ERIKA TAMURA: Suicídio no Japão

O artigo dessa semana, fala um pouco sobre o meu estado de espírito ultimamente.

Estou muito surpresa, para não dizeer preocupada com o crescente número de suicídios no Japão. Concordo que esses números sempre foram altos, mas de uns tempos para cá, tenho percebido um aumento, e o pior, uma ocorrência cada vez maior entre os brasileiros que vivem no Japão.

O número de suicídios entre os brasileiros não é grande, mas pode ser um sinal de alerta, afinal não somos um país onde o suicídio é uma ocorrência característica negativa do povo. No Brasil, o Diferentemente do Japão, que vem de uma cultura milenar, onde o suicídio muitas vezes está ligado à honra, veja o exemplo dos kamikazes na guerra.

Mas os tempos aqui no Japão são outros, os problemas existem, são reais. Vamos tirar toda aquela glamourização que se sabe sobre o Japão. O Japão é um país maravilhoso para se viver? Sim. Tem os seus encantos, mas também existem os seus problemas, e com isso, alguns brasileiros encontram dificuldades na adaptação.

Uma das grandes causas de suicídio atualmente no Japão, figura-se entre os jovens, e posso dizer com firmeza que na maioria das vezes é devido ao bullying sofrido, ou o ijime, como se fala por aqui.

É complicado lidar com tudo isso, mas o que não pode acontecer de jeito nenhum, é perdermos o nosso poder de indignação, afinal, quem mora aqui no Japão e depende do transporte público, mais especificamente trem em Tóquio, como eu, sabe que quase todos os dias ocorrem problemas nas linhas relacionados á suicídio.

É muito triste tudo isso. Eu fico com o coração na mão quando veja o noticiário. Os motivos do suicídio atualmente, pouco têm a ver com a questão da honra, como citei anteriormente. O dia a dia no Japão é muito intenso, em todos os sentidos, pois a pressão educacional, profissional, cultural, é tão grande que muitas vezes fica difícil tocar o barco.

Ás vezes me pergunto se os japoneses tivessem um pouco mais de calor humano, esse número de suicídios não diminuiria. Talvez sim. Mas quem é que vai saber essa resposta, não é mesmo?

Sei que me preocupa muito isso, pois a tendência é piorar, principalmente entre os brasileiros que vivem no Japão. Pois já foi constatado que está aumentando o número de idosos brasileiros no Japão, e a maioria nunca pagou a previdência, nem no Brasil e nem no Japão, isso tem sido um dos maiores causadores de depressão na comunidade brasileira, pois há um sentimento de desamparo, de insegurança. E todos sabem que onde há insegurança, há atitudes controversas.

É preciso cuidado, e muito tato para lidar com essas questões. Entendo que todo processo migratório gera insegurança e muitos problemas em decorrência disso, mas o brasileiro sempre lutou tanto pela vida, afinal no Brasil há uma luta diária para se viver, e o pensamento em suicídio nunca foi uma das saídas buscadas pelo povo brasileiros, mas aqui no Japão parece que isso vem mudando, mesmo que ainda seja um número pequeno ainda, a prevenção terá que ser feita agora.

ERIKA TAMURA

ERIKA TAMURA

nasceu em Araçatuba e há 20 anos mora no Japão, onde trabalha no Serviço de assistência aos brasileiros no Japão da Ong chamada Sabja

E-mail: erikasumida@hotmail.com
ERIKA TAMURA

Últimos posts por ERIKA TAMURA (exibir todos)

    Related Post

    SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: Zeladoria do Planeta em Lins   Dan Mabe, seu pai e conterrâneos (Foto: Shigueyuki Yoshikuni)     A dedicação dessa ONG em manter o nosso planeta livre ...
    SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: BON ODORI EM LINS   Em comemoração aos 93 anos da emancipação do município, realizou-se no Bunkyô no dia 20, com participação das cidades da região. A todos os pr...
    SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: Tanomoshi   Ajuda mútua financeira entre pequeno grupo de amigos, assim define o dicionário. Em certa época, havia inúmeros grupos. Até cheguei a admini...
    JORGE NAGAO: O Reencontro   Quando o poeta Vinicius de Moraes contava que passava horas e horas na banheira bebericando um uísque, compondo, batendo papo ou simplesment...

    One Comment

    1. Oh, Erika Tamura san, que bom dar o alerta!!!
      Verdade, não existe o desejo de suicídio entre os brasileiros. Que providências sejam tomadas logo!!!

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *