ESPETÁCULO: 16ª Melodias Imortais apresenta canções premiadas no ‘Record Taisho’ da TBS neste domingo no palco do Bunkyo

Com realização do Grupo The Friends e apoio da Fundação Kunito Miyasaka, Bistrô Kazu, Cris Metal, Band e Nikkey Shimbum/Jornal Nippak, acontece neste domingo (21), a partir das 10 h, no palco do Grande Auditório do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), no bairro da Liberdade, em São Paulo, a 61ª edição do Melodias Imortais – Canções que tocam na alma japonesa”. Diferentemente das edições passadas, o repertório deste ano será todo dedicado às canções premiadas no programa Record Taisho, exibido pelo canal japonês TBS.

 

Sakae Kamia, que intepretará Yaguirino watashi: “um dos melhores”. Foto: Jiro Mochizuki

Sakae Kamia, que intepretará Yaguirino watashi: “um dos melhores”. Foto: Jiro Mochizuki

 

“É um show que sentimos prazer em participar porque o público vai não só para assistir, como também interage com os artistas e os músicos, aplaudindo e, muitas vezes, se emocionando, o que deixa a gente muito feliz porque, como diz o título, sentimos que ‘toca na alma japonesa’”, destaca Tadao Ebihara, vice-presidente da Comissão Organizadora e líder da Orquestra The Friends, que acompanha o Melodias Imortais desde sua primeira edição.

Este ano estarão se apresentando 61 cantores, todos grandes intérpretes da música japonesa como Sergio Tanigawa, Pedro Mizutani, Rafael Yasunaga, Paula Hirama, Lucy Hino, Akira Ikkawa, Satiko Ono, Yukie Kakinoki, Mary Furuguen e Kunihiro Tanahara, entre tandos outros. As participações especiais ficam por conta das apresentações de Giovana Funatsu (balé classico), Takeshi Nishimura (Kayou Buyou) e Requios Gueinou Doukoukai.

Apesar de participar há apenas três anos, Hélio Sakae Kamia considera o Melodias Imortais “ um dos melhores programas do gênero”. “O Melodias é feito com muito carinho pelo Miti-san, que escolhe cada música, prepara uma narração sobre a época ou o compositor e transmite aos oditians e obatians que se emocionam ao recordarem os momentos vividos”, explica Kamia.

A dupla de apresentadores também é uma atração à parte. Lúcia Ikawa e Koji Miti, pode-se dizer, incorporam com maestria o espírito do evento e conduzem o Melodias Imortais em grande estilo, dando a dinâmica necessária para o espetáculo.

No encerramento, todos os participantes sobem ao palco para o “grand finale” com “Tokyo Ondo”, em homenagem aos Jogos Olímpicos Rio 2016, já que o espetáculo acontece no último dia de competições.

Parte da arrecadação será revertida em prol da Associação Pró-Excepcionais Kodomo-no-Sono.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

     

    16º Melodias Imortais

    Quando: Dia 21 de agosto, a partir das 10 horas

    Onde: Grande Auditório do Bunkyo (Rua São Joaquim, 381 – próximo à estação São Joaquim do metrô)

    Postos de venda de ingressos:

    Bunkyo (Rua São Joaquim, 381 – tel.: 11/3208-1755)

    Livraria Sol (Praça da Liberdade, 153 – Tel.: 11/3208-6588)

    Mizue Cabeleireira (Rua da Glória, 739 – Tel.: 11/3209-7383)

    Lúcia Ikawa (Telefones: 11/5571-1643 / 9 9948-8424)

     

     


     

     

    Confira o programa do 16º Melodias Imortais
    (Por ordem de apresentação)

     

    10H – Abertura

    Carlos Miyamoto: “Kuroi Hanabira” – 1959

    Edna Nishiya: “Dareyorimo Kimiwoaisu” – 1960

    Noriko Kurimoto: “Aishu-hatoba”

    Sanemasa Takaki: “Itakogasa”

    Susumu Tanoguti: “Kimikoishi” – 1961

    Takashi Hino: “Garassu no Jony”

    Enzo Ishikawa/Akemi Oshiro: “Itsudemo yumewo” – 1962

    Edson Mitida: “Namidabune”

    Shiroko Watanabe: “Shimano blues” – 1963

    Silvia Watanabe: “Aito Shiwo mitsumete” – 1964

    Emi Fujino: “Ankotsubakiwa konoihana”

    Douglas Nishikawa: “Yawara” – 1965

    Grupo Decio Kawagoe: “Blue Château” – 1967

    Ricardo Seguti: “Kimikoso wagainoti”

    Tieko Sakuma: “Tenshino yuuwaku” – 1968

    Amélia Anzai: “Koino kisetsu”

    Mizue Yamaguti: “Anatano Blues”

    Akiko Miyamura: “Iijanaino shiawase naraba” – 1969

    Katsutoshi Shinozaki: “Kyoude owakare” – 1970

    Gustavo Harano: “Uwasano onna”

     

    Meio-Dia: Participações Especiais (Intervalo para almoço)

     

    Giovanna Funatsu (balé clássico)

    Takeshi Nishimura (Kayou Buyou)

    Requios Gueinou Dokoukai (Buyou)

    Requios Gueinou Dokoukai (Taiko)

     

    13H – Continuação

     

    Francisco Tashima: “Mata auhimade” – 1971

    Rafael Yasunaga: “Ohukurosan”

    Mary Furuguen: “Kassai” – 1972

    Paula Hirama: “Anokanewo narasunowa anata”

    Mario Tanaka: “Yozora” – 1973

    Naruto Kuroki: “Erimomisaki” – 1974

    Alexandre Uehara: “Sikuramen no kaori” – 1975

    Douglas Nishikawa: “Tikumagawa”

    Gilberto Enju: “Kokoronokori”

    Mayumi Takahashi: “Kitano yadokara” – 1976

    Takako Shinozaki: “Mouitido aitai”

    Yukie Kakinoki: “Katteni shiyagare” – 1977

    Hiromi Hirai: “Aino shuutyakueki” – 1977

    Sandra Sasaki: “Miserarete” – 197939

    Tieko Uehara: “Omoidezake” – 1979

    Luiza Furuuiti: “Ameno bojou” – 1980

    Ruriko Osako: “Osaka shigure”

    Paulo Miyamoto: “Kitasakaba” – 1982

    Cintia Anraku: “Siruetto romansu”

    Sakae Kamiya: “Yaguirino watashi” – 1983

    Harumi Miyamura: “Etto tsubame”

    Pedro Mizutani: “Naniwabushidayo jinseiwa” – 1984

    Sergio Tanigawa: “Nagaragawa enka”

    Satiko Ono: “Boukyo jongara” – 1985

    Akira Ikkawa: “Kitano ryoba” – 1986

    Keiko Tanaka: “Kazenobon koiuta” – 1989

    Sayuri Miyamoto: “Furimukeba Yokohama”

    Edmond Sakai: “Koiuta tuzuri”

    Akemi Okamoto: “Odoru ponpokorin” – 1990

    Kazuyoshi Kitagawa: “Kitano daiti” – 1991

    Eiko Houjou: “Hagureso”

    Kazuko Kawai: “Shiroi kaikyo” – 1992

    Mario Hirose: “Yozakura”

    Lucy Hino: “Mugonzaka” – 1994

    Setsuko Kodama: “Tindo monogatari” – 1996

    Rodrigo Ito: “Hakone hatirino hanjiro” – 2000

    Takeshi Nishimura: “Hakuunno shiro” – 2003

    Yumi Shiomi: “Gonosen” – 2005

    Kunihiro Tanahara: “Ikken” – 2006

    Mutsunori Kinjo: “Umiyuki” – 2008

    Kleber Hamada: “Itezuru” – 2009

    Encerramento (com a participação de todos): “Tokyo ondo” – 1933

     

     

    resized_14034906_1028378987283329_3529929580386725108_n

    Related Post

    MUSICA: Hatsune Miku “Magical Mirai 2013 Con...   Transmissão de mais um show ao vivo da Hastune Miku, nos cinemas da UCI em São Paulo (Jardim Sul e Anália Franco) e no Rio de Janeiro (NYCC)...
    BELEZA BY YUMI KATAOKA: Tutorial Ombré Nail – Unha...   Olá Amigas, Este é mais uma das grandes tendências e já está nas mãos da galera ! Aprenda passo  a passo como fazer uma unha em degradê c...
    RIO DE JANEIRO: Memorável 27ª Rio Bikoo-ten Em 10 de dezembro de 2105 mais de 500 convidados foram parabenizar expositores e realizadores na abertura da 27ª Rio Bikoo-ten, ocorrida na Galeria An...
    NESTE DOMINGO: PALESTRA ABORDA OS BASTIDORES DOS H... O empresário Toshihiko Egashira, ex-proprietário das empresas Everest Video e Tikara Filmes, estará palestrando, pela primeira vez, em São Paulo. O ev...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *