EXÉRCITO: Angelo Kawakami Okamura é promovido a general de brigada

Em março, o Alto Comando do Exército Brasileiro promoveu o nikkei Angelo Kawakami Okamura para a patente de general de brigada,. Também o indicou para assumir o Comando da 8ª Brigada de Infantaria Motorizada, em Pelotas, no Rio Grande do Sul. O militar iniciou a carreira na Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx) em Campinas no estado de São Paulo, no ano de 1976. Após três anos de curso em Campinas e quatro na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), em Resende, no Rio de Janeiro, foi declarado aspirante a oficial da arma de comunicações em dezembro de 1982.

Okamura, o quarto nikkei a atingir o posto de general, serviu na 2ª Companhia de Comunicações Blindada, em Campinas, onde foi comandante de pelotão de comunicações e chefe da seção de pessoal, agora em maio assume em Pelotas, no Rio Grande do Sul. “A expectativa para promoção foi muito grande, pois foram uns 60 candidatos concorrendo, dentro do meu grupo eu passei”, disse. “É um coroamento de uma carreira, ser o primeiro da turma”, destacou.

Gen. Angelo Kawakami Okamura (foto: Arquivo Pessoal)

 

Um ano depois foi destinado para realizar o curso na Escola de Educação Física do Exército (ESEFEX), no Rio de Janeiro, onde se graduou como professor de educação física. Sendo transferido para o 6º Batalhão de Comunicações Divisionário, em Bento Gonçalves no Rio Grande do Sul. Onde exerceu as funções de comandante de companhia e oficial de treinamento físico, tendo sido promovido a Capitão em dezembro do mesmo ano.

Em junho de 1989, foi designado para ser aluno da turma pioneira de Guerra Eletrônica (GE) no Exército Brasileiro, tendo permanecido, após a conclusão do curso, como instrutor do Centro de Instrução de Guerra Eletrônica (CIGE), em BRASÍLIA-DF. De 1989 até 1994, permaneceu no CIGE onde além das atribuiçõe como instrutor de GE e educação física, pode realizar diversos cursos na Força Aérea Brasileira, na Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais e nos Estados Unidos, além de ter sido o primeiro subcomandante da 1ª Companhia de Guerra Eletrônica. Foi instrutor do curso de comunicações da AMAN, um frequentador da Seção de Educação Física, à qual apoiou em vários eventos desportivos. Em agosto de 1995 foi promovido por merecimento a major.

Em meados da década de 1990, cursou a Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME), no RIO DE JANEIRO-RJ, escola de mais alto nível do Exército Brasileiro que forma os doutores em ciências militares, sendo transferido posteriormente para o comando da 11ª Brigada de Infantaria Blindada, em CAMPINAS-SP, onde permaneceu nos anos de 1999 e 2000.

Em dezembro de 2000, foi promovido por merecimento a tenente-coronel e transferido para a ECEME, onde foi instrutor de comunicação, guerra eletrônica, história militar e estratégia, além de ter sido orientador de diversos trabalhos de dissertação e de conclusão de curso.

Em julho de 2002, foi designado para ser observador militar das Nações Unidas em Angola, tendo participado do processo de estabilização do País, logrando o êxito de ajudar a encerrar a participação militar da ONU naquele país, em sete meses de trabalho. Ao retornar ao Brasil voltou para ao ofício de instrutor da ECEME na área doutrinária, permanecendo até o final do ano de 2003. Nos anos de 2004 e 2005 foi o Comandante da histórica Escola de Educação Física do Exército, berço da educação física no Brasil.

Após passar o comando no início de 2006, foi transferido novamente para a ECEME, onde trabalhou no Centro de Estudos Estratégicos (CEE) e teve a oportunidade de realizar, nos finais de semana, o curso de pós-graduação em Relações Internacionais na Universidade Cândido Mendes (Rio de Janeiro), onde concluiu no ano de 2007. Em agosto de 2006, foi promovido por merecimento a coronel e em julho de 2007, assumiu a chefia do CEE da ECEME.

 

Condecorações – O general Okamura foi agraciado com diversas medalhas e condecorações, nacionais e estrangeiras, dentre as quais se destacam: Ordem do Mérito Militar, Ordem do Mérito da Defesa, Medalha do Pacificador, Medalha Santos Dumont, Medalha Marechal Trompowsky, Medalha da Grã Cruz do Mérito Militar (Espanha) e Medalha das Nações Unidas. Casado com Maristela Bassetto Okamura, com quem tem três filhos: Alexandre, Aline e André.

(luci Júdice Yizima)

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

108 ANOS: Cerimônia na Assembleia homenageia imigr... Na sessão solene em comemoração aos 108 Anos da Imigração Japonesa no Brasil realizada nesta segunda-feira (13), no Plenário Juscelino Kubitschek da A...
COMUNIDADE: Cônsul Kazuaki Obe se emociona durante... Simples, humana e muito, muito emocionante. A cerimônia de entrega do Titulo de Cidadão Paulistano ao cônsul geral do Japão em São Paulo, Kazuaki Obe,...
COMUNIDADE: Pesquisa tenta descobrir ‘o que pensam...   O que pensam os jovens nikkeis sobre o Japão e sua cultura? E sobre as entidades nipo-brasileiras? Para tentar descobrir estas e outras resp...
COMUNIDADE: Fundação Kunito Miyasaka faz doação ao...   Com a doação de R$ 120 mil da FKM - Fundação Kunito Miyasaka, o Hospital Santa Cruz adquiriu duas mesas cirúrgicas para procedimentos gerais...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *