ESPECIAL: Cônsul Takahiro Nakamae visita comunidades do Vale do Ribeira

O cônsul geral do Japão em São Paulo, Takahiro Nakamae, em companhia do vice-cônsul, Kenji Iwashima, visitou, nos dias 1º, 2 e 3 deste mês, 13 comunidades nikkeis do Vale do Ribeira, além de conhecer a fábrica de Chá Amaya, uma das mais antigas empresas familiar deste segmento no país, e o sítio da família Shimada, que produz seu próprio chá preto numa pequena fábrica artesanal. A visita foi organizada pela Fenivar (Federação das Entidades Nikkeis do Vale do Ribeira), presidida por Toshiaki Yamamura e que reúne 12 associações.

 

Cônsul Takahiro Nakamae se emociona em visita a entidades no Vale do Ribeira. Foto: Takio Otake

Cônsul Takahiro Nakamae se emociona em visita a entidades no Vale do Ribeira. Foto: Takio Otake

 

 

Segundo ele, foi uma forma de aproveitar a visita que o cônsul faria ao 62º Tooro Nagashi de Registro (leia  mais nesta página), um dos mais tradicionais do país. Além de Registro, Nakamae esteve em Iguape, Pariquera Açu, Cananeia, Bairro da Raposa, Sete Barras, Juquiá, Miracatu, Pedro de Toledo, Itariri, Ana Dias e Peruíbe.

 

Em Registro,o cônsul posou diante do monumento do Centenário da Imigração Japonesa. Foto: Takio Otaki

Em Registro,o cônsul posou diante do monumento do Centenário da Imigração Japonesa. Foto: Takio Otaki

 

No dia 1º, o cônsul visitou as comunidades de Iguape, Pariquera Açu, Cananeia, Bairro da Raposa e Sete Barras. Bairro da Raposa e Cananeia, aliás, pela primeira na história receberam a visita oficial de um representante do governo japonês. “Dizem que o Nihonjinkai de lá foi fundado em 1919, sendo um dos mais antigos da região”, conta Yamamura, acrescentando que posteriormente o Nihonjinkai mudou a nomenclatura para Bunkyo. Apesar de ficar praticamente na divisa com o município de Sete Barras, a maioria dos associados moram atualmente em Registro. “Hoje moramumas dez famílias no bairro, mas para recepcionar o cônsul foram convidados os ex-moradores”, disse Yamamura, lembrando que o saudoso deputado federal Diogo Nomura nasceu no Bairro da Raposa. O atual presidente do Comtur – Conselho Municipal de Turismo de Registro – Rubens Shimizu, também é de lá.

 

Takahiro Nakamae com a comunidade de Iguape. Foto: Takio Otaki

Takahiro Nakamae com a comunidade de Iguape. Foto: Takio Otaki

 

Em Iguape, com o presidente do Bunkyo Hitiro Assano. Foto: Takio Otaki

Em Iguape, com o presidente do Bunkyo Hitiro Assano. Foto: Takio Otaki

 

Apesar de ser um dos Bunkyos mais antigos, o do Bairro da Raposa ainda não faz parte dos quadros de associados da Fenivar. “Pode ser que agora, com esta visita do cônsul, eles se filiem”, conta Yamamura, que se empenhou pessoalmente para que Nakamae conhecesse a história da região. “Ele ficou muito emocionado”, disse o presidente da Fenivar.

 

No Bairro da Raposa, emoção. Foto: Takio Otaki

No Bairro da Raposa, emoção. Foto: Takio Otaki

 

Nakamae cumprimenta moradores. Foto: Takio Otaki

Nakamae cumprimenta moradores. Foto: Takio Otaki

 

 

Já em Cananeia, Takahiro Nakamae almoçou no restaurante da Marina e Pousada Porto Cubatão, de propriedade do comerciante Paulo Ikebe. Natural de Pereira Barreto, Ikebe está radicado em Cananeia há cerca de 35 anos. “Quando o [Toshiaki] Yamamura disse que o cônsul vinha para cá, tratei de arregaçar as mangas para servir um almoço caprichado”, destacou Ikebe, que preparou um verdadeiro banquete. No cardápio, ostras, sashimi de robalo, filé de pescada à milanesa ao molho de camarão, moqueca de camarão, camarão frito, salada de palmito e o lambe-lambe (famoso prato caiçara feito com arroz e mexilhões do mangue), uma novidade para o cônsul.

 

Em Cananeia, almoço e passeio de barco. Foto: Takio Otaki

Em Cananeia, almoço e passeio de barco. Foto: Takio Otaki

 

“Para nós foi uma honra. Essa visita teve um valor sentimental inestimável”, explicou Ikebe, destacando que, para a recepção, convidou alguns amigos. Cananeia conta atualmente com uma comunidade formada por cerca de 25 famílias. “Não temos uma associação pois a maioria já está com idade bastante avançada”, explica Ikebe.

 

Cônsul foi homenageado em Cananeia. Foto: Takio Otaki

Cônsul foi homenageado em Cananeia. Foto: Takio Otaki

 

No dia 2, o cônsul visitou a fábrica de Chá Amaya e o Sítio Shimada. À tarde, retornou para Registro a tempo de prestigiar o 62º Tooro Nagashi, tradicional evento realizado pela Associação Cultural Nipo-Brasileira de Registro (Bunkyo) e Nichiren-Shu do Brasil, com apoio da Associação Cultural e Esportiva de Registro (Acer), Associação dos Mineradores de Areia do Vale do Ribeira e Baixada Santista (Amavales), Autopista Régis Bittencourt, Sesac e Prefeitura Municipal de Registro, cujo ponto alto são as cerimônias inter-religiosas com a participação de adeptos de Nichirenshu do Brasil, Registro Honganji, Igreja Católica, Seicho-no-Iê, Igreja Episcopal, Igreja Messiânica, Omotokyo e Sokagakkasi.

 

Conhecendo o Sitio da Família Shimada.... Foto: Takio Otaki

Conhecendo o Sitio da Família Shimada…. Foto: Takio Otaki

 

e fábrica do Chá Amaya. Foto: Takio Otaki

… e fábrica do Chá Amaya. Foto: Takio Otaki

 

“Foi um dos melhores Tooro Nagashi da nossa história. Na véspera, tínhamos tudo para estarmos pessimistas. Ingredientes para isso não faltavam: este ano o feriado caiu no meio da semana, estamos em época de crise e sempre costuma chover. Mas, ao contrário, foi um dos mais movimentados e concorridos dos últimos anos”, comemorou Yamamura, afirmando que a expectativa incial era atrair um público estimado em cerca de 10 mil visitantes.

 

Em Pariquera Açu com Sadao Oba e o prefeito. Foto: Takio Otaki

Em Pariquera Açu com Sadao Oba e o prefeito. Foto: Takio Otaki

 

Durante parada em Pariquera Açu. Foto: Takio Otaki

Durante parada em Pariquera Açu. Foto: Takio Otaki

 

Estiveram presentes, entre outras autoridades, o prefeito de Registro, Gilson Fantin; a presidente do Fundo Social da Solidariedade, Maria Amélia Fantin; o presidente do Bunkyo de Registro, Kazuoki Fukuzawa; a madre Miyoho Ishimoto; Débora Texeira e Paulo Resende (gerentes do Sesc); Rubens Shimizu, presidente do Comtur e o assessor parlamentar Felipe Rafael (reprsentando o deputado federal Samuel Moreira).

 

Em Sete Barras com Toraju Endo e moradores. Foto: Takio Otaki

Em Sete Barras com Toraju Endo e moradores. Foto: Takio Otaki

 

O cônsul Takahiro Nakamae e Toraju Endo (centro) com autoridades em Sete Barras. Foto: Takio Otaki

O cônsul Takahiro Nakamae e Toraju Endo (centro) com autoridades em Sete Barras. Foto: Takio Otaki

 

Já no dia 3, encerrando sua visita no Vale do Ribeira, o cônsul Takahiro Nakamae esteve nos Bunkyos de Juquiá, Miracatu, Pedro de Toledo, Itariri e Ana Dias, além de Peruíbe. “A visita emocionou a todos nós. Foi uma oportunidade de nos sentirmos próximos de um representante do governo japonês”, explicou Toshiaki Yamamura, lembrando que há cerca de três anos, Noriteru Fukushima, antecessor do atual cônsul, também fez uma visita à região do Vale do Ribeira.

 

 

A visita às associações do Vale do Ribeira renovou meus respeitos à comunidade nipo-brasileira’, destacou Takahiro Nakamae

 

Em Cananeia, Nakamae almoçou no restaurante da Marina e Pousada Porto Cubatão, gerenciado por Paulo Ikebe. Natural de Pereira Barreto, Ikebe está radicado em Cananeia há cerca de 35 anos. “Quando o [Toshiaki] Yamamura disse que o cônsul vinha para cá, tratei de arregaçar as mangas para servir um almoço caprichado”, destacou Ikebe.

 

O cônsul em Juquiá (Paulo Nakayabu). Foto: Takio Otaki

O cônsul em Juquiá (Paulo Nakayabu). Foto: Takio Otaki

 

Em Miracatu (Pedro Kanashiro). Foto: Takio Otaki

Em Miracatu (Pedro Kanashiro). Foto: Takio Otaki

 

No cardápio, ostras, sashimi de robalo, filé de pescada à milanesa ao molho de camarão, moqueca de camarão, camarão frito, salada de palmito e o lambe-lambe (famoso prato caiçara feito com arroz e mexilhões do mangue), uma novidade para o cônsul. “Para nós foi uma honra. Essa visita teve um valor sentimental incalculável”, explicou Ikebe.

 

Takahiro Nakamae em Pedro de Toledo. Foto: Takio Otaki

Takahiro Nakamae em Pedro de Toledo. Foto: Takio Otaki

 

No Bunkyo de Itariri. Foto: Takio Otaki

No Bunkyo de Itariri. Foto: Takio Otaki

 

 

Tooro Nagashi – No dia 2, o cônsul visitou a fábrica de Chá Amaya e o Sítio Shimada. À tarde, retornou para Registro a tempo de prestigiar a cerimônia de abertura do 62º Tooro Nagashi, tradicional evento realizado pela Associação Cultural Nipo-Brasileira de Registro (Bunkyo) e Nichiren-Shu do Brasil, com apoio da Associação Cultural e Esportiva de Registro (Acer), Associação dos Mineradores de Areia do Vale do Ribeira e Baixada Santista (Amavales), Autopista Régis Bittencourt, Sesc e Prefeitura Municipal de Registro, cujo ponto alto são as cerimônias inter-religiosas com a participação de adeptos da Igreja Messiânica, Igreja Anglicana do Brasil, Seicho-no-Iê, Igreja Católica, Omoto Kyo e Gojikai.

 

Culto em homenagem aos antepassados marcou o Tooro Nagashi. Foto: Takio Otaki

Culto em homenagem aos antepassados marcou o Tooro Nagashi. Foto: Takio Otaki

 

“Foi um dos melhores Tooro Nagashi da nossa história”, afirmou Yamamura.

 

Prefeito de Registro, Gilson Fantin discursa no Tooro Nagashi. Foto: Takio Otaki

Prefeito de Registro, Gilson Fantin discursa no Tooro Nagashi. Foto: Takio Otaki

 

O cônsul Takahiro Nakamae também prestigiou o Tooro Nagashi de Registro. Foto: Takio Otaki

O cônsul Takahiro Nakamae também prestigiou o Tooro Nagashi de Registro. Foto: Takio Otaki

 

Estiveram presentes, entre outras autoridades, o prefeito de Registro, Gilson Fantin; a presidente do Fundo Social da Solidariedade, Maria Amélia Fantin; o presidente do Bunkyo de Registro, Kazuoki Fukuzawa; a madre Miyoho Ishimoto; Débora Texeira e Paulo Resende (gerentes do Sesc); Rubens Shimizu, presidente do Comtur e o assessor parlamentar Felipe Rafael (reprsentando o deputado federal Samuel Moreira).

 

Yamamura e Nakamae em Ana Dias. Foto: Takio Otaki

Yamamura e Nakamae em Ana Dias. Foto: Takio Otaki

 

 

Já no dia 3, encerrando sua visita, o cônsul Takahiro Nakamae esteve nos Bunkyos de Juquiá, Miracatu, Pedro de Toledo, Itariri e Ana Dias, além de Peruíbe. “A visita emocionou a todos nós. Foi uma oportunidade de nos sentirmos próximos de um representante do governo japonês”, explicou Yamamura.

 

O cônsul na Câmara Municipal de Peruíbe. Foto: Takio Otaki

O cônsul na Câmara Municipal de Peruíbe. Foto: Takio Otaki

 

 

Respeito – Em entrevista exclusiva ao Jornal Nippak, o cônsul disse que “a visita às entidades do Vale do Ribeira aprofundou meus conhecimentos e renovou meus respeitos à comunidade nipo-brasileira”. Segundo ele, a viagem foi uma experiência “muito impressionante”.

“Em cada uma das colônias pude testemunhar que os moradores trabalham com afinco em prol do desenvolvimento de sua região e, ao mesmo tempo, guardam, com orgulho, a cultura herdada dos ancestrais. Entre as alegrias e inquietudes do dia a dia, cada conversa que tive me acrescentou muito e certamente será um bem precioso para o meu trabalho e que guardarei com muito carinho”, afirmou o cônsul ao Jornal Nippak.

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

     

    ROTEIRO DA VISITA DO CÔNSUL GERAL AO VALE DO RIBEIRA

    DIA 01/11

    10H – Chegada em Iguape

    11H – Saíde de Iguape

    11H30 – Chegada a Pariquera Açu

    12H30 – Saída de Pariquera Açu

    13H – Chegada em Cananeia

    15H – Saída de Cananeia

    16H30 – Chegada ao Bunkyo do Bairro da Raposa

    17H30 – Saída do Bairro da Raposa

    18H – Chegada em Sete Barras

    20H – Saída de Sete Barras

    20H30 – Registro

     

    DIA 2

    9H – Saída de Registro

    9H30 – Visita à Fábrica de Chá Amaya

    11H – Saída da Fábrica de Chá Amaya

    11H20 – Visita ao Sítio Shimada

    12H20 – Saída do Sítio Shimada

    13H – Registro

    14H30 – Visita à Acer

    15H30 – Visita ao Bunkyo de Registro

    17H – Visita ao KKKK

    18H – Abertura Oficial do 62º Tooro Nagashi

     

    DIA 3

    8H – Saída da Registro

    8H30 – Chegada ao Bunkyo de Juquiá

    8H50 – Saída de Juaquiá

    9H20 – Chegada ao Bunkyo de Miracatu

    11H – Saída de Miracatu

    11H30 – Chegada ao Bunkyo de Pedro de Toledo

    13H30 – Saída de Pedro de Toledo

    13H50 – Chegada ao Bunkyo de Itariri

    15H – Saída de Itariri

    15H30 – Chegada ao Bunkyo de Ana Dias

    16H30 – Saída de Ana Dias

    17H – Chegada a Peruíbe

    18H – Saída de Peruíbe

     

    0a 04 03 02 01 0b

    Related Post

    ESPECIAL: Festa de 75 anos de Kiyoshi Harada reúne... Dentre outras personalidades, marcaram presença no jantar festivo em comemoração aos 75 anos do jurista Kiyoshi Harada na Casa Fasano, no último dia 7...
    COMUNIDADE: Associação Wakayama Kenjinkai do Brasi...   A Associação Wakayama Kenjinkai do Brasil realizou no último dia 27, na sede da Associação Hokkaido de Cultura e Assistência (zona Sul de Sã...
    HAICAI BRASILEIRO O Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô...
    CIDADES/OSASCO: Acenbo realiza 3° Japan Matsuri no... O Japan Matsuri – Festival da Cultura Japonesa de Osasco, é o maior evento da comunidade nikkei da Região Oeste de São Paulo. Promovido pela Associaçã...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *