FESTIVAL DE MÚSICA: 5º Kitsuwa Ongakusai, um evento musical diferenciado

Realizado na Associação Shizuoka, no bairro da Liberdade, no último dia 7, em sua 5ª edição, o Kitsuwa Ongakusai vem se consolidando como algo realmente diferenciado e ganhando cada vez mais adeptos. A começar pelo fato de não haver competição, ou seja, sem a pressão pela presença de jurados. Mas o que parece estar sendo atraente é a possibilidade de se cantar com banda, ao vivo, apesar do impacto –  ainda um tabu.

 

Abertura Oficial do 5º Festival de Música Kitsuwa Ongakusai na Associação dos Shizuoka. Foto: Silvio Sano

 

Homenagens dos alunos. Foto: Silvio Sano

 

“Muitos cantores têm medo de cantar com banda mais por considerarem difícil, mas se pensarem bem perceberão o contrário porque, diferente do CD, se atrasarem no cantar, a banda os espera. No caso do CD, já era”, lembra Tadashi Watanabe, experiente guitarrista e apresentador do evento desde a 1ª edição. E os cantores, aos poucos, parecem estar assimilando. “Por problemas de saúde em casa, começamos a organizar o evento muito em cima da hora e, mesmo assim, veja só quantos inscritos”, disse, emocionada, a professora Yasue Kitsuwa, líder dessa organização musical familiar.

 

Kenji Nikaido. Foto: Silvio Sano

 

Fernanda Nakai. Foto: Silvio Sano

 

“Tudo isso graças à colaboração dos amigos, do incansável pessoal do Fujinbu (Departamento de  Senhoras) da associação Engenheiro Goulart e, principalmente, dos alunos, sem os quais não o realizaríamos”.

 

Akira Kitsuwa. Foto: Silvio Sano

 

Mitiko Matsumoto. Foto: Silvio Sano

 

Na primeira edição foram cerca de 40 participantes ao todo. Nesta, apenas com a banda foram 70 cantores, e mais 14 com CDs convidados a conhecerem o formato, como têm sido nas últimas edições, para atrai-los a cantarem com banda. “Quando cantei logo após a turma com a banda, parecia que algo estava faltando em minha apresentação”, comentou uma que cantou com CD. Por isso, e pela repercussão o apresentador brincou com a professora Kitsuwa que a próxima edição talvez terá de ser realizado em dois dias.

 

Mario Tanaka. Foto: Silvio Sano

 

Satie Kitsuwa. Foto: Silvio Sano

 

Mas o diferencial não está restrito a apenas isso. Tendo em vista terem também alunos de teclado (8) e coral (18), aproveitam o evento para também mostrarem as evoluções dos mesmos, o que também contribui para poupar os músicos dentro da programação do evento. “Antes de me formar em Música, fiz Magistério e Educação Artística. Por isso gosto de música e de ensinar. Ver a evolução dos alunos é gratificante. E como tocar em conjunto requer entrosamento, no nosso caso serviu para unir ainda mais a família”, manifestou-se, feliz, a professora Sanae, que ministra as aulas na escola.

 

Apoio Estratégico. Foto: Silvio Sano

 

E nesse clima de descontração, evidente desde o início, até coreografia espontânea por parte da plateia começou também a aparecer, de forma que uma interação palco/plateia ficou evidente em determinadas músicas, outra contribuição a esse diferencial.

 

Apresentação. Foto: Silvio Sano

 

Apresentação Yuugi. foto: Silvio Sano

 

“No ano que vou querer cantar com a banda!”, foi taxativa aquela que se se impressionara com essa possibilidade após cantar com CD neste.

 

Apresentação Coral. Foto: Silvio Sano

 

Aluno de teclado Tadashi Watanabe. Foto: Silvio Sano

 

 

Banda –  A Banda Kitsuwa conta com a seguinte formação: Osvaldo Kitsuwa (guitarra), Yasue Kitsuwa (bandolim), Sanae Kuwahara (teclado), Tiemi Kitsuwa (baixo/base), Akira Kitsuwa (bateria), Satie Kitsuwa (Vocal/flauta), Sergio Kuwahara (teclado), Fabio Sakari (percussão), Miyuki Kitsuwa (som), Kevin Kuwahara (mascote).

 

Apresentação Larissa Okamoto – 2 anos. Foto: Silvio Sano

 

(Silvio Sano, especial para o Jornal Nippak)

 

 

Related Post

COMUNIDADE: Associação Okinawa Vila Carrão celebra... A Associação Okinawa Vila Carrão comemorou seu 60º aniversário de fundação no último dia 20, em sua sede, na Praça Haroldo Daltro (zona Leste de São P...
COMUNIDADE: Encontro das Entidades Nikkeis elabora... Uma realização da Uces – União Cultural e Esportiva Sudoeste – em parceria com as entidades participantes, o 2º Encontro Entre Representantes Regionai...
JOJOSCOPE: Furacão Junko Koshino no Carnaval   A estilista Junko Koshino, convidada pela escola de samba Barroca Zona Sul, desenhou o figurino de um dos blocos do desfile deste ano, e ain...
ESPETÁCULO: 16ª Melodias Imortais apresenta cançõe... Com realização do Grupo The Friends e apoio da Fundação Kunito Miyasaka, Bistrô Kazu, Cris Metal, Band e Nikkey Shimbum/Jornal Nippak, acontece neste ...

One Comment

  1. Eduardo Sugimura says:

    Realmente este evento teve um diferencial enorme. Somando a perfeita organização, a banda fez jus ao nome que tem, surpreendeu mais uma vez. Quem não cantou com a banda arrependeu-se. Particularmente eu sou suspeito em falar sobre a banda Kitsuwa, pois sou fã incondicional dela além de amigo da família. Eu também cantei em dupla com o meu amigo Tadashi Watanabe. Interpretamos a música KITA SAKABA em dueto.
    Aguardamos ansiosamente novo eventro para podermos participar novamente. Grande abraço a todos…

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *