ESPECIAL/TEMPLO HONPA HOGWANJI DE MOGI DAS CRUZES: ‘Mogi das Cruzes ganha um presente de valor inestimável’, diz prefeito Marco Aurélio Bertaiolli

A comunidade nikkei e a cidade de Mogi das Cruzes, em especial os adeptos do Templo Honpa Hongwanji, foram contemplados, no dia 26 de junho, com a inaguração de suas novas instalações – o salão principal, o cinerário, alojamento e o salão de festas. As construções, mais o terreno, foram possíveis graças à colaboração do empresário Fumio Horii e do Grupo Shibata, responsável pela doação do “Kaikan”.

 

Prefeito, Fumio Horii, João Shibata e autoridades religiosas participam da inauguração do kaikan. Foto: Aldo Shiguti

Prefeito, Fumio Horii, João Shibata e autoridades religiosas participam da inauguração do kaikan. Foto: Aldo Shiguti

 

O Salão de Festas Grupo Shibata” – como foi batizado – é o que se pode chamar de “a cereja do bolo” do novo templo. Já na inauguração, a recepção aos convidados deixou bem claro que o espaço será muito bem utilizado. No dia, cerca de 650 convidados se acomodaram confortavelmente dentro do arejado salão para a cerimônia.

 

Cerimônia no salão de festas “Grupo Shibata”. Foto: Aldo Shiguti

Cerimônia no salão de festas “Grupo Shibata”. Foto: Aldo Shiguti

 

Antes, as autoridades e convidados participaram do descerramento da placa e do corte da fita. Falando em nome da família Shibata, Marisa, filha do empresário João Shibata, expressou algumas palavras de agradecimento. Lembrou que, todos os anos, no aniversário de falecimento de seus avós – Massanosuke Shibata e Kimie – “a nossa família costuma realizar ofícios memoriais no templo”. “Imagino que todos devem trer ficado muito felizes com sua construção”, destacou ela, acrescentando que o local conta com uma ampla áreea, com estacionamento, “onde podemos deixar nossos veículos com comodidade e segurança”. “Graças a generosa ajuda do senhor Horii”, completou Marisa.

 

Marisa discursou em nome da família Shibata. Foto: Aldo Shiguti

Marisa discursou em nome da família Shibata. Foto: Aldo Shiguti

 

Gerações futuras – Segundo ela, além do salão principal “hondô”, o salão de festas “kaikan” também é algo muito necessário para um templo. “Por esta razão, o reverendo Shimizu e o presidente Neguishi consultaram a diretoria do Grupo Shibata para que os ajudassem a levantar um salão de festas. Eles sabiam do antigo desejo da família, de ajudar na construção do novo templo”, frisou Marisa, acrescentando que “assumimos e aceitamos esse compromisso porque acreditamos ser importante para todos, inclusive para as gerações futuras. E também porque é gratificante participar de um empreendimento como este, que vai contribuir muito com a comunidade”, discursou Marisa, que destacou: “Mas tudo isso só faz sentido porque há pessoas como o sensei Shimizu, senhor Neguishi e senhor Horii, além de tantas outras que fazem a diferença”, justificou, agradecendo a homenagem ao Grupo Shibata.

 

O Salão de Festas “Grupo Shibata”. Foto: Aldo Shiguti

O Salão de Festas “Grupo Shibata”. Foto: Aldo Shiguti

 

O empresário João Shibata. Foto: Aldo Shiguti

O empresário João Shibata. Foto: Aldo Shiguti

 

“Acredito que o espaço kaikan vai acolher todas as famílias que, como nós, adora conversar após as missas, o que acreditamos ser essencial para a continuidade da tradição”, concluiu Marisa.

 

O salão de festas no dia da inauguração. Foto: Aldo Shiguti

O salão de festas no dia da inauguração. Foto: Aldo Shiguti

 

O prefeito Marco Aurélio Bertaiolli, iniciou seu discurso falando sobre a “emoção e sensação de felicidade” que teve ao chegar ao local. “Não só porque os adeptos ganham uma nova sede para que possam celebrar suas  missas adequadamente, mas acima de tudo porque Mogi ganha um presente de inestimável valor”, disse, afirmando que, “entre os cerca de 500 mil habitantes, Mogi tem a felicidade de possuir empreendedores”.

 

Marco Aurélio Bertaiolli. Foto: Aldo Shiguti

Marco Aurélio Bertaiolli. Foto: Aldo Shiguti

 

“É um presente eterno que a partir de agora vai fazer parte de todos os cartões postais como um importante patrimônio cultural, religioso e turístico, como tantas marcas que Mogi já tem”, assegurou o prefeito, que destacou a “felicidade de termos recebido uma quantidade muito grande de imigrantes japoneses”.

 

Junji Abe. Foto: Aldo Shiguti

Junji Abe. Foto: Aldo Shiguti

 

“Entre os 5.570, municípios brasileiros, Mogi foi contemplada com a vinda de muitas famílias japonesas que aqui se instalaram para que nós mogianos pudéssemos aprender valiosas lições como a força de trabalho que não me canso de elogiar”, destacou Bertaiolli, lembrando de uma viagem que fez ao Japão, em 2010, quando teve oportunidade de visitar Tóquio, Seki e Toyama (cidades-irmãs de Mogi). Bertaiolli encerrou seu discurso desejando aos presentes “uma montanha de felicidade e um mar de longevidade”, citando uma frase que consta de um pergaminho que ganhou do prefeito de Toyama.

 

Grupo de taiko do Mika Youtien. Foto: Aldo Shiguti

Grupo de taiko do Mika Youtien. Foto: Aldo Shiguti

 

Homenagens – Como parte da programação no recém-inaugurado kaikan “Grupo Shibata”, o emissário da matriz do Japão, reverendo Joei Nassumo homenageou os empresários Fumio Horii e João Shibata. Discursando em nome dos homenageados, Horii lembrou o sonho dos adeptos em transferir o templo para um outro local mais amplo, já que o antigo não tinha estacionamento. “Consultando minha esposa, decidimos contribuir”, contou Horii, acrescentando que “o local é para que as pessoas se sintam “à vontade”.

 

João Shibata recebe homenagem. Foto: Aldo Shiguti

João Shibata recebe homenagem. Foto: Aldo Shiguti

 

Fumio Horii discursa. Foto: Aldo Shiguti

Fumio Horii discursa. Foto: Aldo Shiguti

 

Antes do almoço, as autoridades participaram do kagami biraki (cerimônia de quebra do barril de saquê) e do tradicional kampai. O evento foi encerrado com uma séride apresentações artísticas, como os grupos de taiko com os alunos da escola Mika Youtien e do grupo de dança Awa Odori Represa.

 

 

O prefeito conversa com João Shibata e Horii. Foto: Aldo Shiguti

O prefeito conversa com João Shibata e Horii. Foto: Aldo Shiguti

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

    resized_shibata

     

    resized_paradise

    Related Post

    PROVÍNCIAS: Okayamakenjin do Brasil, 56 anos do re... No dia 23 de agosto, a Associação Cultural e Recreativa Okayamakenjin do Brasil realizará solenidade comemorativa ao 105º aniversário da imigração e 5...
    UM NOVO OLHAR SOBRE O JAPÃO: Aos poucos, Japan Hou... Iniciativa do governo japonês que pretende trazer a São Paulo “um novo olhar sobre o Japão contemporâneo”, a Japan House, aos poucos, começa ganhar fo...
    INTERCÂMBIO: Aluno do Pioneiro é selecionado e rea... Aluno do último ano do Ensino Médio do Centro Educacional Pioneiro, o jovem Eric Huang, de 17 anos, embarcou no último dia 19 para o Japão como prêmio...
    SOCIAL: O Bunkyo lançou, no Museu Histórico da Imi... INTERCÂMBIO CULTURAL – O Bunkyo lançou, no último dia 17, no Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil, no 9º andar do Edifício Bunkyo, o livro ...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *