FALECIMENTO: Comunidade perde Tomie Ohtake, a primeira dama das artes no Brasil

A comunidade nipo-brasileira perdeu uma de suas referências nas artes plásticas. Faleceu no último dia 12, aos 101 anos de idade, a artista plástica Tomie Ohtake. Ela estava internada no Hospital Sírio Libanês para tratar de pneumonia. O corpo foi cremado em cerimônia exclusiva à família.

 

Tomie com os filhos, Ricardo e Ruy e o cônsul Noriteru Fukushima (foto: arquivo Jiro Mochizuki)

Tomie com os filhos, Ricardo e Ruy e o cônsul Noriteru Fukushima (foto: arquivo Jiro Mochizuki)

 

Nascida em Kyoto, em 1913, Tomie chegou ao Brasil em 1934. Foi somente aos 40 anos de idade que passou a dedicar-se à pintura depois de “criar os dois filhos, (Ruy e Ricardo)”, como gostava de contar.

Suas atividades artísticas iniciaram nos anos de 1950, integrando-se ao Grupo Seibi (Grupo de Estudos de Artistas Plásticos de São Paulo), que reunia artistas japoneses e foi fundado em 1935.

A artista plástica Tomie Ohtake despontou em 1960 e no ano seguinte participou da VI Bienal de São Paulo. E, numa mais parou – exerceu com plenitude sua capacidade de renovação tendo como referência a cor e geometria. Foram diferentes fases, seja na pintura, composição de gravura e esculturas.

Participou de cinco Bienais, colecionou 28 importantes prêmios, realizou 55 individuais e 85 coletivas no Brasil e no exterior. Suas criações figuram nos principais espaços de arte nacionais e internacionais.

“Reconhecida como a primeira dama das artes no Brasil, Tomie Ohtake é reconhecida e respeitada como um verdadeiro ícone da comunidade nipo-brasileira e do intercâmbio Brasil-Japão. É uma pessoa que, com sua sensibilidade e incansável trabalho transformou-se numa cidadã do mundo e motivo de orgulho para todos nós. É com muita tristeza que recebemos a notícia de seu falecimento”, afirmou Kihatiro Kita, presidente do Bunkyo.

(do site do Bunkyo)

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

CAMPO GRANDE: Mostra de Cinema Japonês do MIS cele... A Fundação de Cultura do Governo de Mato Grosso do Sul, por meio do Museu da Imagem e do Som (MIS), abre no dia 11 junho (segunda-feira) a Mostra de C...
POLÍTICA / SÃO PAULO: George Hato quer implantar D... O vereador George Hato: “É precisofazer valer os direitos das crianças”. Foto: divulgação. O vereador George Hato (PMDB) quer implantar em São Pau...
COMUNIDADE: Cerimônia comemorativa ao aniversário ...   Cerimônia comemorativa ao aniversário do Imperador do Japão (foto: divulgação)   O Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japon...
MEMAI: O JAPÃO É AQUI. OU NÃO?   Torii do Parque do Centenário da Imigração Japonesa, em Mogi das Cruzes.   Por Marília Kubota   Desde que os imigrant...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *