ESPETÁCULO: Pela 1ª vez no país, Maiko Kozakura se apresenta no Bunkyo e quer que público ‘cante junto’

Considerada uma das maiores revelações japonesas dos últimos anos do estilo new enka, a cantora Maiko Kozakura desembarcou terça-feira (22) em solo brasileiro, onde fará uma única apresentação. O show acontece neste sábado (26), às 14 horas, no Grande Auditório do Bunkyo – Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social, no bairro da Liberdade, em São Paulo. Segundo o produtor Tatsuo Hamada, da Hama Produções e Eventos, os ingressos, que custam entre R$ 100,00 e R$ 60,00, estão à venda exclusivamente no escritório da Associação Pró-Excepcionais Kodomo-no-Sono e também podem ser adquiridos na bilheteria do Bunkyo. Parte da arrecadação será revertida em prol da Kodomo-no-Sono.

 

Cantora promete interpretar canções que ficaram imortalizadas na voz de Misora Hibari. Foto: divulgação

Cantora promete interpretar canções que ficaram imortalizadas na voz de Misora Hibari. Foto: divulgação

 

Pela primeira vez no Brasil, Maiko Kozakura promete não desapontar o público brasileiro. Com uma grande legião de admiradores no terrirótio japonês – desde 2001 a cantora percorre as mais diversas casas de shows do país para levar sua música e alegria para o público – Maiko revelou que assistiu as apresentações que o cantor Itsuki Hiroshi fez em 2015 no Anhembi para definir seu repertório, que incluirá músicas de grandes intérpretes do estilo enka como Misora Hibari, Chiyoko Shimakura e Hachiro Kasuga.

“Pretendo cantar o maior número de músicas conhecidas para que as pessoas possam cantar junto”, disse a artista, afirmando que se sente feliz por saber que do outro lado do mundo tem pessoas que preservam a cultura japonesa”.

Nascida na província de Kanagawa, Maiko Kozakura estreou no mundo artístico com apenas três anos de idade. Antes, cantava minyo, mas por influência de um professor aos 4 anos mudou para o enka. Até os 16 anos, participou de concursos de karaokê “mais como um hobby”. “Não imaginava que um dia viesse a ser uma cantora profissional”, explicou ela, que ficou “assustada” com a recepção “calorosa” que teve ainda no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos. “Não esperava que tanta gente fosse me recepcionar”, admite.

 

Maiko Kozakura no Jornal Nippak: conquista pela graciosidade. Foto: Aldo Shiguti

Maiko Kozakura no Jornal Nippak: conquista pela graciosidade. Foto: Aldo Shiguti

 

No primeiro ano de colegial, participou do Nodojiman cantando “Koisuru Joukamachi”. No dia da apresentação mandou uma mensagem para sua avó, que coincidentemente fazia aniversário naquele dia. “Comecei a receber ligações para me apresentar na minha região”, disse ela, acrescentando que sentiu que seria uma cantora quando se apresentou pela primeira em público e a platéia se emocionou.

A partir de lá passou a participar de programas da NHK de Akita e gravou 24 álbuns, atingindo o Ranking Oricon – que mede a popularidade dos artistas  em território japonês – tornando-se, assim, a número 1 em vendas, desbancando outros artistas consagrados.

Sobre o rótulo de ser uma das maiores revelações do new enka, Maiko Kozakura, que à primeira vista conquista as pessoas por esbanjar graciosidade, disse que no Japão   não é conhecida desta forma. “Mas se os brasileiros acham, fico feliz”, afirmou, explicando que, na verdade, gosta todo tipo de música. “Mas no enka me sinto mais confortável e consigo exteriorizar meus sentimentos com mais facilidade”, destacou Maiko, revelando que, do Brasil, só conhecia as “paixões brasileiras”: futebol e carnaval. “Ah, e que é perigoso andar sozinha”, afirmou Maiko Kozakura, que em sua curta estadia no país – deve retornar ao Japão no domingo – passou rapidamente pela casa do presidente Michel Temer (PMDB), que recentemente fez uma visita ao Japão.

 

 

 

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

     

    Show Maiko Kozakura

    Quando: Dia 26 (sábado), às 14 h

    Onde: Grande Auditório do Bunkyo (Rua São Joaquim, 381, Liberdade – próximo à estação Liberdade do metrô)

    Ingressos: R$ 100,00, R$ 75,00 e R$ 60,00

    Vendas antecipadas apenas na Associação Pró-Excepcionais Kodomo-no-Sono (Telefone: 11/3208-3949).

    No dia, somente na Secretaria do Bunkyo

    (telefone: 11/3208-1755)

    Mais informações: hama.producoes@gmail.com

     

     

    Related Post

    SAA HAJIMEYOU: COMISSÃO ORGANIZADORA PRESTA CONTAS... A Comissão Organizadora da segunda edição do Saa Hajimeyou, realizado no último dia 12, no Grande Auditório do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura...
    COMUNIDADE/BUNKYO: ‘É um momento histórico’, diz K... Um momento para entrar para a história. Do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social) e também da comunidade nipo-brasi...
    Neste sábado, Karen Ito homenageia as mães no Udon... Neste sábado, 6, a partir das 18 horas, no Udon da 1ª Aliança na Comunidade Yuba, em Mirandópolis (SP), a cantora Karen Ito, com apoio da BKC Prod...
    CINEMA: Longa dirigido por Hirokazu Kore-Eda estré... Estreia nos nesta sexta-feira nos cinemas de São Paulo o longa “O que eu mais desejo” (Kiseki), do cineasta japonês Hirokazu Kore-Eda. De acordo co...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *