ERIKA TAMURA: Show do Begin em Tokyo

No último dia 20, passei por uma experiência única e inesquecível. Fui ao show da banda Begin, aqui no Japão.

Para quem não sabe, Begin é uma banda de Okinawa, formada por 3 músicos que, recentemente estiveram no Brasil, participando do Festival de Okinawa.

Pois bem, achei o show divertidíssimo, eles conseguiram transformar um mega show com um público de 11 mil pessoas, numa grande festa acolhedora. Parecia que todos que ali estavam eram da mesma família, a família musical Begin.

O local escolhido para o show foi a arena do sumô em Asakusa. Não poderia ser mais propício.

Me encantou ver que uma banda de Okinawa, que canta músicas tradicionais de Okinawa, fazendo esse mega sucesso em Tokyo, e mais ainda, comemorando 25 anos de carreira. Me encanta porque eu sei o quanto o povo de Okinawa ainda sofre com a discriminação dos japoneses, agora bem menos é claro, mas já foi pior. E essa discriminação serve até para aproximar os okinawanos com os brasileiros. E olha que essa mistura deu muito certo!!

Já na entrada, eu me senti no Brasil, pois só tocava música brasileira, nem parecia que eu estava em Asakusa, um dos bairros mais tradicionais de Tokyo.

O Begin, usa muita sanfona, muito pandeiro, muitos ritmos acalorados, é praticamente impossível não gostar. E eu, não gostei, eu amei! Me apaixonei pelo show! Confesso que em alguns momentos fiquei emocionada. Principalmente quando entraram os sons dos taikos. Aqueles tambores japoneses tocam no compasso do coração e parecem ecoar a vibração emocional dentro de nós.

Eu sou muito apaixonada pela cultura de Okinawa, tanto é que já fui para lá umas 7 vezes, e sempre com a promessa de voltar, pois é um lugar mágico. A cultura, a paisagem, as pessoas, o ritmo, tudo me encanta e me fascina. Costumo falar que Okinawa é o Brasil que deu certo. Até a comida me conquistou, logo eu, que sou bem enjoada para comer…

Mas o povo de Okinawa me conquista de outra forma, através da alma. Sei que eles têm uma áurea especial, são alegres e zens. Vou para Okinawa e não quero mais ir embora de lá, assim como quando conheço alguém de Okinawa e já me sinto amiga.

O Begin passa tudo isso no show deles, é muito legal ouvir eles contando que brincavam juntos quando eram crianças, e que se conheceram na escola, começaram a tocar e voaram rumo ao sucesso. Saíram de Ishigakijima, uma ilha pequena, para conquistar o mundo. E é um show tão gostoso, fiquei impressionada de ver como o clima era agradável. Para se ter uma ideia, foi mais ou menos 5 horas de show, e ainda dá vontade de falar: Não vão embora!

Estou acostumada à ir em shows e grandes eventos, principalmente no Brasil, onde os cantores utilizam de grandes produções, queima de fogos, etc. E o Begin, com uma produção justa, impecável e simples, fez do show, o melhor show que já fui na minha vida!

Agora, tem a parte mais emocionante de todas!!  A parte em que eles falaram do Brasil, contaram sobre o encontro com Chitãozinho e Xororó, e passaram um vídeo da música Evidências, onde Chitãozinho e Xororó cantam uma parte em português e o Begin canta em japonês, e depois eles trocam, a dupla brasileira canta em japonês e o Begin canta em português. Arrepiou até a alma, chorrei de emoção. Sabe o que isso significa para mim? Significa uma realização de vida, de alma brasileira.

Chitãozinho e Xororó, são incontestáveis no quesito sucesso e referência em música brasileira, mas ver o vídeo sendo passado em Asakusa, no templo do sumô, para um público de 11 mil pessoas, e escutar o Begin falando só coisas boas do Brasil, dá vontade de chorar sim! Pois sabemos que o país está se dilacerando, por causa dessa vergonha política e econômica atual, e vem uma banda japonesa e vê um Brasil lindo, com um povo super simpático, carismático, que dó! Fiquei feliz sim, pois isso mostra que o Brasil é maravilhoso, só está sendo maltratado e judiado pelas pessoas que o governam. E apesar de tudo isso, o Begin ama o Brasil. E porque nós brasileiros também não vamos amar? Vamos sim, o Brasil tem jeito.

Terminado o show, conheci os músicos que compõem a banda, e confesso que virei muito fã. São pessoas iluminadas, que fazem o que gostam e dividem um pouco dessa paixão com os seus fãs.

 

ERIKA TAMURA

ERIKA TAMURA

nasceu em Araçatuba e há 18 anos mora no Japão, onde trabalha no Serviço de assistência aos brasileiros no Japão da Ong chamada Sabja

E-mail: erikasumida@hotmail.com
ERIKA TAMURA

Últimos posts por ERIKA TAMURA (exibir todos)

    Related Post

    CANTO DO BACURI > Francisco Handa: Entardecer em o... Entardecer em outono Outono vai morrendo No fundo Mais profundo do poço Em que nenhuma luz Consegue entrar Os medos habitam Este lugar As ...
    AKIRA SAITO: VII CAMPEONATO SUL-AMERICANO DE KARAT... Na próxima semana, nos dias 13, 14 e 15 de novembro, acontece na cidade de Foz do Iguaçu-PR, o VII  Campeonato Sul-Americano de Karate-do Goju-kai, ev...
    NOTÍCIAS DE BAURU: Festival de yakissoba em prol d... Realizada 12, 13 e 14 de setembro, o evento deste ano corre o risco de não se realizar por falta de voluntários. A produção do prato é feita sob...
    JORGE NAGAO: Gushiken, Guerreiro com G   "Dizem que Gushiken era o único a quem Lula ouvia nos momentos de crise" (Cezar Bergantini, no jornal O Diário do Norte do Paraná, Maringá, ...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *