ERIKA TAMURA: Shinzo Abe, reeleito presidente do PLD

 

Essa semana, o Primeiro Ministro japonês, Shinzo Abe, foi reeleito por mais três anos como Presidente do seu partido, o PLD (Partido Liberal Democrata). E a vitória se deu de uma forma unânime, ou seja, sem candidatos para disputar o cargo com Abe, isso ocorreu porque a única candidata disposta a disputar pelo cargo, Seiko Noda, não conseguiu apoio para legalizar a sua candidatura.

Essa vitória do ministro Abe, pode significar a sua continuação no cargo de Primeiro Ministro do Japão. Não posso afirmar isso com certeza, pois no Japão, como o sistema é parlamentarista, os parlamentares é que decidem o tempo de vigência de um governo, dependendo de inúmeras combinações de interesses e prioridades com a satisfação do povo.

Povo esse que sabe exigir quando precisa e, tem voz uníssona quando quer, como por exemplo no caso da construção do estádio olímpico. Um estádio no qual a sua construção já começou de forma estranha, e que depois fora constatadas irregularidades como o super faturamento de suas obras. O estádio polêmico já estava em andamento quando o povo pediu ao governo satisfações pelos gastos exorbitantes. Abe, se viu num beco sem saída, e suspendeu as obras, retomando tudo do zero, agora de forma limpa, foi em rede nacional e pediu desculpas ao povo pelo transtorno causado pelas obras, bem como os gastos desnecessários para a construção.

Muitos criticam Shinzo Abe, mas ele está numa posição que é oito ou oitenta, ou o povo ama ou odeia, pois há grupos radicais no Japão que defendem com unhas e dentes o seu ponto de vista. Eu admiro muito essa diplomacia do Abe, ao mesmo tempo que ele tem uma flexibilidade em lidar com dois opostos, ele tem pulso firme nas suas decisões. E acredito que ele tem feito o máximo que pode para poder governar a economia japonesa, que a princípio pode parecer fácil, mas não é. Vi um discurso, onde o ex-primeiro ministro japonês, Taro Asso, dizia que a economia japonesa se contrapõe a qualquer outra no mundo, pois existe deflação, e os economistas sabem trabalhar muito bem com inflação, mas com deflação é complicado, pois é mais raro.

Uns dias atrás houve uma manifestação em frente ao congresso japonês, onde o povo dizia “Fora Abe”, porque ele sancionou uma lei, onde o exército japonês pode voltar a atacar, o que era proibido desde o fim da segunda guerra mundial.

E o governo do Abe é assim, uns apóiam muito, enquanto que outros querem a sua saída. No balanço final, a sua popularidade continua em alta, e ele continua firme no poder.

Um ponto que tenho que ressaltar, é que uma nova crise, como o Lehman Shock pode estourar a qualquer momento, e dessa vez, na China. No último encontro do G20, o próprio ministro da economia chinesa tocou nesse assunto. E se a China tremer economicamente, poderá ter um efeito dominó catastrófico, e que afetará  todos os países, inclusive o Brasil. Sempre disse que essa economia crescente da China, poderia ser falsa, uma falsa ilusão.

E o Abe, sabe disso, por isso ele projeta uma economia interna muito forte e cheia de barreiras e restrições, acredito que isso tudo seja um preparo estrutural para aguentar mais uma crise econômica mundial.

Agora a nível de brasileiros no Japão, quem se qualificar, estudar poderá se garantir, e não precisará temer crise nenhuma.

 

ERIKA TAMURA

ERIKA TAMURA

nasceu em Araçatuba e há 18 anos mora no Japão, onde trabalha no Serviço de assistência aos brasileiros no Japão da Ong chamada Sabja

E-mail: erikasumida@hotmail.com
ERIKA TAMURA

Últimos posts por ERIKA TAMURA (exibir todos)

     

    Related Post

    SILVIO SANO > NIPÔNICA: CADÊ OS CAVALHEIROS?!   “Já houve época em que cavalheirismo era uma das qualidades primordiais para se conquistar uma garota. Época romântica, aquela. Cá prá n...
    SILVIO SANO > NIPÔNICA: BALEIA AZUL Hiroaki acabara de sair do banho após dia extenuante. Colocou roupa leve com um sobretudo trazido do Japão e desceu ao térreo onde Mário, assistindo à...
    MEIRY KAMIA: O poder da transformação *por Meiry Kamia   Momentos de crise põem em xeque nossas crenças, hábitos, vitórias e certezas. No ideograma chinês, a palavra CRISE é for...
    ERIKA TAMURA: Japoneses que ajudam a comunidade br... Trabalhando na ONG, conheci japoneses que doam o tempo e o conhecimento que tem para ajudar os brasileiros que vivem no Japão. A ONG SABJA, conta c...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *