ESPECIAL: Apanb celebra 85 anos da Imigração Japonesa na Amazônia

Como parte das comemorações dos 85 anos da imigração japonesa na Amazônia, a Associação Pan-Amazônia Nipo-Brasileira (Apanb) realizou de 15 a 20 de setembro, em sua sede, em Belém (PA), a 27ª Semana do Japão. O evento, que comemorou também o “Dia Municipal do Imigrante Japonês” e o “Dia da Imigração Japonesa no Pará” – outorgados por meio da Lei nº 8.758 de 21 de junho de 2010 e da Lei 7.319, de 15 de outubro de 2009, respectivamente –, teve como ponto alto a Solenidade Alusiva aos 85 Anos da Imigração Japonesa na Amazônia realizada no dia 19, na sede da Apanb, e que contou com as presenças do embaixador do Japão no Brasil, Kunio Umeda; do cônsul do Japão em Belém, Masahiko Kobayashi e do secretário especial de Promoção Social, Alex Fiúza de Melo.

 

Cerimônia contou com a presença do embaixador do Japão, Kunio Umeda e do cônsul em Belém (foto: Shiho Tanaka / Nikkey Shimbun)

Cerimônia contou com a presença do embaixador do Japão, Kunio Umeda e do cônsul em Belém (foto: Shiho Tanaka / Nikkey Shimbun)

 

Na solenidade, que reuniu cerca de 500 convidados, a Apanb prestou uma homenagem a Isaura Yamada, 86, mãe do empresário Fernando Yamada, presidente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras) e da Câmara do Comércio e Indústria Nipo-Brasileira do Pará, com a outorga da medalha de Honra ao Mérito da Associação Pan-Amazônica Nipo-Brasileira.

 

Evento teve apresentação de koto (foto: Shiho Tanaka / Nikkey Shimbun)

Evento teve apresentação de koto (foto: Shiho Tanaka / Nikkey Shimbun)

 

Isaura Yamada representou mais três pioneiros japoneses (também homenageados) que chegaram ao Estado em 1929 e contribuíram para o desenvolvimento do Pará: Hajime Yamada, Rosa Hana Iketani e Masako Kato.

O embaixador Kunio Umeda e o cônsul Masahiko Kobayashi participaram da entrega de certificados em reconhecimento aos serviços prestados à comunidade nikkei do Pará ao professor universitário e diretor da Beneficência Nipo-Brasileira da Amazônia, Kenji Oikawa; a Yoshio Maruoka; Júlia Nagashima; e ao secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Luiz Fernandes Rocha.

 

O embaixador Kunio Umeda, Isaura Yamada e o presidente da Apanb, Yuji Ikuta (foto: Shiho Tanaka / Nikkey Shimbun)

O embaixador Kunio Umeda, Isaura Yamada e o presidente da Apanb, Yuji Ikuta (foto: Shiho Tanaka / Nikkey Shimbun)

 

Na oportunidade foi lançado também o Livro Comemorativo da Apanb, entidade fundada no dia 13 de julho de 1958. Segundo presidente da associação, Yuji Ikuta, o livro conta a trajetória dos imigrantes japoneses ao longo dessas cinco décadas e meia de existência da Apanb. “Até então, não tínhamos nenhum documento contando a história da associação”, conta Ikuta, lembrando que a comunidade nikkei do Pará reúne atualmente cerca de 35 mil japoneses e seus descendentes, constitiuindo-se na terceira maior concentração de nipo-brasileiros do país – atrás apenas dos Estados de São Paulo e Paraná.

 

Sucesso – Comandada por Kendi Yamai, a festa contou ainda com apresentação de artistas do Japão (Hiroko Yamada e Grupo) e de São Paulo (Grupo Kinryukai), além de artistas locais. Durante a Semana do Japão, que tem atingido grande sucesso a cada nova edição, foram apresentadas as várias modalidades de bolsas de estudos oferecidas pelo Governo do Japão às pessoas interessadas em estudar e efetuar pesquisas em universidades japonesas.

 

Festa atraiu um grande número de não descendentes de japoneses (foto: Shiho Tanaka / Nikkey Shimbun)

Festa atraiu um grande número de não descendentes de japoneses (foto: Shiho Tanaka / Nikkey Shimbun)

 

O evento, que tem atraído um número cada vez maior de participantes não descendentes de japoneses, contou ainda com exposições de origami, selos e ikebana, além de vendas de comidas típicas japonesas e iguarias das províncias japonesas. Pela primeira vez, a programação incluiu demonstração de anime/manga e de origami.

 

O presidente da Apanb, Yuji Ikuta: homenagens ((foto: Shiho Tanaka / Nikkey Shimbun))

O presidente da Apanb, Yuji Ikuta: homenagens ((foto: Shiho Tanaka / Nikkey Shimbun))

 

Segundo Ikuta, aliás, um termômetro que atesta o sucesso da Semana do Japão é o aumento de número de províncias japonesas interessadas em participar da área de gastronomia, como ocorre com o Festival do Japão, realizado pelo Kenren (Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil). “A cada ano temos novas províncias interessadas em participar. Este ano foram uns cinco kenjinkais”, comemora Ikuta.

(Aldo Shiguti)

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

FEIRA DE LIVROS: Bunkyo realizará feira de livros ... Livros de 2 a 10 reais são o atrativo da Feira de Livros Usados do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), que será...
COMUNIDADE: SAITAMA CELEBRA 100 ANOS DE IMIGRAÇÃO ... A Associação Cultural e Assistencial dos Provincianos de Saitama no Brasil realizou, no último dia 3, na sede da Associação Centro Social Tochigi do B...
COMUNIDADE: Em Sete Barras, Walter Ihoshi destaca ... O deputado federal Walter Ihoshi (PSD/SP) se mobilizou mais uma vez para prestar homenagem e reconhecer a importância da imigração japonesa no Vale do...
MÚSICA: Grupo Yui se apresenta neste sábado no CCS... O grupo Yui – Trio de Instrumentos Tradicionais do Japão, está no Brasil para uma série de apresentações em diversos Estados brasileiros. Depois de se...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *