EXPOSIÇÃO: Exposição revela a relação do poeta Guilherme de Almeida com a cultura japonesa

 

A Casa Guilherme de Almeida apresenta, até o dia 27 de julho, a exposição Guilherme de Almeida e a Cultura Japonesa. Serão apresentados objetos do acervo pessoal do poeta, jornalista e tradutor (1890 – 1969) que revelam a influência dessa cultura em sua vida.

 

Exposição Guilherme de Almeida e a cultura japonesa (foto: divulgação)

A história começou na década de 1930, quando Guilherme de Almeida passou a frequentar encontros no Clube de Poesia mantido pela comunidade japonesa, no bairro da Liberdade. O convite partiu do poeta e então Cônsul Geral do Japão no Brasil, Koso Itigé.

A partir de seu contato com o haicai, o poeta – que traduziu alguns poemas do célebre Matsuo Bashô –, propôs um modelo adaptativo dessa forma poética para nossa língua, que ganharia importantes seguidores.

Guilherme de Almeida japonês, caricatura criada pelo artista Ferreira (foto: divulgação)

Em 1937, após publicar seus haicais no jornal O Estado de S. Paulo, resolveu reuni-los no volume Poesia Vária, de 1947. Alguns anos depois, em 1956, Guilherme tornou-se um dos fundadores e primeiro presidente da Aliança Cultural Brasil-Japão, que viria a ser o mais importante órgão de difusão da cultura nipônica no país.

Nesta mostra estão em destaque objetos pessoais, livros, cartões postais e cardápios de navios da década de 1920, que traziam imigrantes japoneses para o Brasil. Estão expostos também um robe bordado com tema oriental e outros objetos decorativos, como um vaso em porcelana e alguns netsukês (delicadas miniaturas esculpidas em marfim).

O museu Casa Guilherme de Almeida é decorado com muitos objetos orientais que pertenceram ao casal Guilherme e Baby de Almeida, que também podem ser apreciados na visita, como uma escultura em porcelana do Príncipe Sidarta, na sala de jantar, além uma caricatura do poeta com traços orientais, criada pelo artista Ferreira.

A Casa Guilherme de Almeida é gerenciada pela POIESIS – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura.

 

Serviço:

Exposição Guilherme de Almeida e a Cultura Japonesa
Até 27 de julho. Entrada Gratuita.

Casa Guilherme de Almeida – Museu
Rua Macapá, 187, Pacaembu. Tel. 3672-1391.
De terça a domingo, das 10h às 18h. Visitas espontâneas e agendadas.
Atende a escolas, mediante agendamento.
Entrada franca.
Site: www.casaguilhermedealmeida.org.br

 

 


Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

CAMPINAS: 13º FESTIVAL DO JAPÃO DE CAMPINAS ESPERA... O Instituto Cultural Nipo-Brasleiro de Campinas realiza neste fim de semana (10 e 11), em sua sede, no Jardim Guanabara, em Campinas (SP) a 13ª edição...
EXPOSIÇÃO: Palácio dos Bandeirantes destaca a arte...   Público poderá conhecer quimonos luxuosos e gravuras do século 19; entrada é gratuita Acervo MHIJB   A partir desta terça-fei...
ATLETISMO: São Judas “B” sagra-se campeã da 17ª Co...   A Anma - Associação Nikkei Mirim de Atletismo - realizou no dia 9 de setembro, na pista de atletismo do Conjunto Desportivo Constâncio Vaz G...
HAICAI BRASILEIRO O Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *