EXÉRCITO: Nikkeis são promovidos a generais de brigada

 

Coronel Matsuda (foto: divulgação)

O Alto Comando do Exército Brasileiro anunciou as promoções de oficiais generais e de coronéis. Entre os oficiais promovidos à patente de general de brigada estão dois nikkeis, o coronel de Engenharia Ryuzo Ikeda e o coronel Rui Yutaka Matsuda. A Cerimônia de Entrega de Espada aos novos Generais de Brigada está marcada para o dia 4 abril, no Círculo Militar de Brasília.

É a primeira vez, em 106 anos de história da imigração japonesa no Brasil, que dois nikkeis são promovidos a generais de uma só vez. Assim, a comunidade nikkei conta, agora, com cinco generais. Além dos agora generais Ikeda e Matsuda, fazem parte desta seleta lista Akira Obara (o primeiro nikkei a atingir a patente), Paulo Kazunori Komatsu e Ângelo Kawakami Okamura.

Paulistano, o coronel Rui Yutaka Matsuda nasceu em 20 de junho de 1961. É filho de Tomoaki Matsuda e Icuco Matsuda. Antes de ingressar na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), o coronel Matsuda foi aluno do Centro de Preparação de Oficiais da Reserva de São Paulo, onde foi matriculado em 25 de fevereiro de 1980.

Ingressou como cadete na Aman em 21 de fevereiro de 1981 e foi declarado Aspirante-a-Oficial da Arma de Cavalaria em 15 de dezembro de 1984.

Além dos cursos de formação da Aman, de Aperfeiçoamento da Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais e de Comando e Estado-Maior da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, é possuidor dos cursos de Operações na Selva (COS-

B) do Centro de Instrução de Guerra na Selva e Básico de Montanhismo, além do Estágio de Operações Aeromóveis. Possui, também, o curso de pós-graduaçãoem Gestão Internacionalpela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Como Oficial Superior, comandou o 14º Regimento de Cavalaria Mecanizado,em São Migueldo Oeste (SC) e foi oficial do Gabinete do Comandante do Exército.

No exterior, foi integrante da Missão das Nações Unidas para a Guatemala (Minugua), realizou o Curso de Estado-Maior no Uruguai e foi Chefe da Comissão do Exército Brasileiro em Washington (CEBW).

Em entrevista ao Jornal Nippak, o coronel Matsuda disse que a promoção “representa uma responsabilidade maior que assumimos”. “Estaremos num nível de decisões estratégicas das Forças Armadas”, explicou Matsuda, acrescentando que “em contrapartida, isso permite trabalhar mais para impulsionarmos o Exército brasileiro”. “Apesar de ser um desafio, todos nós fomos preparados ao longo de nossa carreira”, disse.

 

Ikeda – Já o coronel de Engenharia Riyuzo Ikeda estava exercendo o cargo de Prefeito Militar de Brasília (PMB) desde 02 de dezembro de 2011. Antes de assumir esse cargo, Ikeda foi o Chefe da Missão de Assistência à Remoção de Minas na America do Sul, Equador e Peru – Marminas, sediado em Quito (Equador), entre 2010 e 2011.

Ascendeu ao último posto, coronel, em 31 de agosto de 2007.

Natural da cidade de Bauru, Ikeda nasceu em 28 de abril de 1961. Filho de Akira Ikeda e de Matsuko Ikeda, o coronel Ikeda é casado com Solange Maria Diniz Gonçalves Ikeda – com quem tem dois filhos, Junior e Soline.

Incorporou às fileiras do Exército em 25 de fevereiro de 1980, por meio de concurso público em 1979, na Academia Militar das Agulhas Negras, sediadaem Resende. Foideclarado Aspirante-a-Oficial da Arma de Engenharia em 10 de dezembro de 1983.

Além dos Cursos de Formação, de Aperfeiçoamento, de Altos Estudos Militares da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército foi estagiário da Escola Superior de Guerra em 2009.

Durante sua vida militar, foi instrutor da Escola Preparatória de Cadetes do Exército e da Academia Militar das Agulhas Negras.

Comandou a 10ª Companhia de Engenharia de Combate,em São Bentodo Una – PE; o Centro de Preparação de Oficiais da Reserva do Recife – CPOR/R e a Companhia de Engenharia de Força de Paz no Haiti.

Serviu nas seguintes OM: Batalhão Escola de Engenharia, 2º Batalhão de Engenharia de Construção, 2º Batalhão de Engenharia de Combate, 7ª Região Militar e 7ª Divisão de Exército, Departamento de Engenharia e Construção e na 6ª Subchefia do Estado-Maior do Exército.

Entre as condecorações, destaques para a Ordem do Mérito da Defesa; Ordem do Mérito Militar; Medalha Militar de Ouro; a Medalha do Pacificador; a Medalha do Serviço Amazônico, a Medalha Trompowsky; a Medalha da Minustah – ONU; da Organização dos Estados Americanos – OEA, da Junta Interamericana de Defesa – JID e Medalha do Mérito de Honduras.

(Aldo Shiguti)

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

EXPO 2020: Comunidade nikkei manifesta apoio à can...   No dia 19 de setembro, uma comitiva com representantes de cinco entidades nipo-brasileiras esteve reunida com o prefeito Gilberto Kassab (PS...
ATIBAIA: Com início nesta sexta-feira, 35ª Festa d... Uma das novidades da 35ª Festa de Flores e Morangos de Atibaia, que começa neste fim de semana (4, 5 e 6) – inclusive na segunda-feira (7), feriado da...
PROVÍNCIAS: Okayamakenjin do Brasil, 56 anos do re... No dia 23 de agosto, a Associação Cultural e Recreativa Okayamakenjin do Brasil realizará solenidade comemorativa ao 105º aniversário da imigração e 5...
MANAUS/AM: Semana da cultura japonesa é promovida ...   A cultura japonesa é reverenciada no mundo inteiro, tanto pela culinária, quanto pelas vertentes populares, que não se resumem somente a ani...

2 Comments

  1. OSMAR DA ROCHA says:

    Parabéns aos novos generais e também ao nosso glorioso Exército brasileiro por tamanha iniciativa de promoverem de uma só vez esses novos generais.

  2. SERVI SOB O COMANDO DO ENTÃO TENENTE MATSUDA NO 9°RCB EM SÃO GABRIEL,RS NO ANO DE 1987, EM 2 DE AGOSTO DESTE ANO TEREMOS O PRIMEIRO ENCONTRO DESTA TURMA NA MESMA CIDADE 27 ANOS DEPOIS, COM CERTEZA O HOJE GENERAL MATSUDA SERÁ LEMBRADO NESTE ENCONTRO. PARABÉNS PELA PROMOÇÃO

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *