ESPETÁCULO: Grupo japonês YUI se apresenta gratuitamente em São Paulo

Depois do enorme sucesso no ano passado, o grupo YUI – Trio de Instrumentos Tradicionais do Japão volta ao Brasil para duas únicas apresentações. O primeiro show acontece hoje (27) em Salvador. No domingo (30), será a vez do público paulistano ser contemplado com uma apresentação gratuita que acontece no Teatro Fecap, no bairro da Liberdade, em São Paulo.

 

Grupo japonês YUI se apresenta gratuitamente em São Paulo neste domingo. Foto: divulgação

Grupo japonês YUI se apresenta gratuitamente em São Paulo neste domingo. Foto: divulgação

 

O trio é formado por Chie Hanawa (tsugaru shamisen), Ko Kakinokihara (koto) e Yoshimi Tsujimoto (shakuhachi) e apresenta em seu repertório músicas tradicionais japonesas e algumas peças originais do trio, destacando a harmonia e sonoridade e as novas possibilidades de sons dos três instrumentos tradicionais japoneses.

Formado por três musicistas graduadas pelo Curso de Música Tradicional Japonesa do Departamento de Música da Universidade de Belas Artes de Tóquio, o trio foi aclamado logo em sua primeira apresentação, em Quioto, em outubro de 2009. No ano seguinte, as jovens criaram uma obra original, que se tornou música tema para promover o “TBS Akasaka Sacas”, um grandioso empreendimento comercial em Tóquio.

Sua discografia traz o primeiro álbum, Hajimari no oto (O som do início), e Tada, kimi ni (Apenas, para você). Hoje em dia, o Yui atua principalmente em Tóquio.

 

Salvador, 27 de outubro de 2016

Horário: 20h

Local: Cine Teatro SESC Casa do Comércio (546 lugares)

Endereço: Av. Tancredo Neves, 1109 – Pituba

Duração: 90 minutos

Classificação: Livre

Ingressos: R$ 10,00 (inteira) R$ 5,00 (meia)

Ingressos a venda na bilheteria do Sesc e também pelo site www.compreingressos.com

 

São Paulo, 30 de outubro de 2016

Horário: 16h

Local: Teatro FECAP (400 lugares)

Endereço: Av. Liberdade, 532 – Liberdade

Duração: 90 minutos

Classificação: Livre

ENTRADA FRANCA

Retirar os ingressos na entrada do Teatro FECAP duas hora antes do início do espetáculo. Máximo de 2 ingressos por pessoa, sujeito à lotação do espaço.

 

 

As integrantes

 

Chie Hanawa (Tsugaru shamisen). Foto: divulgação

Chie Hanawa (Tsugaru shamisen). Foto: divulgação

Chie Hanawa (Tsugaru shamisen)

Nasceu na cidade de Hitachi, Província de Ibaraki. Aos 9 anos de idade, iniciou o aprendizado de Tsugaru shamisen com o mestre Mitsuyoshi Sasaki e, em 2000, aos 17 anos, em sua primeira experiência, tornou-se a mais jovem a conquistar o prêmio do nível A na categoria feminina do Concurso Nacional de Tsugaru Shamisen. Em 2004, durante a graduação no Curso de Música Tradicional Japonesa do Departamento de Música da Universidade de Belas Artes de Tóquio, lançou seu primeiro álbum, Tsuki no Usagi (Coelho da Lua), pela Nippon Columbia. A partir daí, passou a se apresentar em casas de espetáculos da região, iniciando a carreira de grupo. Além do trio YUI, integra o duo Hanamas, ao lado da violinista Natsumi Okimasu. Com a repercussão de sua atuação, apresentou-se no Tokagakudo Concert Hall, no Palácio Imperial, e também no exterior, em países como Alemanha, Argentina, Bélgica, Brunei, Chile, Estados Unidos, França, Geórgia, Hong Kong, Itália, Malásia, entre outros. Já com forte reconhecimento no universo da música japonesa tradicional legítima, também como musicista de Tsugaru shamisen tem recebido convites para participar de comerciais para TV, como o da Sony Mobile. Em fevereiro de 2014, lançou seu segundo álbum, CoLoRful, pela King Record.

 

 

Ko Kakinokihara (Koto). Foto: divulgação

Ko Kakinokihara (Koto). Foto: divulgação

Ko Kakinokihara (Koto)

Nasceu na cidade de Tóquio. Aos 5 anos de idade, iniciou o estudo do koto do estilo Ikuta com a mestra Kumiko Nakata, e somando, aos 10 anos, o jiuta shamisen. Em 2004, graduou-se no Curso de Música Tradicional Japonesa do Departamento de Música da Universidade de Belas Artes de Tóquio, com especialização em koto do estilo Ikuta. No mesmo ano, estreou sua carreira solo com o mini-álbum Kotobani dekinai (Sem palavras para expressar), ao som de koto e canto. Em 2009, passou a integrar o trio de instrumentos tradicionais japoneses YUI. Naquele mesmo ano, em Quioto, o trio se apresentou ao vivo, pela primeira vez, conquistando grande repercussão. Foi responsável pela música tema de primavera do TBS Akasaka Sacas em 2010. Em 2011, lecionou koto para o musical Pacific Overtures (Kanagawa Arts Theatre), dirigido por Amon Miyamoto. Sua ampla atuação inclui apresentações ao vivo, participação em gravações e assistência de coordenação no Departamento de Pesquisa de Koto da Japan Women’s University. No duo Tsukiyoi, junto do produtor musical Tetsu Fujiki, alcançou um vigoroso desenvolvimento na carreira musical, levando-a, em julho de 2014, a se apresentar na 15ª Expo Japan, em Paris.

 

 

 

Yoshimi Tsujimoto (Shakuhachi). Foto: divulgação

Yoshimi Tsujimoto (Shakuhachi). Foto: divulgação

Yoshimi Tsujimoto (Shakuhachi)

Nasceu na Província de Wakayama. Aos 16 anos de idade, iniciou-se no shakuhachi. Em 2010, graduou-se no Curso de Música Tradicional Japonesa do Departamento de Música da Universidade de Belas Artes de Tóquio. Durante sua graduação, participou do programa de TV Daimei no nai Ongakukai (Concerto sem título). No ano de 2005, apresentou-se na cidade de Rohnert Park, no Estado da Califórnia, Estados Unidos, como Embaixadora Internacional da Boa Vontade da Cidade de Hashimoto, localizada na Província de Wakayama. No mesmo ano, foi convidada a se apresentar no Workshop de Intercâmbio Musical entre Estudantes Japoneses e Coreanos, durante o 3° Fórum Mundial da Agência da Cultura do Japão e também no Festival da Cultura Japonesa de Assis, na Itália. No ano de 2012, apresentou-se na Copa do Mundo de Futebol Feminino da FIFA Sub-20. Em 2013, juntamente com Chie Hanawa, formou a dupla FUGA, e a convite da Fundação Japão, realizou uma turnê pela Argentina e Chile. Outro convite da Fundação Japão, em fevereiro de 2014, levou-a, integrando trio com Yutaka Oyama e Takuya Kato, à turnê pela América Central. Atualmente, também atua com Erina Ito, no duo Koibumi, e com Ayano Sunagawa, no duo Asian Groove Nation.

 

 

 

Related Post

COMUNIDADE: ‘Queremos colaborar com o Bunkyo centr... Com o objetivo de “conhecer um ao outro” e “intensificar o intercâmbio entre as várias Regionais existentes no Estado de São Paulo com o intuito de fo...
MUNDIAL DE CLUBES: Tradicional grito ‘Vai Co...   Milhares de torcedores do Timão usam a expressão para marcar presença no oriente   Do R7 O Japão não será o mesmo depois da passag...
POLÍTICA: Deputados nikkeis falam sobre o país e c... Diante do cenário de incertezas e que agora tem como alvo o presidente da República, Michel Temer, o Congresso precisa ter tranquilidade e  agir comse...
COMUNIDADE: Grupo de amigos homenageia Tério Uehar... No dia 25 de abril, a Associação Okinawa de Vila Carrão foi palco de uma grande homenagem ao presidente da Associação Okinawa Vila Carrão, Tério Uehar...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *