EXPOSIÇÃO: Exposição fotográfica PELA VIDA, PELA PAZ, HIROSHIMA NUNCA MAIS

De 10 de novembro a 18 de dezembro, a Matilha Cultural, em São Paulo-SP, recebe a exposição fotográfica, “Hiroshima Nunca Mais” que reúne imagens capturadas por fotógrafos de diversos países desde 1945. A mostra, desenvolvida pela Sociedade Angrense de Proteção Ecológica (SAPÊ) em 2015, por ocasião dos 70 anos do lançamento das bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki, homenageia os sobreviventes e todas as vítimas da indústria bélica e nuclear.

Através das lentes de Amirtharaj Stephen, Dan Budnik, Elin O’Hara Slavick, Herval Silva, Hiromichi Matsuda, Igor Kostin, James Crnkovich, Jan Smith, Joelma do Couto, Paul Hill-Gibbins, Peter Goin, Rieko Uekama, Robert Del Tredici, Rosane Prado, Vanor Correia e Yoshito Matsushige o espectador é convidado a mergulhar nessa densa temática, compreendendo o contexto de cada foto e a problemática colocada.

As fotografias apresentam, entre outros assuntos, o cenário apocalíptico criado pela explosão das bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki, as milhares de toneladas de lixo e as mortes ocasionadas pelo acidente radiológico de Goiânia, a devastação ambiental causada pela mineração de urânio no sertão baiano ou a luta de indígenas, quilombolas e sertanejos para impedir a construção de uma usina nuclear nas margens do Rio São Francisco, em Pernambuco. Além destas imagens, a exposição também apresenta um conjunto de cartazes criados entre 1970 e 2010 por movimentos de resistência antinuclear ao redor do mundo.

 

PROGRAMAÇÃO

 

ABERTURA da EXPOSIÇÃO com “FORROBODÓ DO ZÉ”

10 de novembro, quinta-feira, às 17h

Local: Matilha Cultural, Ria Rêgo Freitas 542, Centro


SEMINÁRIO: ENERGIA NUCLEAR, POR QUE RESISTIMOS?

11 de novembro, sexta-feira

 

Mesa de abertura: Política energética nuclear e seus desafios

08 às 10h

 

Palestrantes

Célio Bermann: Professor do Programa de Pós Graduação em Energia da USP.

Chico Whitaker: Ex-vereador de São Paulo, co-fundador do Fórum Social Mundial, ganhador do Prêmio Right Livelihood Award (conhecido como Nobel Alternativo)

Thiago Almeida: Greenpeace Brasil

Ítalo Cardoso: Ex-vereador de São Paulo, bacharel em Direito, Ambientalista, Vice-presidente da SPTuris.

 

Mediador

Adelino Ozores: Bacharel em Direito, jornalista, membro da Agenda 21 e  ativista pelos Direitos Humanos. Presidente do Instituto Entre Rodas & Baton

 

 

 

Mesa 2: Impactos da atividade nuclear no Brasil

10 às 12h

 

Palestrantes

José Venâncio Alves: Diretor da Associação Nacional dos Trabalhadores da Produção de energia Nuclear (ANTPEN)

Sylvia Chada: Coordenadora geral da Sapê, pedagoga social e servidora publica federal da área ambiental

Renato Cunha: Engenheiro com especialização em gestão ambiental e planejamento energético, coordenador executivo do Grupo Ambientalista da Bahia (Gambá), membro da coordenação da Rede de ONGs da Mata Atlântica, conselheiro do Conselho Estadual de Meio Ambiente da Bahia

 Gitana Nebel:  Grupo de Pesquisa Tecnologia, Meio Ambiente e Sociedade – TEMAS (PGDR/UFRGS).

 

Mediação

Nina Orlow: Arquiteta e Urbanista, Artista Plástica, Membro da Agenda 21

 

 

 

Mesa 3: Saúde e Preconceito

18 às 20h

 

Palestrantes:

Dra Maria Vera Cruz de Oliveira: Pneumologista e médica do trabalho do Centro de Referencia de Saúde do Trabalhador de Santo Amaro, com treinamento no Hicare-Japão

Dr. Julio Nascimento: Bacharel em Direito, Psicólogo, professor da PUC-Goiânia

André Lopes Loula: Mestrando em Historia pela PUC-SP, diretor da Associação Hibakusha Brasil pela Paz

Mediação:

Sonia Felipone: Terapeuta Ocupacional no SUS há 25 anos, trabalhou no Centro de Referencia de Saúde do Trabalhador de Santo Amaro, Coordenadora do Centro de Convivência e Cooperativa de Santo Amaro

 

 

 

12 de novembro, sábado:

Mesa 4: Comunicação, Movimentos Sociais e Meio Ambiente

10 às 12h

 

Palestrantes

Wagner Belmonte: jornalista, editor da TV Câmara, doutorando em comunicação e semiótica pela PUC-SP, professor da FAPCOM.

Inês Chada: Curadora da Exposição Hiroshima 70, integrante da SAPÊ e bacharel em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF).

Roberto Fernández: cineasta argentino, diretor da produtora O Movimento Falso Filmes. Em 2014 foi convidado pelo Peace Boat para ministrar 3 palestras e exibir seus documentários na viagem nº 86 durante as rememorações dos 70 anos das bombas atômicas. Em 2013 foi júri do 3º FICIP- Festival Internacional de Cine Político em Buenos Aires.

Maria Zupello: jornalista do jornal inglês The Guardian

Denise Bertola: escritora e jornalista do jornal japonês The Asahi Shimbun

 

Mediação

Ubiratan Leal:  editor do site Outra Cidade, F451 e Extra Time

 


 

Serviço

Exposição Hiroshima Nunca Mais

Quando: 10 de novembro a 18 de dezembro

Onde: Matilha Cultural (Rua Rêgo Freitas 542, Centro, São Paulo – SP)

Horário de funcionamento: Terça a domingo, das 14 às 21h.

Entrada franca.

 

Seminário Energia Nuclear: Por que resistimos?

Quando: 11 e 12/11

Onde: FAPCOM – Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação (Rua Major Maragliano, 191, Vila Mariana, São Paulo – SP)

Atividade gratuita. 
EDUCATIVO

Haverá agendamento de visitas escolares realizadas por voluntários do Greenpeace.

Para agendar sua visita mande e-mail para educativohiroshima@gmail.com

Mais informações: (11) 95600-0085 (what´s app)

 

 

Mais informações:

sapemovimento@gmail.com

 

 

cartaz-seminario

Related Post

HAICAI BRASILEIRO O Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô...
MATINAIS: BANDA SINFÔNICA DO ESTADO DE SÃO PAULO Marcos Sadao Shirakawa - Regente Marcos Pedroso - Saxofone Milton Vito - Saxofone Ramiro Marques - Saxofone Ederson Marques - Saxofone Onde: Sala...
EXPOSIÇÃO: Christiane Grigoretto abre exposição de...  VISÕES ONÍRICAS Por Issao Minami      Nos tempos antigos, os sonhos significavam  a expressão de um mundo verdadeiro e difere...
ESPECIAL/18º FESTIVAL DO JAPÃO: 18º Festival do Ja... Realizado pelo Kenren (Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil), o tradicional Festival do Japão, que já faz parte do Calendário Tu...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *