ESPECIAL: Associação Okinawa Kenjin do Brasil comemora 90 anos de fundação em grande estilo

Fundada em 22 de agosto de 1926 com o nome de Kyuyo Kyokai, a Associação Okinawa Kenjin do Brasil (AOKB) comemorou seu 90º aniversário de fundação com três grandes eventos e que contaram com a presença de uma comitiva da “Província-Mãe” (Okinawa) formada , entre outros, pelo secretário de Cultura e Esporte de Okinawa, Hajime Terukina (representando o governador da província, Takeshi Onaga); pelo presidente da Assembleia Legislativa de Okinawa, Yonekichi Shinzato; pela prefeita de Naha, Mikiko Shiroma e pelo representante da Associação dos Municípios e Distritos de Okinawa, Toshiyasu Shiroma, entre outros.

 

90 ANOS DA ASSOCIAÇÃO OKINAWA. FOTO: Aldo Shiguti

90 ANOS DA ASSOCIAÇÃO OKINAWA. FOTO: Aldo Shiguti

 

Uma realização do grupo Urizum (ex-bolsistas) e Departamento Jovem da AOKB/CCOB em parceria com o deputado estadual Hélio Nishimoto (PSDB), a exposição “90 Anos da Associação Okinawa Kenjin do Brasil” ficou em cartaz no no Hall Monumental da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, de 29 de agosto a 4 de setembro.

 

Convidados, dirigentes e autoridades participam do tradicional ritual Kagami Biraki no CCOB. Foto: Aldo Shiguti

Convidados, dirigentes e autoridades participam do tradicional ritual Kagami Biraki no CCOB. Foto: Aldo Shiguti

 

O segundo grande evento programado foi o espetáculo “Noite da Artes de Ryukyu”, realizado no dia 3 (sábado), na Sala São Paulo – uma das mais conceituadas salas de concerto e de eventos do país.

 

A comitiva japonesa com os deputados Nishimoto e Capez. Foto: Jiro Mochizuki

A comitiva japonesa com os deputados Nishimoto e Capez. Foto: Jiro Mochizuki

 

Produzido pelo professor e coreógrafo Satoru Saito com supervisão de Nayoshi Chinen, o espetáculo recebeu cerca de 1200 convidados dos 44 shibus (subsedes) da AOKB. Segundo o presidente da entidade, Eiki Shimabukuro, a ideia de celebrar a data na Sala São Paulo vem de encontro com a proposta da entidade, que é fazer com que um número maior de pessoas possam ter acesso à cultura japonesa. “Até agora, a preservação e divulgação da cultura japonesa tem sido feita pelos japoneses para os japoneses. Está na hora de ser feita pelos descendentes para os brasileiros”, explicou Shimabukuro.

 

O produtor da Noite das Artes de Ryukyu, Satoru Saito: selfie. Foto: Aldo Shiguti

O produtor da Noite das Artes de Ryukyu, Satoru Saito: selfie. Foto: Aldo Shiguti

 

A programação foi encerrada no dia 4, com a Cerimônia Comemorativa no Centro Cultural Okinawa do Brasil, em Diadema. Além das delegações da província de Okinawa, estiveram presentes o cônsul geral do Japão em São Paulo, Takahiro Nakamae; os deputados federais Keiko Ota (PSB) e Walter Ihoshi (PSD); os deputados estaduais Hélio Nishimoto (PSDB) e Jooji Hato (PMDB), o vereador Ushitaro Kamia (PDT), a vice-prefeita de Diadema, Silvana Guarnieri; a presidente do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), Harumi Goya e o presidente do Kenren (Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil), Yasuo Yamada, além dos presidentes das associações da Argentina, Satoshi Tamaki, e da Bolívia, Ryoshin Chinen, entre outros.

 

Parte da comitiva da província de Okinawa no CCOB, em Diadema. Foto: Aldo Shiguti

Parte da comitiva da província de Okinawa no CCOB, em Diadema. Foto: Aldo Shiguti

 

Na ocasião, foram homenageadas pessoas e entidades que contribuíram com a associação ao longos destes 90 anos, entre eles Mário Botelho de Miranda (in memoriam), que presidiu a Associação Okinawa de 1951 a 1952, no período pós-guerra. Um dos poucos tradutores juramentados da língua japonesa na época, Miranda era praticante de karatê muito conhecido na comunidade nikkei. A homenagem foi entregue ao neto. A Fundação Kunito Miyasaka também foi homenageada por ter sido uma importante apoiadora da Noite das Artes de Ryukyu.

 

O deputado Hélio Nishimoto homenageou a AOKB pelos 90 anos. Foto: Aldo Shiguti

O deputado Hélio Nishimoto homenageou a AOKB pelos 90 anos. Foto: Aldo Shiguti

 

O governo de Okinawa também prestou uma série de homenagens, entre elas para dona Toshi Arashiro, que completará 104 anos no dia 12 de dezembro (nasceu em 12/12/1912), e para personalidades da comunidade nikkeis, como a presidente do Bunkyo, Harumi Goya; o ex-presidente da AOKB/CCOB, Shinji Yonamine; o presidente da Aliança Cultural Brasil-Japão, Yokio Oshiro e o jornalista Jorge Okubaro.

 

Walter Ihoshi, Eiki Shimabukuro, Ushitaro Kamia e Hélio Nishimoto. Foto: Aldo Shiguti

Walter Ihoshi, Eiki Shimabukuro, Ushitaro Kamia e Hélio Nishimoto. Foto: Aldo Shiguti

 

Encontro – Após o vice-presidente da AOKB/CCOB Paulo Higa declarar aberta a solenidade, o presidente Eiki Shimabukuro deu início à série de discursos contando a história da entidade. Eiki lembrou que “apesar das dificuldades enfrentadas, os pioneiros da imigração se uniram em torno da associação com o espírito tradicional dos okinawanos, o “ichariba choodê” (ao encontrarmos somos todos irmãos) e “yuimaarú” (ajuda mútua) e construíram a base da nossa sociedade que hoje desfrutamos com tanta alegria”.

 

Homenagens do governo japonês na Cerimônia Comemorativa. Foto: Aldo Shiguti

Homenagens do governo japonês na Cerimônia Comemorativa. Foto: Aldo Shiguti

 

Hajime Terakina leu a mensagem do governador de Okinawa, Takeshi Onaga, que parabenizou a associação e aproveitou a oportunidade para convidar a todos a participarem do 6º “Sekai no Uchinanchu Taikai”, que será realizado em outubro deste ano, quando okinawanos do mundo todo se encontrarão em Okinawa sob o lema Ressoar ao mundo a emoção e vibração de Okinawa!

 

O neto de Mario Botelho de Miranda. Foto: Aldo Shiguti

O neto de Mario Botelho de Miranda. Foto: Aldo Shiguti

 

Falando em nome dos políticos, a deputada federal Keiko Ota disse que era um momento “impar” e observou que os “nossos ancestrais estão felizes e abençoando esta corrente de tradição”.

Walter Ihoshi destacou que a AOKB é “uma das associações de província mais atuantes no país e com ramificações em várias cidades brasileiras”. Já o vereador Ushitaro Kamia afirmou que a data tem um significado especial pois a AOKB “contribui para preservar e divulgar a nossa cultura para as novas gerações”.

 

Homenagem da AOKB a Shinji Yonamine. Foto: Aldo Shiguti

Homenagem da AOKB a Shinji Yonamine. Foto: Aldo Shiguti

 

Devidamente trajado com o kariyushi wear (camisa florida de manga curta típica de Okinawa), o deputado estadual Hélio Nishimoto explicou que é um “admirador da cultura okinawana”. Homenageado no palco da Sala São Paulo na noite anterior, Nishimoto disse se sente “irmão da comunidade okinawana”.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

     

     

     

    Related Post

    BRASILIA: CULTURA E CULINÁRIA JAPONESA INVANDEM O ... Abril de 2017 – Shows musicais, apresentações de taikô (tambores japoneses) e muitas, mas muitas delícias da culinária japonesa. Assim será o Nipo Fes...
    BELÉM: COM PASSAGEM POR SP, PORTO ALEGRE E BRASÍLI... O cônsul principal do Consulado do Japão em Belém, Masahiko Kobayashi, foi recebido no último dia 9 pelo governador do Pará, Simão Jatene, no Palácio ...
    SOCIAL: União Cultural e Esportiva São Paulo Norte...   Comemoração – A União Cultural e Esportiva São Paulo Norte comemorou seus 50 anos de fundação, no dia 11 de novembro na sede da entidade, na...
    DANÇA: Oscar da Dança de Salão – Troféu Bail...   O Grande Evento da Dança de Salão em São Paulo, em sua 1ª edição, premiará as 10 Academias e os 10 Professores de Dança de Salão melhor aval...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *