ERIKA TAMURA: Tokyo Auto Salon 2014

 

Nos dias 10, 11 e 12 de janeiro foi realizada em Chiba, o Tokyo Auto Salon, um evento com carros tunados.

 

 

 

Para quem curte o filme Velozes e Furiosos, e é fã de carros tunados, esse foi o evento perfeito para o deleite desse público.

 

 

Realizado em Makuhari, o Tokyo Auto Salon, contou com obviamente muitos carros personalizados e mexidos de todas as maneiras possíveis e imagináveis, e ainda houve apresentação de drift, shows, público animado, modelos japonesas e uma vasta linha de acessórios para quem gosta de mexer tunar o seu carro.

 

 

Compareci no sábado, dia 11 e pude comprovar que o povo japonês é aficionado por carros, nem todos é claro, mas a grande quantidade de pessoas comprova que tunar carros continua em alta, e é um mercado de grande aquecimento econômico e que movimenta o orçamento de muitas pessoas.

 

 

O evento se diferencia do Tokyo Motor Show, exatamente no quesito personalização do carro, pois no Auto Salon a prioridade não são as montadoras e sim as empresas de customização automotoras, e vou confessar, fiquei impressionada com a diversidade de acessórios e ainda mais com a capacidade de se transformar um carro. Sou apaixonada por carros, não sou a mais entendida no assunto, mas entendo um pouco do assunto motor.

 

 

Gosto de drift, e fora do pavilhão houve uma demonstração de drift, aquele barulho de motor me fascina. Não sei de onde vem essa minha paixão por carros, só sei que gosto.

As pessoas me perguntam se tenho vontade de ter um carro com meu próprio estilo, e eu respondo que sim, mas não tenho pois isso significa uma grande demanda financeira, e atualmente não tenho recursos para a manutenção de um carro tunado. E nem tempo, pois para se ter um carro perfeito precisa de muita dedicação, portanto tenho o meu carrinho básico mesmo que atende as minhas necessidades.

 

 

O público presente se caracteriza como na maioria homens e jovens, é o perfil de quem é adepto a essa prática de tunar o carro, mas me impressionei com a grande quantidade de mulheres também, o que prova que as mulheres também têm interesse em carros tunados.

 

 

As novidades apresentadas são das mais variadas, desde acessórios como mola esportivas, rodas de todos os aros e modelos, até às pinturas chamativas dos carros, tinha lamborghini rosa com strass, camuflada, envelopamento dos mais variados tipos e em vários modelos de carros.

 

 

O que me chamou atenção não tem nada a ver com carros, e sim a obsessão dos japoneses em tirar fotos das modelos japonesas que posavam ao lado dos carros. Era só aparecer uma modelo, que os japoneses ficavam loucos, como se  nunca tivessem visto mulher na vida, era uma correria impregnada, um ato desesperador com câmeras e celulares nas mãos, e assim os carros eram facilmente esquecidos.

 

 

No Tokyo Motor Show achei que faltava um pouco de música nas estandes, já em compensação no Auto Salon, cada estande fazia questão de tocar o som mais alto possível, algumas empresas até contrataram Djs e montaram uma mini balada em suas dependências. Notei também a diferença do público alvo, enquanto o Tokyo Motor Show víamos muitos empresários, consumidores com a faixa etária acima dos 40, aqui no Auto Salon, o público era totalmente jovem na sua maioria e muito mais despojado, com um olhar menos clínico mas muito apaixonado por carros também.

 

 

Tive a informação de que o evento contou com a presença de um público em torno de 300 mil pessoas, nos três dias de evento, o que dá uma média de 100 mil pessoas por dia! Incrível!

 

 

E o mais incrível é a estrutura que o Japão oferece para a realização de um evento desse porte, sem transtornos, sem problemas maiores, tudo na mais absoluta ordem, eu digo que foi uma bagunça organizada. Portanto vale ressaltar os responsáveis pela organização: Tokyo Salon Association (TASA) e Comitê Japonês de Mercado de Auto Peças (NAPAC), perfeita e impecável, como sempre o Japão dando lição na estruturação de eventos grandiosos.

 

 

 

Erika Tamura

nasceu em Araçatuba e há 15 anos mora no Japão, onde trabalha com desenvolvimento de criação. E-mail: erikasumida@hotmail.com

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

JORGE NAGAO: E Eu Aqui (Inveja)   Final de verão, Fernanda trabalha duro, morrendo de inveja de quem está curtindo as férias. "Milhares de pessoas, entre elas a Teresa, es...
SILVIO SANO: Xô, alienação, etc., e tal!   Uma das minhas preocupações com a grande massa da população brasileira tem sido sempre por sua alienação explícita em relação às questões so...
Bom Odori: palavra mal empregada por todos nós   Na opinião de pessoas abalizadas, sacerdotes, professores e jornalistas, principalmente no Estado de São Paulo, as associações  nikkeis – ka...
ARTIGO: A força do associativismo *Bruno Omori   O Associativismo consiste na união de pessoas, empresas ou entidades, com objetivo de criar de forma poderosa, sinérgica, co...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *