ESPETÁCULO: ‘Nós, os outros ilesos’ estreia em São Paulo amanhã

 O espetáculo apresenta a dramaturgia contemporânea japonesa, abordando questões sobre a felicidade e a alteridade

 

 

Depois de apresentações em Cubatão e Santos, Nós, os outros ilesos, primeira montagem de um texto de Toshiki Okada (1973) no Brasil, chega a São Paulo para uma curta temporada entre os dias 16 e 26 de agosto, às quartas e sextas-feiras. A montagem fica em cartaz na Oficina Cultural Oswald de Andrade, localizada no bairro do Bom Retiro.

Em cena, os atores Fernanda Raquel, Lúcia Bronstein, Rodrigo Andreolli e Rodrigo Bolzan, ganhador do Shell em 2012, se revezam entre personagens e narradores, alternando esses papéis o tempo todo, com direção de Carolina Mendonça.

Nós, os outros ilesos é contemplado pelo Proac 01/2016 e inaugura o teatro de Toshiki Okada em palcos brasileiros. Com realização do Governo do Estado de São Paulo e Secretaria de Cultura, conta com o apoio da Fundação Japão, Poiesis, Oficina Cultural Oswald de Andrade e Cooperativa Paulista de Teatro.

 

 

 

A montagem – Nós, os outros ilesos retrata as apreensões da classe média às vésperas de uma importante eleição, por meio de um casal prestes a se mudar para um apartamento em um arranha-céu recém-construído.

A história parece muito simples, mas é entremeada por pensamentos e dúvidas acerca dos modelos de vida que geralmente se impõem.

Em cena, um marido, uma esposa, uma amiga, um homem desconhecido e outro ferido fazem emergir questões fundamentais em nossos dias, como o imperativo da ideia de felicidade, o medo diante do desconhecido, a precariedade das relações sociais e a ansiedade em relação ao futuro.

 

Toshiki Okada – Dramaturgo e escritor, Toshiki Okada é também diretor do grupo Chelfitsch, um dos mais importantes do Japão. Sua obra é marcada por uma linguagem extremamente coloquial, mas por vezes de um estranhamento da norma gramatical, que nos dá a oportunidade de conhecer um pouco da dramaturgia contemporânea japonesa, tão rara em nossos palcos.

Nós, os outros ilesos foi escrita em 2010, logo após as eleições que mudaram o rumo político no Japão, colocando em cena questionamentos acerca da felicidade e seus modelos, deixando evidentes as diferenças culturais  e de modos de existência entre as duas nações.

 

Realização
Governo do Estado de São Paulo
Secretaria de Cultura

 

Apoio

Fundação Japão em São Paulo

Poiesis

Oficina Cultural Oswald de Andrade

Cooperativa Paulista de Teatro.

 

Ficha técnica

Dramaturgia: Toshiki Okada

Tradução: Rita Kohl

Direção: Carolina Mendonça

Atores: Fernanda Raquel, Lúcia Bronstein, Rodrigo Andreolli e Rodrigo Bolzan

Cenografia: Theo Craveiro

Criação de som: Miguel Caldas

Criação de luz: Alessandra Domingues

Figurinos: Ozenir Ancelmo

Produção: Fernanda Raquel

Assistência de produção: Jussara Bracco

Arte Gráfica e fotos: Theo Craveiro

 

Nós, os outros ilesos

Data: de 16 a 26 de agosto de 2017 | quartas, quintas e sextas-feiras, às 20h | sábados, às 18h

Capacidade: 30 lugares

Local: Oficina Cultural Oswald de Andrade

Endereço: Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro

Telefone: (11) 3222-2662

Ingressos: Gratuitos (Retirada do ingresso 1h antes do espetáculo)

Duração: 50 minutos

Classificação indicativa: 14 anos

Related Post

OZU HARA: A Mulher no Cinema Japonês O Centro Cultural São Paulo, em parceria com a Fundação Japão, exibe a partir de 01 de Março a mostra Ozu-Hara: A Mulher Japonesa, reunindo filmes jap...
EXPOSIÇÃO: Lins recebe exposição Mabe – O ol...   A Prefeitura Municipal de Lins e o Instituto  Manabu Mabe inauguram neste sábado (15), no Museu Histórico e Arqueológico de Lins, a exposiçã...
SOCIAL: O cantor Joe Hirata foi uma das atrações ... FESTA DO SORVETE – O cantor Joe Hirata foi uma das atrações da 33ª Festa do Sorvete realizada no último dia 12, no Colégio Santa Amália, pela Associaç...
KOUHAKU: 19º Grand Kouhaku The Friends acontece ne... Os 58 cantores – sendo 29 homens e 29 mulheres – participam neste domingo (20), a partir das 10 horas, no Grande Auditório do Bunkyo (Sociedade Brasil...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *