparado às dunas de areias do deserto, onde um vento pode mudar toda a paisagem.

A necessidade de se ter uma liderança forte, centrada, com medidas enérgicas se fez presente no discurso de Abe, e hoje, eu vejo que ele tem trabalhado em cima desse discurso para não se perder muito o foco a ser alcançado. Mas o que me chama a atenção nas características do Ministro, é a sua diplomacia, pois ao mesmo tempo em que se é enérgico na tomada de uma decisão, ele consegue ter carisma para lidar com as adversidades. E eu como estrangeira moradora no Japão, me preocupo sim a cada troca de ministros, me preocupo com o plano político que cada ministro traça, mas com Abe, me sinto segura, mesmo porque ele sempre defendeu as relações exteriores do país e sempre ressaltou a importância da mão de obra estrangeiro no Japão. Eu disse mão de obra estrangeira NO JAPÃO, pois é assim que Abe acha que deve ser, os produtos não precisam sair do país para serem fabricados lá fora, podem ser fabricados no Japão, e usar a mão de obra estrangeira. Tanto é que Abe lançou um programa de repatriamento de algumas fábricas eletrônicas e automotores que estavam expandindo-se pela Ásia, e deixando o Japão.

Mas a pergunta que não quer calar é: a alta do imposto. Isso irá acontecer mesmo? É uma medida necessária? A economia japonesa aguentará um aumento tributário? Enfim, após tanta polêmica, a alta do imposto foi adiada por mais um tempo, pois Abe alega que o mercado econômico japonês tem reagido bem, mas demonstra uma grande dificuldade em lidar com uma economia deflacionária. Na verdade, pode ser que Abe esteja contido nas decisões sobre os aumentos tributários, por receio da não aceitação do povo em relação ao seu governo, afinal, uma rejeição a essa altura do campeonato seria muito desagradável.

Eu acredito no seu governo, e desde o começo deposito minhas esperanças em Shinzo Abe, mas nunca se sabe o que está por vir, pode ser que eu me decepcione ou não, pode ser que eu tenha que vir aqui e reescrever um artigo, dizendo que Abe não é tudo isso que pensei, mas também pode ser que eu venha aqui para elogiar o seu governo e toda a sua visão política.

Muito se fala em crise econômica no Japão, na minha opinião, esse ano está melhor que muitos anos atrás, pois estamos em pleno feriado de finados, e os japoneses estão viajando como nunca, e em qualquer shopping que eu vá tenho certeza que estará repleto de consumidores com sacolas nas mãos, acho que isso serve como um termômetro popular para se medir a economia de um país.

Agora é curtir o feriado, mas com muito cuidado, pois o calor aqui está intenso e tem feito muitas vítimas, algumas até fatais.

 

 

Erika Tamura

nasceu em Araçatuba e há 15 anos mora no Japão, onde trabalha com desenvolvimento de criação. E-mail: erikasumida@hotmail.com

 

 

 

 

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

JORGE NAGAO: Masao Ohno, o homem-livro Masao Ohno, o homem-livro   Neste turbulento mês de março, entre os gritos de golpeachment e não vai ter golpe, emergiu o nome do lendário...
ERIKA TAMURA: Bullying no Japão O assunto desta semana é delicado, e preza pela gravidade e o tabu que envolvem o tema: bullying, ou, como se diz aqui no Japão, iijime. Quando digo q...
AKIRA SAITO: SHINNEN AKEMASHITE OMEDETOU GOZAIMASU...   “Desejar o bem ao próximo, sem pretensões, sem esperar nada em troca, apenas pelo simples fato de querer propagar o bem”     Um novo ...
AKIRA SAITO: POR QUE AQUI É ASSIM?   “Uma Nação Séria é baseada em um povo educado, culto e de valores”     Nas últimas semanas parece que virou um “Replay” de no...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *