ESPETÁCULO: Fundação Japão apresenta Teatro Yumehina em São Paulo

Única sucessora no mundo do mestre Hoichi Okamoto (Hyakki Dondoro), Michika Iida está no Brasil para duas apresentações de seu exclusivo Teatro Yumehina. As apresentações acontecem neste fim de semana (12 e 13), no Teatro Fecap, no bairro da Liberdade, em São Paulo.

 

Estilo desenvolvido pelo mestre Hoichi Okamoto não pertence a nenhum outro gênero - Foto: divulgação

Estilo desenvolvido pelo mestre Hoichi Okamoto não pertence a nenhum outro gênero – Foto: divulgação

 

Criado na década de 70, no Japão, o Teatro Dondoro, do Mestre Hoichi Okamoro, ou Hyakki Dondoro, traz como principal característica a utilização de bonecos em tamanho natural, que contracenavam com seu criador.

“‘Hyakki’, ou espíritos sem limites, representa a ideia de que “o boneco é um recipiente oco que recebe o espírito do ser humano”, afirmava o Mestre Okamoto, diz Michika.

Michika não só manipula os bonecos como contracena com eles - Foto: divulgação

Michika não só manipula os bonecos como contracena com eles – Foto: divulgação

Embora o Japão apresente tradição em teatro de bonecos, Michiko expica as principais diferenças entre sua arte e as demais existentes no país, como o Bunraku.

“O estilo desenvolvido pelo mestre Hoichi Okamoto não pertence a nenhum outro gênero. Por exemplo, enquanto no Bunraku um boneco é manipulado por 3 pessoas, os meus são manipulados apenas por mim. Também no Bunraku, há o boneco, o recitador e o instrumento shamisen. No meu estilo, exceto em obras específicas, não há texto, somente música. Também no meu caso, não exerço somente o papel de manipuladora. Com o uso de máscaras, para que o corpo fique parecido com o boneco, contraceno com o boneco”, destaca.

Após anos de estudos e dedicação ao lado de seu grande mestre, a partir de seu falecimento, em 2010, Michika Iida tornou-se a única representante e sucessora do Teatro Dondoro.

Assim, surgiu o Teatro Yumehina, da união das antigas denominações de ‘Sonho’ (Yume) e ‘Bonecos’ (Hina), hoje também chamado de Teatro de Bonecos de Michika Iida. Em suas apresentações, traz expressões cênicas ímpares, a partir da presença de bonecos de tamanho natural confeccionados pela própria artista.

O processo de confecção, explica a artista, é iniciado pela parte da cabeça, o que acaba determinando o tempo de produção, que gira em torno de 2 meses.

 


 

 

Teatro Yumehina, o teatro de bonecos de Michika Iida

12 de março de 2016 (sábado), às 20h

Programa

– Rocka (A Mulher da Neve)

– Kaze (A Deusa do Vento e o Imperador Criança)

 

13 de março de 2016 (domingo), às 18h

Programa

– Rocka (A Mulher da Neve)

– Keshin (A Encarnação)

Onde: Teatro Fecap: Av. Liberdade, 532 – Liberdade (próximo ao metrô Liberdade)

Duração do espetáculo: Aproximadamente 70 minutos

Capacidade: 400 lugares

Classificação etária: Recomendado para maiores de 12 anos

Entrada franca. Os ingressos devem ser retirados na entrada do Teatro Fecap uma hora antes do início do espetáculo. Máximo de 2 ingressos por pessoa, sujeito à lotação do espaço.

Informações: Fundação Japão em São Paulo (Tel: (11) 3141-0110)

 

 

 

Related Post

GOLFE: João Paulo Carlos da Silva e Giovanna Hirat...   Organizado pela Federação Paulista de Golfe, competição no Damha Golf Club valeu pontos para o Ranking Paulista Juvenil Masculino e Feminino ...
TEATRO YUMEHINA, O TEATRO DE BONECOS DE MICHIKA II... Exclusivo teatro de bonecos de Michika Iida, única sucessora do mestre Hoichi Okamoto, em duas apresentações especiais   Única sucessora no m...
CAFELÂNDIA: Joe Hirata é homenageado na 35ª Cafear... O Centenário da Fundação da Colônia Hirano, um dos primeiros núcleos de imigração instalados no Brasil no início do século passado, foi o tema da 35ª ...
COMUNIDADE: Ubatuba pode ganhar marco em homenagem...   Considerada um paraíso ecológico do Litoral Norte paulista e um dos mais procurados pelos turistas do Brasil, o município de Ubatuba pode ga...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *